Menu
2019-10-14T14:30:59-03:00
Estadão Conteúdo
Balanço das montadoras

Nos EUA, GM vende mais veículos no 3º trimestre, Fiat tem estabilidade e Ford, queda

Montadoras estrangeiras reportaram na terça-feira vendas piores do que o esperado para setembro

2 de outubro de 2019
20:01 - atualizado às 14:30
Logo da Fiat em automóvel
Imagem: Shutterstock

A General Motors registrou crescimento em suas vendas de veículos no terceiro trimestre, mas a Fiat Chrysler mostrou estabilidade e a Ford Motor, uma queda na comparação anual.

De qualquer modo, as ações do setor hoje tiveram em geral quedas superiores ao mercado em geral nas bolsas de Nova York, em meio a temores de uma desaceleração econômica e consequente queda na demanda global por carros.

A General Motors registrou avanço de 6,3% em suas vendas de carros no terceiro trimestre, na comparação com igual período do ano passado.

A Fiat mostrou estabilidade na mesma base de comparação, enquanto a Ford registrou recuo de 5,1%. As ações da GM caíram 4%, as da Ford tiveram baixa de 3,3% e as da Fiat, de 1,9%.

No caso da GM, uma greve que está em sua terceira semana levou suas mais de 30 fábricas nos EUA a uma paralisação, o que prejudicou os lucros do terceiro trimestre e limitou a oferta. Nos primeiros nove meses do ano, as vendas da GM nos EUA recuaram menos de 1%, na comparação anual, enquanto a Ford teve baixa de 3,8% e a Fiat Chrysler, de 1%.

Montadoras estrangeiras reportaram na terça-feira vendas piores do que o esperado para setembro, com muitas das fabricantes japonesas mostrando declínios de mais de 10%. A Toyota Motor reportou queda de 2,5% nas vendas nos três primeiros trimestres do ano, na comparação com igual intervalo de 2018, enquanto a Honda Motor teve baixa de menos de 1% e a Nissan Motor, de 7,1%.

Analistas preveem que o setor automotivo dos EUA recue um pouco neste ano, com as vendas podendo ficar abaixo de 17 milhões pela primeira vez em cinco anos.

O avanço nos preços dos veículos, que ajudou os lucros das montadoras e concessionárias em anos recentes, continua a prejudicar a demanda por novos veículos, já que os compradores com mais frequência privilegiam modelos usados.

*Com Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

pandemia pesa

Tensão global com coronavírus aumenta e Ibovespa tomba mais de 4%, na maior queda desde março

Principal índice acionário da B3 fechou na mínima do dia. O aumento de casos da covid-19 no exterior trouxe aversão ao risco generalizada para os mercados, acentuada por anúncios de novas medidas de confinamento na Alemanha e na França. Dólar se aproxima de R$ 5,80

em busca de fidelização

Azul, Itaú e Visa lançam cartão em meio às incertezas com retomada

Empresas anunciaram cartão que dá desconto de 10% em passagens áreas e uma série de produtos

Retomada

Faturamento do setor de máquinas cresce 9,8% em setembro, diz Abimaq

O faturamento líquido total engloba as receitas obtidas com as vendas no mercado interno e no exterior já descontadas as despesas correntes do setor.

Negócio polêmico

Linx contesta convocação de assembleia da Totvs sobre protocolo de incorporação

Linx informa que não assinou documento com a Totvs e menciona artigo da Lei das S/A que determina que o protocolo do processo de incorporação precisa ter o aval de ambas as companhias

Deu pane no sistema

Ações da Microsoft despencam mesmo após bons resultados trimestrais

As ações negociadas em Nasdaq (MSFT) caíam 3,85% por volta das 14h46, cotadas a US$ 204,84.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies