Menu
2019-04-04T13:50:58-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Reformas

Dívida previdenciária chega a R$ 491 milhões

Segundo procurador-geral adjunto de Gestão da Dívida Ativa da União e do FGTS, Cristiano Neuenschwander, valor é dividido entre um milhão de empresas devedoras e cerca de R$ 160 bilhões seriam recuperáveis

20 de fevereiro de 2019
12:55 - atualizado às 13:50
Notas de dinheiro
Imagem: Shutterstock

O procurador-geral adjunto de Gestão da Dívida Ativa da União e do FGTS, Cristiano Neuenschwander, explicou que a dívida ativa previdenciária é de R$ 491 bilhões, distribuída por cerca de um milhão de empresas devedoras.

Esse volume gera interpretações equivocadas sobre o tema, como que sua cobrança poderia solucionar o déficit. “Isso não resolve o problema da previdência, mesmo arrecadando toda essa dívida em um ano, não seria possível resolver a questão, que é estrutural”, disse.

Segundo o procurador, desse volume de R$ 491 bilhões inscritos, cerca de R$ 160 bilhões seriam recuperáveis. Além disso, há uma grande concentração em “grandes devedores”, são cerca de 4 mil que devem mais de R$ 15 milhões.

Ano passado, a recuperação da dívida foi de R$ 5 bilhões. A estimativa de arrecadação para esse ano é de R$ 5 bilhões a R$ 6 bilhões.

Entre os fatores que atrapalham a recuperação dessa dívida, segundo o procurador, são os programas de refinanciamento de dívidas, os Refis, que beneficiam sobremaneira os grandes devedores.

Então, uma proposta é restringir o parcelamento de dívidas previdenciárias, para que não seja superior a 60 meses, contra os modelos atuais de até 180 meses.

Outra proposta é a definição de “devedor contumaz”, que buscaria autuar empresas que são especificamente criadas para atuar num mercado tendo como estratégia o não pagamento de impostos para desestabilizar a concorrência.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Dívida

Gastos de anos anteriores pressionam Orçamento

A maior parte das emendas (R$ 11,1 bilhões) está concentrada no Ministério do Desenvolvimento Regional.

Esquenta dos mercados

Mercado amanhece cauteloso com dados sobre covid-19 e renúncia de Ferreira Jr.

Além disso, surgiram dúvidas sobre a capacidade do governo dos EUA em aprovar no Congresso norte-americano um novo pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão.

remendando a situação

Eletrobras tenta apaziguar ânimos dizendo que escolha de CEO será técnica

Saída de Wilson Ferreira Jr. está sendo vista como uma derrota para os planos de privatização da companhia elétrica

agora vai?

CSN anuncia IPO da parte de mineração. Veja a cifra bilionária que ela pode levantar

Siderúrgica divulga prospecto da operação, buscando vender um total de 720,8 milhões de ações e com faixa de preço de R$ 8,50 a R$ 11,35

Insights Assimétricos

Alocação entre classes: o jeito certo de ganhar dinheiro

Saber em que tipo de ativo você deve estar, como ações, renda fixa ou fundos imobiliários, é mais importante do que ter um ação ou um título de crédito específico

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies