Menu
2019-10-10T17:37:22-03:00
Estadão Conteúdo
Mudanças no radar

Federal Reserve vai aliviar regras pós-crise de 2008 para grandes bancos nos EUA

BC americano vai estabelecer uma nova forma de decidir quais grandes bancos são afetados pelas suas regulações mais duras

10 de outubro de 2019
17:37
Dólar
Imagem: Shutterstock

O Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) está avançando com algumas das mais significativas reversões de regras bancárias desde que o presidente Donald Trump assumiu o governo americano, estabelecendo uma nova forma de decidir quais grandes bancos são afetados pelas suas regulações mais duras.

Nesta quinta-feira, o Fed estava se preparando para completar regras visando aliviar as condições de liquidez e regras de capital para grandes bancos nos EUA, aprovando um plano em uma votação esperada para hoje que pode reduzir custos regulatórios para instituições financeiras regionais no país com menos de US$ 700 bilhões em ativos.

As novas regras do Fed dividiriam grandes bancos nos EUA em quatro categorias com base nos seus tamanhos e outros fatores de risco, amplamente seguindo a estrutura de uma proposta de outubro do ano passado. Instituições regionais estariam ou inteiramente livres de certos requerimentos de capital e liquidez ou ver essas exigências reduzidas.

O vice-presidente para Supervisão do Fed, Randal Quarles, disse que as regras visam estabelecer um quadro "que ligue mais proximamente requerimentos regulatórios a riscos subjacentes, de uma forma que não comprometa os fortes ganhos de resiliência feitos desde a crise financeira".

Para bancos estrangeiros, a imagem era mais mista, com alguns enfrentando requerimentos elevados. Em uma questão crucial, girando em torno do tratamento de filiais de bancos estrangeiros nos EUA, o Fed adiou uma decisão, dizendo que precisa de mais tempo para consultar com autoridades homólogas fora do país.

"Nos próximos meses, vamos focar nossa atenção na questão de requerimentos de liquidez para filiais", disse Quarles.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

na agenda

BOVX11, ETF atrelado ao Ibovespa, chega ao mercado na segunda por R$ 13

Produto é o sétimo ETF lançado pela XP nos últimos sete meses, família de fundos que supera R$ 1,1 bilhão de patrimônio; fundo é considerado uma forma prática de diversificar carteira

matriz energética

ANP autoriza Petrobras a vender óleo fora de especificação para térmica operar

Comercialização será para as usinas Termelétricas Geramar, localizadas no município de Miranda do Norte, no Maranhão; Unidade faz parte do plano de contingência da matriz energética brasileira

OBSTÁCULO VENCIDO

‘A batalha foi vencida, mas a luta continua’: MP da Eletrobras passa no Senado, mas obstáculos até a privatização não acabaram

O texto volta agora para a Câmara e deve ser votado na segunda-feira. Embora os analistas não vejm obstáculos nessa etapa, os próximos meses podem trazer novos atritos

comissão no senado

Relator da CPI da Pandemia divulga lista de investigados; confira

Na condição de investigados, a CPI poderá também aprovar quebra de sigilos e operações de busca e apreensão em endereços ligados a eles

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies