Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-10T17:37:22-03:00
Estadão Conteúdo
Mudanças no radar

Federal Reserve vai aliviar regras pós-crise de 2008 para grandes bancos nos EUA

BC americano vai estabelecer uma nova forma de decidir quais grandes bancos são afetados pelas suas regulações mais duras

10 de outubro de 2019
17:37
Dólar
Imagem: Shutterstock

O Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) está avançando com algumas das mais significativas reversões de regras bancárias desde que o presidente Donald Trump assumiu o governo americano, estabelecendo uma nova forma de decidir quais grandes bancos são afetados pelas suas regulações mais duras.

Nesta quinta-feira, o Fed estava se preparando para completar regras visando aliviar as condições de liquidez e regras de capital para grandes bancos nos EUA, aprovando um plano em uma votação esperada para hoje que pode reduzir custos regulatórios para instituições financeiras regionais no país com menos de US$ 700 bilhões em ativos.

As novas regras do Fed dividiriam grandes bancos nos EUA em quatro categorias com base nos seus tamanhos e outros fatores de risco, amplamente seguindo a estrutura de uma proposta de outubro do ano passado. Instituições regionais estariam ou inteiramente livres de certos requerimentos de capital e liquidez ou ver essas exigências reduzidas.

O vice-presidente para Supervisão do Fed, Randal Quarles, disse que as regras visam estabelecer um quadro "que ligue mais proximamente requerimentos regulatórios a riscos subjacentes, de uma forma que não comprometa os fortes ganhos de resiliência feitos desde a crise financeira".

Para bancos estrangeiros, a imagem era mais mista, com alguns enfrentando requerimentos elevados. Em uma questão crucial, girando em torno do tratamento de filiais de bancos estrangeiros nos EUA, o Fed adiou uma decisão, dizendo que precisa de mais tempo para consultar com autoridades homólogas fora do país.

"Nos próximos meses, vamos focar nossa atenção na questão de requerimentos de liquidez para filiais", disse Quarles.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nova variante vira a mesa nos mercados, bitcoin entra em ‘bear market’ e outros destaques do dia

Se você já estava pronto para tirar o pó da sua fantasia de Carnaval, talvez seja melhor esperar mais um pouco. Além de algumas cidades brasileiras terem decidido adiar a festança por mais um ano, uma reviravolta no andamento da pandemia deixou mais uma vez o mundo em pânico. A variante B.1.1.529 (batizada de ômicron […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Nova cepa do coronavírus pega mercado de surpresa; Ibovespa recua quase 4% no dia e apaga ganhos da semana

Ao longo da semana, o Ibovespa também foi pressionado pela indefinição em torno da PEC dos precatórios e a pausa para o feriado nos Estados Unidos

DINHEIRO NO FIM DO ANO

Yduqs (YDUQ3) pagará R$ 141 milhões em dividendos; confira o valor por ação

A empresa do setor de educação pagará cerca de R$ 0,40 por ação ordinária e o dinheiro cairá na conta dos acionistas em 7 de dezembro

OMICRON

5 fatos sobre a nova variante do covid que derrubou os mercados nesta sexta

O anúncio de que uma nova variante do coronavírus surgiu na África do Sul fez com que os mercados internacionais desabassem; veja o que sabemos até agora

REALIDADE AUMENTADA

Metaverso é oportunidade de US$ 1 trilhão e tem criptomoedas com alta de mais de 28.000% no ano; Facebook e Adidas já apostam

Para a gestora Grayscale, anúncios publicitários, eventos digitais e o e-commerce serão responsáveis pelo rendimento

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies