Menu
2019-08-07T11:42:16-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
parceiros latinos

Raízen e mexicana Femsa formam joint venture avaliada em R$ 1,1 bi

Nova companhia deve acelerar a expansão de lojas de postos de combustíveis e criar uma rede de lojas de proximidade com a marca Oxxo fora dos postos

7 de agosto de 2019
8:55 - atualizado às 11:42
posto Shell
posto de combustíveis da Shell - Imagem: Shutterstock

A companhia mexicana Femsa e a Raízen Combustível, sociedade entre a Shell no Brasil com o grupo Cosan, anunciaram na última terça-feira, 6, uma joint venture para expandir seus negócios em lojas de conveniência.

A nova companhia, avaliada em R$ 1,1 bilhão, vai acelerar a expansão de lojas de postos de combustíveis e criar uma rede de lojas de proximidade com a marca Oxxo fora dos postos. As duas companhias terão 50% desse novo negócio.

Ao jornal Estadão, Leonardo Pontes, vice-presidente comercial da Raízen, explicou que a parceria entre as duas empresas permitirá a expansão mais rápida do número de lojas com a marca Select - hoje com mil unidades em todo País. “Também vamos abrir lojas de proximidade com a marca Oxxo fora dos postos”, disse o executivo.

Segundo ele, a nova empresa vai competir com grandes varejistas, como Pão de Açúcar e Carrefour, que já têm lojas de proximidade em todo País. “Esse é um mercado que comporta 20 mil unidades em todo o País. Queremos abocanhar uma parte disso”, disse. No Brasil, a Shell tem cerca de 6,5 postos de combustíveis.

Pontes diz que, com a crise econômica, o consumidor faz a conta no lápis antes de entrar em uma loja de conveniência ou de proximidade.

“Mas entendo que assim como há atacarejo, que atendem ao consumidor que busca preços mais baixos, há uma parcela da população que também vai em lojas de proximidade", afirma. "Apostamos no longo prazo e crescimento da economia”.

A rede Shell Select aumentou em 12% o faturamento no último ano, como reflexo de um investimento na ordem de R$ 50 milhões que, entre outras frentes, trouxe a nova geração de lojas.

O grupo não divulga o faturamento anual desse seu modelo de negócios. A receita média dessas lojas é de cerca de R$ 160 mil por mês, segundo Pontes.

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo e Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

em Minas Gerais

Notre Dame Intermédica compra Grupo Serpram por R$ 170 milhões

Aquisição marca avanço da empresa em Minas Gerais; mais cedo, companhia anunciou compra de outra empresa, no Sul do País

forte expansão

Unidas reporta lucro líquido de R$ 124 milhões, alta de 44,4% e melhor da história

Empresa registrou uma forte retomada no segmento de Terceirização de Frotas, que apresentou recordes de contratação

desinvestimentos

Compass apresenta proposta para adquirir participação da Petrobras na Gaspetro

Empresa, que chegou a desistir de abrir capital, não revelou valor pela fatia; processo é mais um desinvestimento da Petrobras, que desembarca de vez da companhia

Dinheiro na conta

Santander pagará R$ 1 bilhão em juros sobre capital próprio

O valor líquido por ação será de R$ 0,10859906709 por ON, com retenção de IR na fonte.

PLANOS

Agora parte do BTG, Necton vai em busca de pequenos investidores

Corretora pretende lançar iniciativas e produtos para a base dos investidores, para quem tem entre R$ 10 mil e R$ 15 mil aportados no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies