🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo pela Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Assunto sensível para a companhia

Em relatório sobre segurança, Uber contabiliza mais de 3 mil casos de abuso sexual nos EUA em 2018

Nesta manhã, por volta das 10h30, os papéis da companhia caiam cerca de 1,41% no pré-mercado da NYSE, a bolsa americana

Jasmine Olga
Jasmine Olga
6 de dezembro de 2019
10:29 - atualizado às 10:39
Uber
Imagem: Shutterstock

A Uber divulgou nesta quinta-feira (05) o seu primeiro relátorio sobre segurança nos Estados Unidos. Segundo o documento, foram registrados mais de 3 mil denúncias de abuso sexual em 2018. A contabilidade foi feita com base em 1,3 bilhão de corridas no país.

Cercada por questionamentos envolvendo a segurança de seus passageiros e a falta de lucro de seus negócios, a Uber tem tentado mudar a sua imagem, afinal, recentemente teve a sua licença cassada em Londres e questionada em outras capitais europeias.

Nesta manhã, por volta das 10h30, os papéis da companhia caiam cerca de 1,41% no pré-mercado da NYSE, a bolsa americana.

A medida pode ser vista como um reforço do comprometimento da companhia com a segurança de seus passageiros, um dos pontos apontados pelas autoridades londrinas na ocasião da perda da licença.

Segundo a empresa, o número apresentado representa uma queda de 16% nos casos mais graves e 99,9% das suas corridas terminam em segurança. Quase metade dos casos registrados foram contra passageiros.

No relatório de 84 páginas, a Uber reforça que violência sexual não é uma conduta tolerável. "Tratamos todas as alegações de abuso sexual, agressão e má conduta sexual com extrema seriedade e trabalhamos para agir de maneira rápida e justa".

Além de apresentar os números, o documento também traz detalhes sobre a ação da companhia sobre os casos e os planos futuros, como formação contra assédio sexual para motoristas, botões de acesso rápido ao serviço policial e compartilhamento da lista de motoristas banidos.

Para conferir o relatório completo, em inglês, acesse este link.

A suspensão

Em novembro, a Agência pública Transporte da Cidade anunciou que não renovaria a licença do aplicativo na cidade de Londres. As ações da companhia, que já sofrem com uma desvalorização acima da casa dos 28% no ano, tiveram mais um dia complicado na bolsa americana.

A agência informou em comunicado que a Uber cometeu diversas violações que colocam a segurança dos passageiros em risco e citou que apesar de ter entendido alguns problemas, não havia confiança de que eles não voltariam a se repetir no futuro.

Compartilhe

NÃO VAMOS DOBRAR A META?

Por que a Vamos (VAMO3) abandonou de vez o plano de atingir uma frota com 100 mil ativos até 2025

20 de fevereiro de 2024 - 19:50

A meta havia se tornado pública em entrevista concedida pelo CEO da empresa, Gustavo Couto, em meados do ano passado

CONFIRA O CRONOGRAMA

Weg (WEGE3) libera R$ 1,3 bilhão em dividendos extras e data de corte para ter direito à bolada está próxima

20 de fevereiro de 2024 - 19:07

O dinheiro sera depositado na mesma data em que os juros sobre o capital próprio anunciados em dezembro do ano passado

APÓS ENCONTRO COM A ADNOC

Petrobras (PETR4) compra ou vende uma fatia da Braskem (BRKM5)? CEO da estatal conta detalhes da conversa com árabes interessados na petroquímica 

20 de fevereiro de 2024 - 15:42

Jean Paul Prates reuniu-se na semana passada com o CEO da Abu Dhabi National Oil Company (Adnoc), uma das interessadas na petroquímica

JEAN PAUL PRATES REVELA

Petróleo subiu: a gasolina vai aumentar? Veja o que diz o presidente da Petrobras (PETR4)

20 de fevereiro de 2024 - 15:00

Segundo Jean Paul Prates, a discussão sobre eventuais reajustes está sempre no radar

DESTAQUES DA BOLSA

Carrefour de carrinho cheio: ação dispara quase 10% e lidera ganhos do Ibovespa após balanço. É hora de comprar ou vender CRFB3?

20 de fevereiro de 2024 - 13:15

Os papéis entraram em leilão três vezes por oscilação máxima permitida pela B3; a temperatura dos ganhos baixou, mas a varejista ainda aparece entre as cinco maiores altas do principal índice da bolsa brasileira

EM DIREÇÃO AO FUTURO

Sem efeitos colaterais? Como está o paciente da empresa de Elon Musk que implantou chip no cérebro

20 de fevereiro de 2024 - 12:20

Dispositivo desenvolvido por startup de Elon Musk, a Neuralink, deve permitir que seres humanos controlem computadores e celulares por meio do pensamento

O QUE VEM POR AÍ

Rombo ainda maior? Americanas (AMER3) adia de novo a divulgação do balanço e investidor vai ter que esperar para saber se a dívida cresceu

19 de fevereiro de 2024 - 19:56

A última vez que a varejista divulgou resultados financeiros foi em novembro do ano passado, quando a revisão dos balanços fraudados levou ao reconhecimento de prejuízos de bilhões

CONFIRA O CRONOGRAMA

Itaúsa (ITSA4) aprova R$ 3,1 bilhões em dividendos e vai depositar dinheiro na conta dos acionistas todo trimestre até 2025

19 de fevereiro de 2024 - 18:45

Os dividendos aprovados hoje pelo conselho de administração correspondem a R$ 0,3005 por ação e serão pagos em 8 de março

BIG TECHS

‘Similar a 1929’: as “Sete Magníficas” de tecnologia dos EUA já valem mais do que quase todas as bolsas do mundo; e agora?

19 de fevereiro de 2024 - 13:52

Situação é bastante similar à bolha pontocom, em 2000, e ao crash da Bolsa em 29, mas analistas defendem que cenário atual é mais sólido.

RELEMBRE A TRAJETÓRIA DE SUCESSO

Morre Abilio Diniz, empresário que transformou o Pão de Açúcar (PCAR3) em um gigante do varejo

18 de fevereiro de 2024 - 22:00

Diniz estava internado para tratar uma pneumonite, mas foi vitimado pela insufiência respiratória decorrente da inflamação pulmonar

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies