Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-10-03T09:20:09-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

É hora de comprar? 29 ações queridinhas…

3 de outubro de 2019
9:17 - atualizado às 9:20
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Outubro mal começou e a bolsa já está no vermelho. Tudo parecia correr muito bem em setembro, mas os senadores atrapalharam. E os sinais lá de fora também não ajudaram muito. Resultado: o Ibovespa já acumula queda de 3,55% neste mês. Faz parte…

Agora você pode estar pensando uma dessas coisas:

  1. Ainda bem que não investi na bolsa (será mesmo? No ano a bolsa acumula alta de 14,96%)?
  2. Vou aproveitar essa queda para comprar ações agora.
  3. Não estou pensando nada. A Marina vai quebrar a cara. (te peguei!)

Longe de mim dizer para você o que fazer. Só você sabe da sua vida e pode decidir o destino do seu dinheiro. Mas, se por acaso estiver considerando comprar ações na bolsa, eu posso sugerir um conteúdo que deve te ajudar a escolher boas opções.

A repórter Jasmine Olga procurou 12 corretoras e perguntou para elas quais são suas principais apostas para o mês de outubro na bolsa. Cada uma delas indicou suas 3 ações preferidas de suas carteiras recomendadas (que geralmente têm 10 papéis).

O resultado é impressionante: uma lista de 29 ações com potencial de ganhos na bolsa, na avaliação das corretoras. Veja aqui a lista completa.

PS: a reportagem está disponível na área Premium do Seu Dinheiro, um espaço que traz conteúdos extras aos leitores mais engajados do site. Você pode acessar o conteúdo DE GRAÇA. Basta fazer o seu cadastro aqui e indicar esta newsletter para cinco amigos. Assim que eles aceitarem seu convite, o conteúdo será liberado.

Selo Ação do mês
Selo Ação do mês - Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Recessão à vista?

O mercado financeiro parece estar se dando conta do impacto da guerra comercial e começa a olhar com maior preocupação para os indicadores econômicos dos Estados Unidos.

Após a indústria do país cair ao nível mais baixo desde a última recessão e a geração de vagas no setor privado reforçar os sinais de desaceleração, os investidores elevam a cautela hoje, à espera do payroll amanhã.

Além de aguardar o indicador, os mercados seguem atentos à décima terceira rodada de negociações entre os americanos e os chineses, que deve acontecer no fim da semana que vem. Por aqui, a Previdência é outro fator para a cautela.

Por ora, a ausência de maiores novidades castiga os mercados internacionais. Na Ásia, Tóquio recuou 2%, mas Hong Kong subiu. Já na Europa, as praças tentam acompanhar a recuperação ensaiada nesta manhã em Nova York.

Ontem, em meio ao pessimismo no exterior e os ruídos de Brasília, o Ibovespa desabou 2,90%, aos 101.031,44 pontos. O dólar fechou em queda de 0,68%, a R$ 4,1337. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Não é só contra a China

Não satisfeito com a disputa com a China, o presidente dos EUA, Donald Trump, resolveu mirar outros estrangeiros. Dessa vez, o governo americano anunciou que irá sobretaxar US$ 7,5 bilhões em importações da União Europeia. Mas o contexto é diferente daquele que compõe a guerra comercial: Trump não está sozinho. O Victor Aguiar traz os detalhes nesta matéria.

De olho na reta final

Após desidratar a reforma da Previdência e reduzir para R$ 800 bilhões a economia esperada com o projeto, o Senado aprovou ontem à noite o texto em primeiro turno. Agora, os parlamentares partem para a discussão em segundo turno - na qual o ministro da Economia, Paulo Guedes, já está de olho. Segundo reportagem do Estadão, a ordem do ministro é compensar “cada bilhão perdido” até agora. Mas o caminho pode não ser fácil: insatisfeitos com a divisão de recursos do megaleilão do pré-sal, há senadores ameaçando travar a votação prevista para o  dia 10 desse mês.

2019 lá em cima

A quebra de expectativa sobre a economia do início do ano para cá pode ter trazido algumas dúvidas sobre a capacidade das empresas de apresentar resultados fortes em 2019. Mas, ao que tudo indica, foi um bom ano afinal. Os analistas do BTG se debruçaram sobre companhias que atuam no mercado doméstico e constataram que elas devem lucrar mais que o dobro do que em 2018 - mais especificamente 138%. Em relatório, os especialistas destacaram o desempenho dos bancos e chamaram a atenção para um ramo que está mais atento do que nunca ao que acontece do outro lado do planeta.

Agenda

Indicadores 
- IHS Markit divulga PMI de Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e zona do euro de setembro
- Zona do euro publica seus resultados do comércio de agosto
- Estados Unidos publicam dados semanais de emprego e resultado do setor de serviços em setembro
- Argentina divulga resultados de sua indústria no mês de agosto
- CNC divulga pesquisa de endividamento e inadimplência do Consumidor (Peic) de setembro

Mercados
- Bolsas chinesas e sul-coreanas fechadas por feriado local

Bancos Centrais
- BC faz leilão de até US$ 525 milhões em contratos de swap cambial reverso
- BC faz leilão de swap cambial tradicional em montante equivalente ao que não for vendido do total de US$ 580 milhões no leilão à vista de dólares
- BC oferta até R$ 3 bilhões em operações compromissadas de 6 meses

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Caos na bolsa

Pressionado pelo coronavírus, Ibovespa cai 7% e tem o pior pregão desde o Joesley Day

O Ibovespa perdeu quase oito mil pontos nesta quarta-feira, impactado por um forte movimento de correção por causa da disparada de casos do coronavírus fora da China — todas as ações do índice fecharam em queda. Já o dólar à vista subiu a R$ 4,44, cravando mais um recorde nominal de encerramento

Mais uma polêmica

Vídeo de Eduardo Bolsonaro defendendo Orçamento impositivo circula pelo WhasApp

Vídeo mostra a fala do parlamentar no plenário da Câmara, no dia 26 de março do ano passado

Surto mundial

Por coronavírus, Costa Cruzeiros amplia medida de segurança em seus navios; Nestlé aconselha funcionários a não viajarem

Entre as providências está a proibição da entrada de pessoas que tenham viajado para países e regiões afetadas pela doença

FORA DO AR

Investidores da XP relatam problemas para acessar home broker nesta quarta-feira

Ao ser procurada, a assessoria de imprensa informou que “a plataforma apresentou lentidão para alguns clientes no início da tarde desta quarta-feira”

Medida do BC

Moody’s: diminuição de compulsório para depósitos a prazo é positiva

Para a agência, os gigantes do mercado são os mais beneficiados, por deterem 72% de todos os depósitos a prazo no Brasil

CDS no radar

Risco-país do Brasil tem novo dia de alta e vai a 106 pontos

Desde o começo de fevereiro o CDS vinha sendo negociado abaixo dos 100 pontos

CRIPTOMOEDAS

Criptomoedas ainda mantêm um papel limitado como forma de proteção, para analistas do JPMorgan

Apesar da baixa correlação das criptomoedas com ativos tradicionais, analistas do banco acreditam que elas ainda não podem servir como hedge da carteira

Gastos no exterior

Compras com cartão no exterior serão cobradas conforme a taxa de câmbio do dia

Opção estará disponível a consumidores a partir de 1º de março e já estava autorizada pelo BC desde 2016; atualmente, valor a ser pago na fatura é definido dez dias antes do fechamento

Ministro minimiza

Bolsonaro ‘não seria maluco’ de atacar o Congresso, afirma Ramos

Ministro da Secretaria de Governo, o general Luiz Eduardo Ramos minimizou o envio, pelo presidente Jair Bolsonaro, de vídeo convocando para manifestações que criticam Congresso

Alerta para a mineradora

Navio carregado de minério de ferro da Vale corre risco de naufrágio no MA

Volume de carga transportado não foi divulgado pela mineradora

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu