Menu
Marina Gazzoni
O melhor do Seu Dinheiro
Marina Gazzoni
2019-11-19T11:08:43-03:00
Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Corrida de unicórnios

19 de novembro de 2019
10:41 - atualizado às 11:08
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Um dos novos episódios da série The Crown, que relembra momentos marcantes do reinado de Elizabeth II, mostra a sua paixão por cavalos de corrida. A rainha da Inglaterra já ganhou uma bolada com seus campeões.

Sua bisneta, Charlotte, é apaixonada por outro equino. Assim como muitas crianças de hoje em dia, ela já desfilou por aí com acessórios de unicórnio.

No mundo dos adultos, os unicórnios também estão na moda. Os fundos estão de olho em quem será a próxima startup avaliada em US$ 1 bilhão. As apostas já estão rolando e há uma disputa para “montar” uma posição nos projetos mais badalados.

O Vinícius Pinheiro conversou com Ricardo Kanitz, sócio-fundador da gestora Spectra, uma das primeiras no Brasil a embarcar na corrida dos unicórnios. Ela investe nos fundos que “caçam” as startups, os chamados venture capital. Conseguiu investir lá atrás, por exemplo, nos fundos que compraram fatias do Nubank e da 99, hoje empresas que valem bilhões.

Kanitz contou que a corrida agora está mais disputada e há até um risco de bolha neste mercado. Quer saber mais sobre essa disputa? Os detalhes estão nesta matéria. 

SUGESTÃO DE LEITURA

Estou interessada nesta criptomoeda...

Você já pensou em investir em criptomoedas, mas não sabe exatamente quais ou mesmo qual o melhor timing? Pois bem...  A Helena Margarido, da Inversa Publicações, traz uma lista de 12 moedas para prestar atenção. Cinco são suas maiores convicções para o segmento e outras sete são "tesouros" para quem quer arriscar uma grande tacada.

Eu estou caçando umas criptos para investir e me deparei com este texto. Achei interessante que a Helena avisa quando é hora de comprar (e quando é melhor esperar). Ela deu o alerta de que um de seus tesouros deve entrar num ótimo ponto de compra nos próximos dias. Estou a postos...

Para compartilhar a informação com você, pedi para a Inversa liberar 30 dias de acesso gratuito a esse conteúdo aos leitores do Seu Dinheiro. Veja aqui a lista de indicações de criptomoedas e qual delas você pode comprar.

Pausa programada

O feriado do Dia da Consciência Negra, celebrado em muitas cidades amanhã, deixará a bolsa fechada na cidade de São Paulo. A pausa no meio da semana pode provocar alguma distorção no valor dos ativos e diminuir o volume negociado no mercado brasileiro, que também sofre o impacto das incertezas em torno da guerra comercial.

O sentimento de cautela em torno de um acordo comercial de primeira fase volta a ser a norma entre os investidores aqui e lá fora. O impasse nas negociações entre Estados Unidos e China refletiram em uma sessão mista na Ásia. Em Nova York, as bolsas exibem leve alta, sinal seguido pelo pregão na Europa.

Ontem, o Ibovespa fechou o dia em queda de 0,27%, aos 106.269,25 pontos. Para o dólar foi dia de recorde. A moeda americana fechou acima de R$ 4,20 pela primeira vez na história, com uma alta de 0,29%, a R$ 4,2055. Consulte a Bula do Mercado para saber o que esperar de bolsa e dólar hoje.

Olho no BC

O recorde batido pela cotação do dólar deve aumentar a ansiedade do mercado em relação à postura do Banco Central. Será que teremos atuação no câmbio além do comum, como aconteceu em agosto, quando a instituição fez uma venda surpresa da moeda americana no mercado à vista? O Eduardo Campos, que há anos acompanha os mercados de juros e câmbio, analisa os possíveis impactos da alta do dólar - inclusive na Selic.

Mudança na casa

Uma gigante brasileira promoveu mudanças no seu alto escalão. Depois de registrar queda no lucro do terceiro trimestre, a Ambev anunciou um novo diretor-presidente. Sai de cena Bernardo Pinto Paiva - que tem 30 anos dedicados a companhia -, entra o atual diretor de vendas e de marketing, Jean Jereissati Neto. Saiba mais sobre a troca promovida na empresa.

Não será tão ruim...

O rombo do governo central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) deve ser de “apenas” R$ 80 bilhões em 2019. Paulo Guedes lembrou que o valor é melhor do que a meta, que admitia um déficit de até R$ 139 bilhões. O ministro da Economia disse também que o governo vem “lançando raízes de bons resultados para 2020”. Confira os detalhes.

3 em 1

Em outra frente da agenda econômica, o governo busca entrar oficialmente na discussão sobre a reforma tributária. A proposta da equipe econômica será entregue ao Congresso até o fim do mês - onde dois outros projetos já estão em tramitação na Câmara e no Senado, mas encontram dificuldades para deslanchar. Segundo o Estadão, deputados e senadores se organizam para criar um pacote tributário que una os pontos de convergência de todos os textos já em discussão, facilitando o andamento da pauta. Saiba mais. 

Um grande abraço e ótima terça-feira!

Agenda

Indicadores
- IBGE divulga a PNAD Contínua Trimestral para o terceiro semestre de 2019

Banco Central 
- O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, participa de audiência pública na CAE do Senado para falar sobre política monetária
- O presidente da distrital de Nova York do Fed, John Williams, palestra em reunião anual da Associação da Indústria de Valores Mobiliários e Mercados Financeiros (SIFMA) em Washington

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Crise

Risco para investir volta a nível de 2016

Estrangeiro olha com desconfiança para o Brasil, por conta da crise do coronavírus e também pela taxa de juros nas mínimas históricas

Socorro durante a pandemia

Caixa alerta para rombo no FGTS com ajuda a aéreas

Segundo o banco, texto atual da Medida Provisória de socorro ao setor aéreo impactaria o fundo em R$ 1,4 bilhão

Substituto do Bolsa Família

Renda Brasil terá R$ 51,7 bilhões e vai pagar benefício médio de R$ 232, prevê governo

Hoje, o Bolsa Família inclui 13,2 milhões de famílias, o que alcança 41 milhões de pessoas a um custo de cerca de R$ 32 bilhões ao ano

Mais lidas Seu Dinheiro

MAIS LIDAS: Os 10 anos bem vividos da Tesla na bolsa

Nos dez anos que separam a abertura de capital da Tesla na Nasdaq e o último dia 29 de junho, as ações da companhia subiram vertiginosos 4.125%, enquanto o principal índice da bolsa americana de tecnologia teve alta de “apenas” 345%. E a companhia do bilionário Elon Musk pôde comemorar o aniversário de uma década […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu