Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-03T17:51:58-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Com desconto no salário

TST define que greve contra privatização pode ser considerada “abusiva”

Para os ministros do TST, as greves não podem ter cunho político, apenas trabalhista; grevistas poderão ter desconto no salário

12 de fevereiro de 2019
10:59 - atualizado às 17:51
Manifestação contra as privatizações
Manifestação contra as privatizações - Imagem: Fábio Motta/Estadão Conteúdo

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) decidiu nessa segunda-feira, 11, que greves contra privatização de estatais podem ser consideradas abusivas.

Com a decisão de 4 votos a 2, os ministros entenderam que trabalhadores que pararem por essa razão podem ter seus salários descontados.

Na discussão sobre o tema, os ministros citaram como exemplo a paralisação de funcionários da Eletrobras, que ocorreu em junho do ano passado, quando Temer tentava iniciar os trâmites para privatização. O assunto foi parar no Congresso Nacional e a estatal não foi privatizada.

Sob governo Bolsonaro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, já disse algumas vezes que a privatização será uma das pautas de relevância do governo.

Ainda para os ministros do TST, as greves não podem ter cunho político, apenas trabalhista.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Petrobras privatizada vira possibilidade, Itaú revisa projeções para o Brasil e outros destaques

A proximidade do ano eleitoral não aprofunda apenas as discussões sobre o aumento de gastos do governo com medidas assistencialistas, como o Auxílio Brasil e o auxílio aos caminhoneiros, confirmados na semana passada após uma manobra no teto de gastos. Com outubro engatando a reta final, restam poucas folhas no calendário de 2021 e oportunidades […]

privatização no radar

Petrobras (PETR4) pede que governo explique estudo para venda de ações; papéis dispararam mais de 6% com rumores sobre privatização

Mais cedo, Bolsonaro reafirmou que a privatização “entrou no radar” do governo, mas destacou que o processo é uma “complicação enorme” e não deve sair tão cedo

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras na mira da privatização ajuda Ibovespa a recuperar parte das perdas recentes e bolsa sobe 2%; dólar cai a R$ 5,56

Os investidores começam a semana ainda digerindo a confirmação do rompimento do teto de gastos, mas como a situação deixou de ser especulativa, abriu espaço para uma recuperação puxada pela Petrobras

FINANCIAL PAPERS

Polêmica com vazamentos não afeta balanço do Facebook (FBOK34) e ações avançam em NY

Mais cedo, o noticiário sobre a empresa era dominado por notícias menos favoráveis com a divulgação dos “The Facebook Papers”

Vídeo

All time high do Bitcoin: como fica o mercado de criptos com a principal moeda em alta?

Analista de criptomercado comenta sobre a situação atual desse cenário

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies