Menu
2019-12-23T09:38:40-03:00
Falando em energia

Eletronuclear, da Eletrobras, recebe autorização para operar unidade da CNAAA por 5 anos

Autorização consta da Resolução 258, da Comissão Nacional de Energia Nuclear

23 de dezembro de 2019
9:38
energia elétrica
Imagem: Shutterstock

A Eletrobras Eletronuclear S.A. recebeu autorização para operação permanente da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto - Unidade 1 (CNAAA-1), em Itaorna, no Município de Angra dos Reis (RJ), pelo prazo de cinco anos. A autorização consta da Resolução 258, da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 23.

A Resolução esclarece que a autorização se aplica exclusivamente à CNAAA-1 pertencente à Eletronuclear.

A Eletronuclear poderá operar a instalação até a potência térmica máxima de 1876 Mwt.

O texto diz que a "CNEN poderá em qualquer tempo e como resultado de avaliações de segurança subsequentes, impor restrições ou penalidades relativas ao valor da potência máxima de operação"

A Eletronuclear fica autorizada a receber, ter a posse e utilizar, a qualquer tempo, material nuclear, nas quantidades necessárias à operação da instalação.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

covid no brasil

Covid-19: Brasil tem 97.256 óbitos e 2,02 milhões de recuperados

Atualmente, 741.180 pacientes estão em acompanhamento

Resultados que mexem o mercado

Braskem, AES Tietê, SulAmérica: os balanços que vão movimentar o mercado nesta quinta

Resultados financeiros do primeiro trimestre afetam mercado em meio à pandemia

seu dinheiro na sua noite

O fim de um ciclo?

Após um ano de cortes sucessivos, o atual ciclo de queda da taxa básica de juros, a Selic, parece ter chegado ao fim nesta quarta-feira. No início da noite, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) anunciou a redução dos juros em 0,25 ponto percentual, para 2,00% ao ano, como já era esperado […]

Novo corte

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 2,00% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central cortou a Selic mais uma vez

Mínima histórica

Banco Central reduz Selic para 2% ao ano e sinaliza fim do ciclo de cortes de juros

Essa foi a nona (e última?) redução consecutiva no atual ciclo de queda da Selic, que começou em julho do ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements