Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-03-28T10:19:05-03:00
Natalia Gómez
Natalia Gómez
SURPRESA POSITIVA

Eletrobras usa efeitos extraordinários para ter lucro de R$ 13 bilhões em 2018

Resultado foi beneficiado por venda de ativos de distribuição e reversão de provisões financeiras e baixas contábeis feitas anteriormente.

28 de março de 2019
6:40 - atualizado às 10:19
Privatização Eletrobras
Eletrobras: lucro surpreende analistas - Imagem: Divulgação

A Eletrobras trouxe boas notícias no balanço divulgado nesta madrugada, com um lucro líquido de R$ 13,3 bilhões em 2018, significativa melhora ante o prejuízo de R$ 1,72 bilhão registrado no ano anterior. O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) somou R$ 19,9 bilhões, mais que o dobro do apresentado no resultado de 2017, quando o Ebitda foi de R$ 6,74 bilhões.

A receita operacional líquida anual foi de R$ 24,97 bilhões, queda de 15% ante o ano anterior, quando a receita foi de R$ 29,44 bilhões. Os analistas previam lucro líquido de R$ 683,4 milhões, segundo a Bloomberg.

Segundo a empresa, o resultado foi beneficiado pela reversão de impairment (baixa contábil pela reavaliação de ativos) e contrato oneroso relativos à Usina Termonuclear de Angra III, que somaram R$ 7,24 bilhões e pela reversão de uma provisão referente à Taxa de Fiscalização de Recursos Hídricos no montante de R$1,18 bilhão.

As vendas de ativos de distribuição também ajudaram, no montante positivo de R$ 2,9 bilhões, devido à reversão de patrimônio líquido negativo. Outro impacto positivo veio da reversão de uma provisão de R$ 715 milhões relativa à reclassificação de risco de contingências das distribuidoras vendidas.

Desinvestimento contribuiu

No relatório, o presidente da empresa, Wilson Ferreira Júnior, afirmou que a privatização das empresas de distribuição e a venda das participações minoritárias em 26 sociedades de propósito específico, no montante de R$ 1,3 bilhão, foram fundamentais para companhia. "Os efeitos desses desinvestimentos vão se refletir na redução dos níveis de alavancagem e melhora do Ebitda a partir de janeiro de 2019", disse.

Em 2018, a Eletrobras concluiu os leilões de privatização de seis distribuidoras localizadas no norte e nordeste do País, sendo que Cepisa, Ceron, Eletroacre, Boa Vista tiveram os contratos de transferência do controle acionário assinados em 2018. A companhia informou que na Companhia Energética de Alagoas (Ceal) isso ocorreu em 18 de março de 2019 e para a Amazonas Energia a previsão é abril de 2019.

Resultado financeiro melhorou

O resultado financeiro líquido também mostrou melhora, passando de uma despesa líquida de R$ 1,736 bilhão em 2017 para uma despesa líquida de R$ 578 milhões em 2018.

Segundo a empresa, isso se explica pela contabilização de um acordo com a Eletropaulo no montante de R$ 1,064 bilhão, que fez crescer a receita de juros, comissões e taxas de R$ 1,7 bilhão para R$ 2,6 bilhões na comparação anual.

No final de 2018, a relação entre dívida líquida e Ebitda da empresa (alavancagem) foi de 3,1 vezes, queda ante o índice de 3,7 vezes registrado em 2017.

Investimentos

A companhia investiu no ano passado R$ 4,6 bilhões, abaixo do previsto, que era R$ 6,2 bilhões. Entre 2019 e 2023, a intenção é investir R$ 30,1 bilhões, dos quais 58,9% serão com recursos próprios.

A energia gerada em 2018 foi de 184.081 GWh, praticamente em linha com o ano anterior (alta de 1,1%).

A Eletrobras deve ser privatizada pelo governo Bolsonaro, e um modelo para a privatização deve ser definido até junho. Existem dois modelos possíveis na mesa: a capitalização e pulverização do controle da companhia ou a transferência de subsidiárias para a Eletropar, com a posterior venda em separado destas empresas. A arrecadação pode chegar a R$ 12,2 bilhões.

E no 4º trimestre?

No quarto trimestre de 2018, o lucro líquido foi de R$ 12,07 bilhões, revertendo o prejuízo de R$ 3,9 bilhões registrado no mesmo período de 2017.

O resultado trimestral também ficou acima do esperado pelos analistas, que previam lucro líquido de R$ 17 milhões para o último trimestre do ano.

Faltaram detalhes

Diferente dos trimestres anteriores, em que a empresa divulgou um informe aos investidores detalhando os resultados trimestrais, até o momento não foi divulgado um documento comentando em detalhe como foi o quarto trimestre. Informações adicionais sobre o resultado devem surgir hoje à tarde, na entrevista coletiva que ocorrerá às 14 horas, no Rio.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

PAPO CRIPTO #007

Tecnologia que criou o bitcoin (BTC) pode reduzir custo de captação de recursos em quase 70%, diz chefe de ativos digitais do BTG

“Empresas pequenas e médias têm menor possibilidade de acesso ao mercado de capitais, muito por causa dos custos envolvidos”, comenta

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nova variante vira a mesa nos mercados, bitcoin entra em ‘bear market’ e outros destaques do dia

Se você já estava pronto para tirar o pó da sua fantasia de Carnaval, talvez seja melhor esperar mais um pouco. Além de algumas cidades brasileiras terem decidido adiar a festança por mais um ano, uma reviravolta no andamento da pandemia deixou mais uma vez o mundo em pânico. A variante B.1.1.529 (batizada de ômicron […]

FECHAMENTO DA SEMANA

Nova cepa do coronavírus pega mercado de surpresa; Ibovespa recua quase 4% no dia e apaga ganhos da semana

Ao longo da semana, o Ibovespa também foi pressionado pela indefinição em torno da PEC dos precatórios e a pausa para o feriado nos Estados Unidos

DINHEIRO NO FIM DO ANO

Yduqs (YDUQ3) pagará R$ 141 milhões em dividendos; confira o valor por ação

A empresa do setor de educação pagará cerca de R$ 0,40 por ação ordinária e o dinheiro cairá na conta dos acionistas em 7 de dezembro

OMICRON

5 fatos sobre a nova variante do covid que derrubou os mercados nesta sexta

O anúncio de que uma nova variante do coronavírus surgiu na África do Sul fez com que os mercados internacionais desabassem; veja o que sabemos até agora

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies