Menu
2019-08-02T14:56:28-03:00
Estadão Conteúdo
Mais dinheiro para o caixa

Caixa prevê impacto anual de R$ 300 milhões com pagamento de FGTS e PIS-Pasep

Ao todo, 106 milhões de brasileiros (96 milhões do FGTS e 10,4 milhões do PIS) terão acesso aos saques

2 de agosto de 2019
14:56
Pedro Guimaraes, presidente da Caixa Econômica Federal
Imagem: Clauber Cleber Caetano/PR

O presidente da Caixa Econômica Federal Pedro Guimarães afirmou que o pagamento dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e Fundo PIS-Pasep gerará um impacto de cerca de R$ 300 milhões em receitas anuais que o banco teria com a gestão dos mais de R$ 30 bilhões que serão liberados com a medida.

O banco recebe 1% pela administração dos fundos. "A economia melhorando é o que ajuda o resultado da Caixa. Esse resultado de R$ 300 milhões é muito pequeno perto do lucro do banco", disse ele, em entrevista à rádio CBN nesta sexta-feira, 2.

Segundo ele, os 106 milhões de brasileiros - 96 milhões do FGTS e 10,4 milhões do PIS - que terão acesso aos saques do FGTS e PIS-Pasep poderão não só consumir como também quitar dívidas, o que contribui para a melhora da economia.

"É isso que importa", resumiu Guimarães, acrescentando que a própria Caixa terá um leque de produtos para oferecer aos cidadãos.

O cronograma detalhado do pagamento do FGTS será feito, segundo ele, na segunda-feira. No entanto, o presidente da Caixa garantiu que o banco já está preparado em termos de infraestrutura para fazer os pagamentos, cujo volume é quatro vezes maior que a iniciativa anterior. Informou ainda que as agências abrirão aos sábados e que ele mesmo participará in loco para acompanhar o atendimento.

Guimarães informou ainda que a Caixa fará de imediato o depósito dos recursos do FGTS e do PIS para quem já for correntista do banco. Os que não quiserem poderão solicitar o estorno. Do contrário, conforme ele, o custo operacional seria muito maior para a instituição.

A Caixa também deve lançar em breve, segundo Guimarães, uma campanha de publicidade para orientar os brasileiros tanto sobre os saques do FGTS quanto do PIS.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Fenômeno da internet

O ataque dos memes: Conheça 5 ações de empresas “quebradas” que mexem com Wall Street

O caso mais famoso foi o da GameStop, mas outras empresas que não contam com fundamentos sólidos vêm passando por movimentos de valorização estimulados por fóruns de internet

seu dinheiro na sua noite

No mundo corporativo, quem não diversifica, se trumbica

De uns tempos para cá, uma antiga fala de Warren Buffett tem pipocado nas minhas redes. Nela, o megainvestidor diz que “diversificação não faz sentido para quem sabe o que está fazendo” — e ele, naturalmente, se coloca como um sábio. Longe de mim querer contrariar o oráculo do mercado financeiro, mas é preciso tomar […]

nos ares

Boeing realiza 1º voo do maior avião da família 737 MAX e inicia fase de testes

Empresa vem trabalhando para superar acidentes aéreos envolvendo a família de aviões 737 MAX. No Brasil, a Gol tem um pedido firme do 737-10

pix questionado

Procon-SP notifica bancos por brechas exploradas por ladrões de celulares

São requisitados esclarecimentos sobre dispositivos de segurança, bloqueio, exclusão de dados de forma remota e rastreamento de operações financeiras disponibilizados aos clientes vítimas de furto ou roubo

FECHAMENTO DA SEMANA

Juros futuros são grandes protagonistas da semana e ainda prometem mais emoção; dólar recua 1% e bolsa fica no vermelho

Com Copom duro e a sinalização de uma possível elevação nas taxas de juros nos EUA, os principais contratos de DI dispararam. Na semana, o dólar recuou com o forte fluxo estrangeiro e a bolsa seguiu o ritmo das commodities (mais uma vez)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies