Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-09-27T16:42:04-03:00
Estadão Conteúdo
Com calma a gente chega lá

Presidente do BNDES descarta saltos do PIB e prevê crescimento ‘step by step’

Em evento em São Paulo, Gustavo Montezano afirmou que o Brasil vive o melhor momento da história para investimentos

27 de setembro de 2019
16:42
BNDES Gustavo Montezano
Presidente do BNDES, Gustavo Montezano - Imagem: Hoana Gonçalves/Ascom ME

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Gustavo Montezano, disse nesta sexta-feira, 27, que não espera grandes saltos do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, mas um crescimento gradual no longo prazo. Em breve discurso em evento na Fundação Getulio Vargas (FGV), o executivo afirmou que o Brasil vive "o melhor momento da história para investimento", e convocou os empresários e autoridades públicas presentes a "usarem o banco" em seus projetos.

"Não achamos que o PIB vá dar saltos. Vai ser resiliente e crescer de forma contínua no longo prazo. Vai ser step by step (passo a passo)", disse Montezando.

Segundo ele, o banco está resgatando ações que praticava na década de 1990, quando foi ativo no programa de privatizações, e que encontrou um banco maduro e bem estruturado para promover as mudanças que o governo pretende fazer no setor estatal.

  • Veja mais: Investidores comuns estão aprendendo como antecipar o movimento das ações com um dos maiores analistas técnicos do país. VAGAS LIMITADAS. Corra. Entre aqui.

"A gente quer ajudar a transformar os ativos estatais em privatizáveis, isso requer esforço e o banco está preparado para ajudar o Estado a fazer essa transição. O BNDES já fez isso nos anos 90. Está só resgatando algo do passado", afirmou, ressaltando que além das privatizações o banco tem se dedicado a fazer a modelagem de projetos para iluminação pública.

O executivo disse ainda que, dentro do setor de energia, o gás natural é prioridade, e que o banco pretende ser "um facilitador da discussão, para ajudar a desenvolver projetos", afirmou, convocando os empresários a "usarem a máquina do banco. "Nos usem!", conclamou.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

do campo para a bolsa

AgroGalaxy (AGXY3) estreia em queda de 24%, após precificar ações no piso em IPO

Empresa de agronegócio já havia reduzido substancialmente o tamanho da oferta; analistas apontam risco de a companhia ser espremida por fornecedores

Temores atrapalham recuperação

Setor da construção é como uma Ferrari com freio de mão puxado, diz presidente da CBIC

Segundo a Câmara Brasileira da Indústria da Construção, o recorde de alta nos custos de materiais é um dos principais problemas no setor

VIAGEM AO ESPAÇO

Jeff Bezos foi ao espaço e você pode ganhar dinheiro com isso; descubra como

O Bilionário e fundador da Amazon fez um passeio de 10 minutos no espaço e isso pode te render dinheiro

Mudanças nas operações

China ordena a empresas de tecnologia que corrijam práticas anticompetitivas

O movimento faz parte de uma campanha regulatória de Pequim para reformar a forma como as maiores empresas de tecnologia operam

Dinheiro pra lá

Nubank lança serviço de transferências internacionais em parceria com a Remessa Online

Em geral, a remessa de dinheiro pelos bancos tradicionais costuma ser cara com taxa de transferência, Imposto sobre Operação Financeira (IOF) etc

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies