Menu
2019-08-12T18:28:56-03:00
Estadão Conteúdo
Hora da autoavaliação

Montezano diz que BNDES ficou banqueiro de crédito demais

Presidente do banco de fomento afirmou que a instituição voltará a ser o que era no passado

12 de agosto de 2019
18:28
BNDES Gustavo Montezano
Presidente do BNDES, Gustavo Montezano - Imagem: Hoana Gonçalves/Ascom ME

O BNDES ficou banqueiro de crédito demais, na avaliação do presidente do banco, Gustavo Montezano, ao colocar para investidores presentes à 20ª Conferência Anual Santander o papel que a instituição de fomento desempenhará daqui para frente. De acordo com ele, o BNDES voltará a ser o que era no passado, na origem.

"É o que tenho chamado de volta para o futuro", disse o executivo fazendo referência ao filme "De Volta para o Futuro", dirigido por Robert Zemeckis.

Ele disse que o BNDES deixará de ser um banco para ser um prestador de serviços e que o objetivo da instituição é o impacto no Brasil, e não o lucro.

O foco do novo BNDES será a privatização, o desenvolvimento, as concessões e a reestruturação dos Estados. "Tudo que o BNDES puder fazer para ajudar o setor privado a prestar serviços públicos será feito", disse, acrescendo que chamará fundos e o setor privado para investir com o banco de fomento.

O BNDES hoje, segundo seu presidente, tem capacidade para interagir com o setor privado e investidores estrangeiros.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

de olho nas prévias

Carrefour Brasil tem alta 72,5% no e-commerce durante terceiro trimestre

No e-commerce alimentar a alta foi de 202,4%, incluindo o serviço de entrega rápidas. As vendas de não alimentares também continuaram crescendo, com alta de 69,1%

negócio fechado

Petrobras assina compromisso de compra da plataforma P-71 por US$ 353 milhões

Petrolífera fala que, por conta da nova alocação da P-71, a licitação de afretamento da plataforma que atenderia ao projeto de Itapu será cancelada

retomada

Financiamentos imobiliários somam recorde histórico de R$ 12,9 bilhões

Volume financiado é recorde, em termos nominais, na série histórica iniciada em julho de 1994, segundo a Abecip

cardápio de balanços

Cielo, Localiza e Smiles: os balanços que mexem com o mercado nesta quarta

Empresas estão entre as que mais recentemente divulgaram os números do terceiro trimestre, período com resultados ainda marcados pela pandemia

seu dinheiro na sua noite

A peleja da bolsa com a crise fiscal

Com tanto dinheiro girando no mundo, quem tem pede muito quem não tem pede mais. Os versos de Zé Ramalho não poderiam resumir melhor a encruzilhada na qual vive o mundo econômico em meio à crise do coronavírus. Quem tem pede muito. Nos Estados Unidos, a falta de um acordo para a aprovação de um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies