2019-04-25T20:20:20-03:00
Estadão Conteúdo
Banco de fomento

Desembolsos do BNDES somam R$ 14,48 bilhões no 1º trimestre, alta de 30%

Dados mostram que as aprovações de novas operações (R$ 9,9 bilhões) recuaram 38% em termos nominais

25 de abril de 2019
20:20
BNDES
Banco de fomento observa um aumento na participação das grandes empresas em seus desembolsosImagem: Agência Brasil

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberou, no primeiro trimestre de 2019, R$ 14,48 bilhões para empréstimos já aprovados, uma alta nominal (sem descontar a inflação) de 30% ante igual período de 2018.

As aprovações de novas operações (R$ 9,9 bilhões) recuaram 38% em termos nominais. As consultas por empréstimos, primeiro passo do processo de pedido junto ao BNDES, que serve como termômetro do apetite por crédito para investir, ficaram em R$ 8,34 bilhões no primeiro trimestre, tombo de 41%.

A alta dos desembolsos foi puxada por empréstimos para a infraestrutura, que receberam R$ 6,96 bilhões, avanço nominal de 71% ante o primeiro trimestre de 2018.

"O crescimento no crédito para infraestrutura foi puxado pelos setores de energia elétrica e transportes", diz a nota divulgada pelo BNDES.

Também subiram os valores liberados para financiamentos destinados à agropecuária (R$ 3,54 bilhões, com alta nominal de 30%) e à indústria (R$ 2,59 bilhões, com alta nominal de 51%).

Na contramão, os empréstimos para "comércio e serviços", que, assim como a indústria, concentram o crédito corporativo no BNDES, minguaram para R$ 1,39 bilhão em desembolsos no primeiro trimestre, uma queda nominal de 48% ante o valor liberado nos três primeiros meses do ano passado.

Apesar do foco nas empresas de menor porte, houve aumento na participação das grandes empresas no total desembolsado pelo BNDES no primeiro trimestre.

As grandes empresas ficaram com R$ 8,23 bilhões, ou 56,8% das liberações totais, uma alta nominal de 61% ante o primeiro trimestre de 2018.

Já as micro, pequenas e médias empresas (MPME) receberam R$ 6,25 bilhões, ou 43,2% dos desembolsos, uma alta de 3% na mesma base de comparação.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Market Makers

Precisamos falar de múltiplo: Saiba como identificar se uma ação está barata na bolsa

9 de agosto de 2022 - 9:34

Existem três formas de ganhar dinheiro com ações. Uma delas é com o crescimento do lucro por ação. Mas é preciso interpretar corretamente o múltiplo Preço/Lucro (P/L) de uma empresa

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: De olho em ata do Copom e inflação, Ibovespa opera próximo do zero a zero; dólar vira e passa a subir

9 de agosto de 2022 - 9:12

RESUMO DO DIA: Os investidores permanecem de olho nos dados de inflação dos Estados Unidos, divulgados na próxima quarta-feira (10). Por aqui, o Ibovespa reage aos dados do IPCA de julho e nas disputas políticas antes do início da campanha eleitoral oficial. Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro acima de 9% em swing trade com a Helbor (HBOR3); confira a recomendação

9 de agosto de 2022 - 8:26

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Helbor (HBOR3). Saiba mais detalhes

O melhor do Seu Dinheiro

Os sons do silêncio nas bolsas: Saiba como interpretar os ruídos dos mercados que mexem com os seus investimentos hoje

9 de agosto de 2022 - 8:24

De olhos e ouvidos atentos aos dados da inflação, investidores os juntarão ao quebra-cabeças da ata da última reunião do Copom

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Todos os olhos e ouvidos do Ibovespa voltados para a inflação de hoje enquanto as bolsas internacionais aguardam os dados dos EUA

9 de agosto de 2022 - 7:43

Os índices internacionais aguardam os números de inflação dos EUA, que só devem ser conhecidos na quarta-feira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies