Menu
2019-10-14T14:25:17-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Caminhos nada convencionais

10 bilionários que abandonaram a faculdade antes de fazer fortunas

Muitas das pessoas mais ricas do mundo não concluíram o ensino superior, e essa condição não foi decisiva para que conquistassem seus objetivos

7 de outubro de 2019
15:14 - atualizado às 14:25
Bill Gates; bilionários
Imagem: Shutterstock

O diploma universitário é sem dúvidas um dos caminhos mais clássicos para conseguir o sucesso profissional e financeiro. Afinal, o conhecimento adquirido nas salas de aula são muito valorizados no mercado e abrem portas para qualquer pessoa, sendo o primeiro passo para os bilionários.

Mas uma coisa que poucos sabem é que nem só de títulos de bacharel um bilionário vive. Pelo contrário, muitas das pessoas mais ricas do mundo sequer concluíram sua educação superior, e isso de fato não foi decisivo para conquistar o lugar que atualmente ocupam.

Nessa lista de 'bilionários sem diploma' tem vários tipos de história. Alguns desistiram da faculdade para se concentrar em suas próprias empresas, como o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg. Já outros foram expulsos por descumprir as regras da faculdade.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

E não pense você que a decisão foi fácil. Muitos ricaços abandonaram um grupo seleto de universidades, da badalada Harvard à UCLA, o sonho de consumo de muita gente.

O site Business Insider separou alguns dos principais casos de bilionários que abandonaram suas faculdades para fazer fortuna pelo mundo. Confira.

1. Ralph Lauren

Ralph Lauren

Um dos estilistas mais conceituados do mundo abandonou o Baruch College, do The City College de Nova York, para fundar sua própria empresa de moda. Começou vendendo gravatas enquanto trabalhava em um escritório no Empire State Building. Lauren atualmente ostenta um patrimônio líquido de US$ 5,8 bilhões.

2. Jan Koum

Jan Koum

Um dos fundadores do WhatsApp, Koum abandonou a San Jose State University. De acordo com a Business Insider, antes de fundar a rede social ele trabalhou no Yahoo por nove anos. Atualmente com 43 anos, ele possui um patrimônio líquido estimado em US$ 10 bilhões.

3. Mark Zuckerberg

Mark Zuckerberg, fundador de CEO do Facebook

Sem dúvidas essa é a história mais conhecida dessa lista, que inclusive já virou enredo de filme. O fundador do Facebook deixou Harvard quando estava no segundo ano para focar em uma ferramenta que, anos depois, seria a maior rede social do mundo. O empresário, um dos mais ricos do mundo e hoje com 35 anos, tem um patrimônio líquido de US$ 66 bilhões.

4. Sheldon Adelson

Sheldon Adelson

O CEO do Las Vegas Sands, grupo norte-americano de cassinos e resorts, deixou para trás uma vaga no City College de Nova York. O curioso é que Adelson ficou rico com outro tipo de negócio que não os cassinos: ele fundou uma empresa chamada COMDEX, que organizava feiras comerciais focadas em tecnologia. A empresa foi vendida ao SoftBank em 1995 por US$ 862 milhões. Hoje com 86 anos, Adelson tem um patrimônio líquido estimado de US$ 33,1 bilhões.

5. Ted Turner

Ted Turner

O fundador de uma das maiores redes de televisão do mundo, a CNN, Turner carrega consigo uma história inusitada. Sua saída da Brown University antes da formatura não foi por opção, mas sim por ter permitido que sua namorada morasse com ele em seu dormitório. O homem de 80 anos tem hoje um patrimônio líquido de US$ 2,2 bilhões.

6. David Geffen

David Geffen

Quem assiste as animações da DreamWorks pode não ter ideia da história que leva um de seus fundadores. Geffen, que chegou a mentir uma formatura na UCLA para mentir um emprego, na verdade desistiu de uma vaga na Universidade do Texas. Antes de fundar a DreamWorks, ele trabalhou como agente de talentos na William Morris. Hoje, com 76 anos, é o homem mais rico de Hollywood e possui nada menos do que US$ 8,4 bilhões em suas contas.

7. Michael Dell

Quando era estudante da Universidade do Texas, Dell passava o tempo livre aprimorando computadores e comercializando esses produtos em seu dormitório. Em apenas um mês, ele conseguiu US$ 180 mil e nunca mais pisou na faculdade. Hoje com 54 anos ele tem um patrimônio líquido atual estimado de US$ 30,6 bilhões.

8. Bill Gates

Não é todo dia que alguém recusa uma vaga em Harvard, mas o caso do fundador da Microsoft está aí para provar o contrário. Depois de dois anos estudando em uma das mais conceituadas universidades do mundo, Gates abandonou tudo e foi se dedicar à empresa que anos depois seria uma das referências mundiais quando o assunto é tecnologia. E o negócio rendeu: hoje com 63 anos, ele possui um patrimônio de US$ 102 bilhões.

9. Travis Kalanick

Travis Kalanick

O co-fundador e ex-CEO da Uber chegou a estudar engenharia da computação na UCLA, mas abandonou tudo para trabalhar no Scour. Depois que a empresa faliu, Kalanick fundou uma companhia de software para redes chamada Red Swoosh, que posteriormente foi vendida para a Akamai por US$ 23 milhões em 2007. Parte dessa grana foi gasta com um ano de viagens pelo mundo antes que o empresário fundasse a Uber. Hoje, ele conta com um patrimônio de US$ 3,7 bilhões.

10. Larry Ellison

Larry Ellison, fundador da Oracle

Uma desistência é pouco! Um dos homens mais ricos do mundo e fundador da Oracle se matriculou na Universidade de Illinois após o ensino médio, mas desistiu durante o segundo ano com a morte de sua mãe adotiva. Em seguida, Ellison chegou a completar um semestre na Universidade de Chicago. Hoje com 75 anos, ele tem um patrimônio líquido de US$ 63 bilhões.

*Com informações da Business Insider.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

NOVAS NORMAS

Nova norma sobre lavagem de dinheiro influencia entrada do Brasil na OCDE, diz BC

A Circular nº 3.978 busca modernizar os procedimentos de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento ao Terrorismo (PLDFT) no Brasil

DE OLHO NO PIB

Nova grade de parâmetros pode trazer previsão de PIB maior que 2,4%, diz Waldery

Por outro lado, Waldery admitiu a possibilidade de retirada da projeção de receitas com a descotização de hidrelétricas da Eletrobras, que depende da privatização da companhia

VEM GRINGO

Bolsonaro autoriza entrada do Brasil em acordo que abre licitação a estrangeiros

O ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia dito na terça-feira, 21, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, que o Brasil entraria no acordo

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nada como um minuto após o outro

Quem disse que o futebol é uma caixinha de surpresas não conhece a bolsa de valores. Quando deixei a redação do Seu Dinheiro no começo da tarde para fazer uma entrevista, o dia estava azedo nos mercados. Na mínima, o Ibovespa chegou a ficar abaixo dos 117 mil pontos. Não faltavam razões para o mau humor. Pela […]

Eye of the tiger

Ibovespa Balboa: índice leva uma surra no começo do dia, mas vira a luta e crava uma nova máxima

Os temores quanto à disseminação do coronavírus colocaram o Ibovespa nas cordas durante a manhã. Mas, ajudado pelo bom desempenho das ações dos bancos, o índice partiu para cima e fechou em alta, chegando pela primeira vez aos 119 mil pontos

CURSO DO SEU DINHEIRO

Qual é a REAL sobre a aposentadoria aos 40 anos?

O Seu Dinheiro lançou nesta semana um projeto para acelerar a sua aposentadoria. Recebi diversos e-mails de leitores com dúvidas sobre o projeto. Aqui está tudo que você precisa saber.

NOVO IMPOSTO NO RADAR

Paulo Guedes está de olho em criar “imposto do pecado” sobre bebidas, cigarros e açúcar

Tal medida poderia impactar no futuro ações de empresas de bebidas como Ambev, além de sucroenergéticas, como São Martinho, Biosev e Cosan

POLÍTICOS NA MIRA

BC aperta cerco contra políticos e familiares envolvidos em transações suspeitas

Atualmente, políticos como deputados federais, senadores e ministros já são considerados politicamente expostos, assim como seus parentes de primeiro grau

NADA DE VÍRUS POR AQUI

Ministério da Saúde afasta suspeita de casos de coronavírus no Brasil

Segundo o secretário, o Brasil está preparado para lidar com uma eventual epidemia da doença

Olho na Linx

Credit Suisse mantém recomendação de compra para Linx, mas reduz preço-alvo para ações

Em relatório divulgado hoje (23), os analistas Daniel Federle, Felipe Cheng e Juan Pablo Alba disseram que o corte tem a ver com as estimativas mais baixas para o volume de compras (TPV) dentro do Linx Pay e com a taxa que é cobrada pelo uso do sistema de pagamentos, que é conhecida como MDR

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements