Menu
2019-04-05T15:49:36-03:00
Disputa por partes da Avianca

“Objetivo é tirar a Azul da ponte aérea”

Para John Rodgerson, presidente da Azul, a entrada de Gol e Latam na disputa pela Avianca Brasil é uma estratégia para barrar a companhia no aeroporto de Congonhas (SP)

5 de abril de 2019
8:06 - atualizado às 15:49
CEO da Azul, John Rodgerson
John Rodgerson, CEO da Azul - Imagem: Raphael Lopes/Seu Dinheiro

A entrada de Gol e Latam na disputa pela Avianca Brasil, em recuperação judicial, é apenas uma estratégia para tirar a Azul da jogada e impedi-la de crescer no aeroporto de Congonhas (SP), o mais disputado do País, segundo o presidente da Azul, John Rodgerson.

"Elas vão quebrar uma empresa para evitar que a gente faça a ponte aérea”, disse. A Azul havia oferecido US$ 105 milhões por aviões e autorizações de pouso e decolagem (slots) da Avianca. Na terça-feira, 2, foi surpreendida com um novo plano de recuperação da empresa, que prevê o leilão dos ativos divididos em sete UPIs (Unidades Produtivas Independentes). Latam e Gol se comprometeram a ficar, cada uma, com uma dessas UPIs e pagar US$ 70 milhões por elas. A seguir, a entrevista concedida ao jornal O Estado de S. Paulo.

A Azul vai participar do leilão das UPIs da Avianca?

Acho que não. Latam e Gol fizeram de tudo para barrar nossa entrada em Congonhas. Elas têm 90% do aeroporto e tentarão ficar com 95%. Vão quebrar uma empresa (Avianca) para evitar que a gente faça a ponte aérea. Mas o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) não permitirão. A Anac foi clara que não se vende slots. Se você quer um slot, tem de comprar a empresa que opera o slot.

Mas o projeto da Azul era semelhante a esse.

É muito difícil dividir uma empresa aérea quando se tem engenharia, piloto-chefe... A companhia tem de durar até o processo do Cade. Eles vão operar até lá? Vejo problema nisso, mas faz parte do jogo.

Mas a Azul pode participar do leilão...

Gol e Latam dividiram (os slots da Avianca) para que não tenhamos como montar uma malha aérea. Teríamos um voo às 9h e o próximo às 11h. Não seríamos competitivos.

Quão limitador é para o crescimento da Azul a pouca participação em Congonhas?

Nosso crescimento nunca dependeu de Congonhas. Temos 13 slots lá, a Avianca tem 21. Gol e Latam têm mais de 130 cada. Vai ser interessante ver o Cade porque haverá concentração forte. Ficaríamos com 34 slots. A marca Azul dá medo.

As empresas não podem querer aumentar a participação nos principais aeroportos?

A Avianca voa hoje em Brasília, mas o novo plano não fala de Brasília. A única coisa que estão preocupados é com Congonhas. É um jogo sobre Congonhas. Olharam o que queríamos e tentaram quebrar em sete para evitar que pegássemos.

Vocês vão entrar na Justiça?

Vamos lutar para entrar em Congonhas. Não acho que o plano seja viável. Estão empurrando com a barriga até que quebre. Tenho muitas dúvidas de como vai sobreviver.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

governo diante da crise

Bolsonaro atrasa promessas contra covid-19

Foram 17 compromissos sobre medidas de combate à pandemia entre 17 de março e 21 de abril. Dessas, 41% não foram cumpridas integralmente

crise em debate

Na China, preço do minério de ferro dispara 24%

Negociadores temem que a situação da pandemia por aqui provoque interrupções na cadeia de fornecimento do material

em meio à pandemia

Em Brasília, Bolsonaro vai a manifestação contra STF; São Paulo tem ato pró-democracia

Supremo tem sido alvo de ataques por parte do presidente após a Corte autorizar o cumprimento de mandados de busca e apreensão de aliados

conflito entre poderes

Ministro do STF compara Brasil à Alemanha de Hitler e diz que bolsonaristas querem ditadura

Em mensagem a ministros da corte, Celso de Melo diz que “é preciso resistir à destruição da ordem democrática”, segundo informações obtidas pela Folha de S. Paulo

histórico

SpaceX, de Elon Musk, chega à Estação Espacial; veja vídeo

Empresa finalizou primeira parte da missão espacial com astronautas da Nasa; operação deve abrir caminho para futuras viagens, inclusive turísticas

caos no país

EUA têm quinta noite seguida de protestos; ao menos 20 cidades declaram toque de recolher

Manifestações insurgiram após a morte de um homem negro de 46 anos, asfixiado por um policial branco no último dia 25; total de prisões é de 1,7 mil

DE OLHO NO LONGO PRAZO

Ouro ou imóveis: qual o melhor investimento para defender seu patrimônio?

Na hora da crise, os dois investimentos são considerados capazes de salvar seu dinheiro do derretimento dos mercados no longo prazo.

crise de saúde

Brasil tem 28.834 mortes por covid-19

Foram incluídas nas estatísticas 33.274 novas pessoas infectadas com o novo coronavírus, somando 498.440 casos confirmados

conflito entre poderes

‘Tudo aponta para uma crise’, diz Bolsonaro sobre decisões do STF e e TSE

Decisões recentes de Cortes miram a família, aliados e a sua campanha presidencial em 2018

dados da anp

403 estão contaminados pelo coronavírus em unidades de produção de petróleo

ANP reiterou o registro de uma morte de funcionário de uma embarcação de apoio à produção que desembarcou no dia 24 de abril

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements