Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-03-29T15:33:37-03:00
Estadão Conteúdo
Aviação

Azul e Avianca levarão até um ano para se unir

Para a conclusão do negócio, as empresas ainda precisam superar várias etapas, incluindo a aprovação dos credores da Avianca e das autoridades reguladoras brasileiras

15 de março de 2019
9:14 - atualizado às 15:33
Avianca – Azul
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock / Estadão Conteúdo

A potencial integração entre a Azul e parte das operações da Avianca Brasil, em recuperação judicial, que a empresa de David Neeleman pretende adquirir, deve demorar entre seis meses e um ano após a aprovação do negócio. A estimativa é de John Peter Rodgerson, presidente da Azul. "Gostaria de seis meses para fazer uma 'família Azul', mas a expectativa é de até 12 meses", disse.

Para o negócio ser concluído, as empresas ainda precisam superar várias etapas, incluindo a aprovação dos credores da Avianca e das autoridades reguladoras brasileiras, que é estimado em três meses. Rodgerson minimizou a preocupação de especialistas quanto ao aval a ser dado para o modelo de operação. "O que estamos fazendo é o que outros fizeram, o que a Gol fez com a Varig", afirmou. "Não estou comprando slot (autorização de pousos e decolagens), mas uma empresa que está operando slot."

Ele também confirmou que Azul está disposta a antecipar até US$ 40 milhões para ajudar a Avianca. Ele admitiu que "um pouquinho" de recursos já foi repassado, por intermédio do juiz da recuperação judicial, mas não revelou o total.

Executivos da Azul salientam que a adaptação completa da frota deve levar mais tempo. A companhia estima investimento de US$ 130 milhões na reconfiguração e pintura dos aviões e treinamento de equipes.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Ventos contrários

Renova Energia não consegue “proteção” contra minoritários da própria empresa

Empresa perdeu ação no TJ-SP que tentata impedir os acionistas de produzirem provas contra a empresa, relativas à investigação sobre desvio de recursos

Preocupação

Vidas secas? Bolsonaro admite que Brasil vive “enorme crise hidrológica”

Presidente citou a falta de chuvas como um dos grandes problemas econômicos do país, juntamente com os efeitos causados pela pandemia

MESA QUADRADA

“Não me arrependo de nada. Só não posso dar conselhos financeiros para ninguém”, diz Bob Wolfenson, o fotógrafo das celebridades entrevistado no 7º episódio do Mesa Quadrada

Em em conversa para o podcast Mesa Quadrada, Dan Stulbach, Teco Medina e Caio Mesquita, conversam sobre dinheiro e carreira com Bob Wolfenson, ícone da fotografia brasileira

Situação preocupante

Cuidado com as luzes acesas! Aneel mantém taxa adicional mais alta na contas de agosto

Tarifa cobrada na bandeira vermelha nível 2 é de R$ 9,49 por 100 quilowatts-hora (kWh), e agência continua avaliando se vai elevar o valor

O melhor do Seu Dinheiro

Os melhores investimentos do mês e as notícias que foram destaque na semana

lém do ranking, tivemos o Ibovespa em queda de 2,60, e uma entrevista exclusiva com o CEO da Ânima Educação, que busca um “modelo Magalu”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies