Menu
2019-12-19T17:25:25-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Martelo batido

Leilão da Aneel irá gerar R$ 4,2 bilhões em investimentos em linhas de transmissão de energia

A Aneel concedeu à iniciativa privada os direitos de operação e exploração de 2.470 quilômetros de linhas de transmissão, por um período de 30 anos. Entre os vencedores, estão Cteep e Neoenergia

19 de dezembro de 2019
17:25
Leilão de linhas de transmissão da Aneel
Imagem: Divulgação B3

Todos os lotes oferecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no leilão de linhas de transmissão desta quinta-feira (19) — o último certame do tipo em 2019 — foram arrematados, resultado que garante investimentos de cerca de R$ 4,18 bilhões ao setor elétrico do país.

  • Oportunidade: Contrate o Ivan Sant’Anna como seu mentor de investimentos. Saiba mais aqui.

Ao todo, foram concedidos à iniciativa privada 2.470 quilômetros de novas linhas de transmissão, cruzando 12 Estados. Os vencedores irão administrar os ativos por 30 anos, ficando responsáveis pela construção, operação e manutenção da infraestrutura nesse período.

As instalações de transmissão leiloadas nesta quinta-feira deverão entrar em operação comercial num prazo de três a cinco anos, a partir da assinatura dos contratos de concessão. O deságio médio do certame, realizado nesta manhã, na B3, foi de 60,3%.

"O leilão foi um sucesso. Em 2019, foram R$ 18 bilhões de investimentos previstos para os próximos 5 anos, não apenas decorrente dos leilões de energia, mas também esse de transmissão. Isso vai proporcionar ao consumidor, num período de 30 anos, uma economia de R$ 10 bilhões",
disse o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Confira abaixo a lista das empresas que arremataram cada ativo, bem como os lances vencedores:

  • Lote 1 (Rio Grande do Sul): Cteep, R$ 37,75 milhões;
  • Lote 2 (Bahia): Montago Construtora, R$ 5,38 milhões;
  • Lote 3 (Rio de Janeiro e Minas Gerais):
    Zopone Engenharia e Comércio, R$ 30,21 milhões;
  • Lote 4 (Alagoas): Consórcio Nordeste, R$ 2,88 milhões;
  • Lote 5 (Pará e Mato Grosso): Consórcio VSF Transmissoras do Brasil, R$ 38 milhões;
  • Lote 6 (São Paulo): Cteep, R$ 5,32 milhões;
  • Lote 7 (Minas Gerais): Cteep, R$ 32,89 milhões;
  • Lote 8 (Ceará): Engepar, R$ 7,95 milhões;
  • Lote 9 (Bahia): Neoenergia, R$ 18 milhões;
  • Lote 10 (Bahia): Barolo Participações, R$ 37,06 milhões;
  • Lote 11 (Acre): Consórcio Norte, R$ 58,1 milhões;
  • Lote 12 (Bahia): Consórcio VSF Transmissoras do Brasil, R$ 12,2 milhões.

Reação do mercado

Da lista de vencedoras do leilão, apenas Cteep e Neoenergia possuem ativos listados em bolsa. Os papéis das duas empresas, contudo, apresentam reações modestas ao desfecho do certame.

As ações ON da Cteep (TRPL3) operam em alta de 1,92%, mas as PNs (TRPL4) — bem mais líquidas — caem 0,40%. Já Neoenergia ON (NEOE3) recua 1,37%.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

decisão de hoje

Sob intensa pressão, BC deve manter Selic em 2%, mas com comunicado mais duro

Autoridade monetária comunica nesta quarta nova decisão sobre juros; diante de incerteza com contas públicas e avanço da inflação, mercado aponta chance de BC endurecer o discurso

de olho nas prévias

Carrefour Brasil tem alta 72,5% no e-commerce durante terceiro trimestre

No e-commerce alimentar a alta foi de 202,4%, incluindo o serviço de entrega rápidas. As vendas de não alimentares também continuaram crescendo, com alta de 69,1%

negócio fechado

Petrobras assina compromisso de compra da plataforma P-71 por US$ 353 milhões

Petrolífera fala que, por conta da nova alocação da P-71, a licitação de afretamento da plataforma que atenderia ao projeto de Itapu será cancelada

retomada

Financiamentos imobiliários somam recorde histórico de R$ 12,9 bilhões

Volume financiado é recorde, em termos nominais, na série histórica iniciada em julho de 1994, segundo a Abecip

cardápio de balanços

Cielo, Localiza, Smiles e Telefônica: os balanços que mexem com o mercado nesta quarta

Empresas estão entre as que mais recentemente divulgaram os números do terceiro trimestre, período com resultados ainda marcados pela pandemia

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies