IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-04-05T10:23:05-03:00
Estadão Conteúdo
Empréstimo

Aneel aprova repasse de R$ 400 mi em empréstimos subsidiados para a Ceal

A empresa foi leiloada pelo governo no dia 28 de dezembro e a disputa foi vencida pela Equatorial; em 2016, Eletrobras decidiu não renovar as concessões de seis distribuidoras

12 de fevereiro de 2019
13:01 - atualizado às 10:23

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira, 12, um repasse de R$ 400 milhões para a Ceal, distribuidora que atua no Alagoas. O montante será transferido a título de empréstimo subsidiado. O dinheiro virá do fundo setorial Reserva Global de Reversão (RGR), que é abastecido com recursos recolhidos na conta de luz dos consumidores de todo o País.

A empresa foi leiloada pelo governo no dia 28 de dezembro e a disputa foi vencida pela Equatorial. Antes disso, em julho de 2016, a Eletrobras decidiu não renovar as concessões de seis distribuidoras e deixou de aportar recursos próprios nas empresas. Desde então, a Ceal foi sustentada por recursos das tarifas de seus clientes locais e por empréstimos subsidiados desse fundo setorial, até ser privatizada.

Envolvida numa disputa judicial entre União e o Estado de Alagoas, a Ceal foi a última das empresas a serem leiloadas e, por isso, faltaram recursos do fundo para financiar a distribuidora. Por isso, uma portaria publicada pelo governo no fim do ano passado autorizou o repasse de até R$ 400 milhões para a empresa, retroativos ao período entre julho de 2017 e 31 de dezembro de 2018.

Segundo cálculos da Aneel, até setembro de 2018, a empresa teria direito a receber R$ 430 milhões. Com o limite da portaria, somente R$ 400 milhões serão repassados. Os outros R$ 30 milhões, além dos valores referentes a setembro e dezembro, não serão pagos.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Governo eleito

Alckmin avisa que anúncio de novo ministro da Fazenda está próximo

26 de novembro de 2022 - 16:11

Em evento com empresários, vice-presidente eleito prometeu ajuste fiscal permanente e conjunto de reformas

Troca ou devolução

Comprou na Black Friday e se arrependeu? Veja quais são seus direitos

26 de novembro de 2022 - 11:59

O excesso de compras para aproveitar as oportunidades da Black Friday podem se transformar numa ‘ressaca’ no cartão de crédito

Recomendação de compra

Cielo (CIEL3) já dobrou de preço, mas ainda pode subir mais de 50% na bolsa, diz Santander. Confira detalhes

26 de novembro de 2022 - 9:48

Analistas do banco veem a Cielo (CIEL3) com vantagem competitiva em relação a adquirentes como Stone e PagSeguro

ANOTE NO CALENDÁRIO

Agenda econômica: PIB do 3º trimestre no Brasil e payroll nos EUA são destaques de semana cheia

26 de novembro de 2022 - 8:11

A agenda econômica estará carregada nesta semana, com dados importantes de atividade e inflação a serem divulgados no mundo

Aperte o play!

Só acaba quando termina: Lula talvez não consiga gastar tanto assim; como isso mexe com seus investimentos?

26 de novembro de 2022 - 8:00

No podcast Touros e Ursos desta semana, PEC da Transição, Haddad na Fazenda, Petrobras e, é claro, futebol

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies