Menu
Victória Mantoan
Clube do livro
Victória Mantoan
É jornalista e especialista em conteúdo da Empiricus
Dados da Bolsa por TradingView
2018-10-27T06:34:00-03:00
O QUE LER SOBRE ECONOMIA

Um homem de princípios para sua biblioteca

Ray Dalio já está escrevendo o prometido livro com seus princípios para economia e investimentos

27 de outubro de 2018
5:53 - atualizado às 6:34
Ray Dalio
Perfil de Ray Dalio no site da Forbes - Imagem: Shutterstock

Aos apressados, um resumo bem amigo:

 

  • Ray Dalio já está escrevendo o prometido livro com seus princípios para economia e investimentos (ele mesmo deu a notícia em seu Twitter).
  • A Intrínseca deve publicar o título no Brasil, os direitos já estão adquiridos, embora ainda não haja previsão (dado que o texto sequer está pronto).
  • O gestor acaba de lançar um livro novo lá fora, na ocasião do aniversário de 10 anos da crise de 2008. Recomendo a leitura.

Preciso ser sincera, poucas pessoas conseguem ser as duas coisas: ter uma visão estratégica e eficiente sobre investimentos e habilidade com a palavra escrita. Apenas isso já seria motivo suficiente para trazer Ray Dalio a esta coluna.

Mas ele consegue ir além e ter consciência dos diversos aspectos de sua trajetória que o levaram a construir com sucesso a Bridgewater – que cuida de nada menos que U$ 160 bilhões.

Sim, todo esse dinheiro sob responsabilidade da gestora de Dalio.

Os princípios que norteiam sua vida e trabalho foram reunidos no livro chamado… bem, chamado "Princípios". Alguns podem parecer óbvios, mas um dos méritos de sua obra é conseguir fazer a conexão clara entre princípios bastante simples e o que tornou sua vida e trabalho bem-sucedidos (também no sentido mais simples no termo).

Você encontra lembretes como “Se eu consigo conciliar minhas emoções com a minha lógica e apenas agir quando elas estão alinhadas, eu tomo decisões melhores" ou “Ter a mente aberta é muito mais importante do que ser esperto ou inteligente”.

Os princípios elencados por ele colocam no papel preceitos práticos que podem ajudar a nortear diversos objetivos, inclusive seus investimentos. São verdadeiras lições que servem tanto a uma pessoa que acaba de assumir um cargo novo de gestão quanto a alguém que deseja abrir sua própria empresa ou ainda não descobriu a melhor forma de tomar decisões sobre seu dinheiro no dia a dia.

Ray Dalio talvez não ficasse muito feliz de ler isto. O gestor já prometeu um livro apenas sobre seus princípios para economia e investimentos e me consta que todos os envolvidos no projeto gostariam que essa diferenciação de foco ficasse sempre clara.

Se eu pudesse, diria ao autor para ficar bastante tranquilo, porque não vamos deixar de ler o que ele próprio disse que seria seu "final work". A notícia boa é que a obra já está sendo escrita, como o próprio Ray Dalio contou na sua conta pessoal no Twitter, e já há promessa de publicação no Brasil: os direitos foram adquiridos para ser publicado pela Intrínseca em terras tupiniquins, como foi feito com o primeiro.

O que ele já escreveu

Mas aos que já conhecem o trabalho de Dalio e estavam tristes com a espera, dá para ler novas obras dele enquanto isso.

Para quem ainda lembra do anúncio da quebra Lehman Brothers no fim de 2008, ele acaba de lançar o “Principles for Navigating Big Debt Crises”, que ajuda a esclarecer muitos aspectos da grave crise financeira que acaba de completar uma década sem que tenhamos deixado de falar sobre ela ainda.

Não há notícias de que a Intrínseca tenha adquirido os direitos de publicação do título no Brasil também, mas, para os que leem bem em inglês, vale uma busca na Amazon.

A verdade é que, quando você está na missão prioritária de aprendizado, por vezes se vê obrigado a enfrentar obras bastante desafiadoras do ponto de vista de manter-se atento à leitura (alguns mais corajosos chamariam essas obras de chatas). Meu lado historiador defende que, de vez em quando, esse pode ser um exercício saudável.

Mas não é o caso aqui. Ainda bem para a popularização de temas tão importantes como economia e finanças, que é o dinheiro nosso de cada dia.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Balanço do mês

Bitcoin, ouro e dólar se recuperam em julho, enquanto bolsa é um dos piores investimentos do mês

Fundos imobiliários também se saíram bem, depois que tributação dos seus rendimentos foi retirada da reforma do imposto de renda

próximos anos

Eletrobras aprova em conselho plano de negócios com desinvestimentos de R$ 41 milhões

Entre as medidas previstas está a avaliação de oportunidades para efetuar a gestão dos passivos provenientes de dívidas do Sistema Eletrobras

temporada de resultados

Lucro da Alpargatas, dona da marca Havaianas, cresce 228,7%, R$ 111 milhões

Receita líquida da companhia saltou 71,4% sobre igual intervalo de 2020, para R$ 1,095 bilhão, ao mesmo tempo em que os volumes registraram crescimento de 57%

seu dinheiro na sua noite

As corridas da bolsa e do dólar — e a frustração dos investidores na linha de chegada de julho

Nove em cada dez operadores do mercado financeiro juram, de pés juntos, que o último pregão do mês costuma ser positivo. Ora essas, é a data limite para o fechamento das lâminas de desempenho mensal dos fundos e das carteiras de investimento — e é claro que todo mundo quer estampar o melhor resultado possível. […]

decisão temporária

CVM suspende oferta de recebíveis que financiaria cooperativas do MST

Decisão da autarquia vale por 30 dias; CVM diz que a oferta não apresenta informações consideradas essenciais para os investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies