⚽️ Alemanha tenta evitar a maldição do 7 x 1; veja os jogos de hoje na Copa do Mundo

Ivan Sant’Anna
Seu Mentor de Investimentos
Ivan Sant’Anna
É trader no mercado financeiro e autor da Inversa
Cotações por TradingView
2018-10-03T14:33:25-03:00
VIRADA

Filhos de Marx com Coca-Cola

Datafolha confirmou as boas novas que o Ibope reservara na véspera para os seguidores de Jair Bolsonaro.

3 de outubro de 2018
11:52 - atualizado às 14:33
Coca-Cola
Imagem: Shutterstock

Em pesquisa de intenção de votos divulgada ontem à noite, o Datafolha confirmou as boas novas que o Ibope reservara na véspera para os seguidores de Jair Bolsonaro. Não só confirmou como melhorou um pouco a posição do deputado.

Nas estimativas para o primeiro turno, Bolsonaro ganhou mais um ponto. Um pontinho só, mas ganhou. Agora, vence Haddad por 32 a 21, contra os 31 a 21 do Ibope.

Uma coisa ficou clara: a candidatura Geraldo Alckmin jamais decolou de verdade. Nitidamente os marqueteiros do ex-governador de São Paulo tomaram a decisão errada: optaram por bater em Bolsonaro, que estava muito mais à frente, ao invés de concentrar suas baterias em Fernando Haddad (Lula, vale dizer), cujos números eram mais próximos.

Alckmin pagou enorme vexame ao se juntar com o Centrão em busca de tempo na TV e dinheiro do fundo eleitoral. A aliança não lhe serviu de nada.

Outra ótima notícia para Jair Bolsonaro foi ver a rejeição de seu (único) adversário ir subindo: 21, 22, 26, 29, 32, 41. A diferença entre os dois é agora de apenas 4 pontos: 45 a 41, ainda em desfavor de Bolsonaro. Só que essa distância, seis pesquisas atrás, era de 18 pontos.

A explicação para isso é simples: à medida que Fernando Haddad foi sendo identificado como Lula, assumiu também os pecados do condenado de Curitiba. Pecados esses que não são poucos, com enorme destaque para o Mensalão e o Petrolão.

Como se isso não bastasse, veio a público parte da delação premiada de Antonio Palocci, mostrando que a eleição e a reeleição de Dilma Rousseff custaram três vezes mais do que o valor declarado à Justiça Eleitoral.

Quando se pergunta a um eleitor menos esclarecido qual é o nome do candidato de Lula, rola de tudo: Adraike, Radarke, Alade e por aí vai.

Pois bem, Adraike, Radarke ou Alade… Tanto faz, acabaram assumindo os votos e a rejeição de Lula.

Virada no 2º turno

De acordo com o Datafolha, no segundo turno Bolsonaro já vence Haddad por 44 a 42. Assim como vence os demais candidatos, com exceção de Ciro Gomes, que simplesmente não vai estar lá. Antes, o capitão perdia de todos. Lembra?

Um dos erros da campanha de Fernando Haddad foi pôr na linha de frente dos manifestos e protestos do último fim de semana os “artistas intelectuais”. Refiro-me a gente como Chico Buarque, Fernando Morais, Letícia Sabatella, Marieta Severo, Preta Gil, etc.

Não são essas pessoas que elegeram e reelegeram Lula e Dilma. Eles se mantiveram no poder graças aos programas sociais Fome Zero, Minha Casa Minha Vida, PAC e, principalmente, Bolsa Família. A gatunagem não estava no script.

Na definição imortal de Roberto Campos: “é divertidíssima a esquizofrenia de nossos artistas e intelectuais de esquerda: admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe – bons cachês em moeda forte, ausência de censura e consumismo burguês. São filhos de Marx numa transa adúltera com a Coca-Cola”.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

DE OLHO NAS REDES

E agora, Nubank? Após polêmicas e revolta por queda forte na bolsa, CEO abre mão de bolada e analista comenta: “admitiram que a ação não deve decolar”

1 de dezembro de 2022 - 14:59

Descubra por que a desistência de David Vélez pode significar uma “admissão pública” de que as ações não vão decolar, de acordo com esta analista

INOVAÇÃO TECNOLÓGICA

Elon Musk quer colocar um chip no seu cérebro em seis meses; entenda os projetos da Neuralink

1 de dezembro de 2022 - 14:06

A companhia de Musk quer desenvolver um dispositivo cerebral que poderia ajudar pacientes com deficiência a se mover e se comunicar novamente, além de restaurar a visão

HORIZONTE NUBLADO

O que será do PIB? Conheça os vilões que farão a economia brasileira desacelerar ainda mais daqui pra frente

1 de dezembro de 2022 - 14:03

No terceiro trimestre, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 0,4% — uma desaceleração se comparada à expansão de 1,2% dos três meses anteriores

PRINCIPAL ÍNDICE DE FIIs DA B3

Estes cinco fundos imobiliários podem estar prestes a ‘rodar’: descubra quais FIIs devem ser eliminados do IFIX e quem entra no lugar

1 de dezembro de 2022 - 13:49

A maior parte dos novos nomes é de papel, mas também há FIIs de logística, lajes corporativas e um representante da classe híbrida

PROVENTOS FARTOS

Quem investiu neste fundo imobiliário garantiu mais de 1% ao mês com dividendos isentos de IR pela nona vez consecutiva neste ano; descubra qual é o FII

1 de dezembro de 2022 - 12:30

O provento de dezembro, que cairá na conta dos investidores na próxima semana, equivale a um dividend yield de 1,23% ao mês

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies