Menu
2019-04-04T14:44:08-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Secretaria Geral de Desestatização

Equipe de Bolsonaro define Salim Mattar como o homem das privatizações

Nova secretaria foi criada para alavancar as privatizações e fará parte do Ministério da Economia

23 de novembro de 2018
15:32 - atualizado às 14:44
Salim Mattar
Mattar ficará responsável por projetos polêmicos como a privatização da Eletrobras - Imagem: Washington Alves/Light Press/Estadão Conteúdo

Paulo Guedes decidiu deixar para o fim da semana a notícia de que o empresário Salim Mattar aceitou o seu convite para assumir a Secretaria Geral de Desestatização e Desimobilização do novo governo. Criada para alavancar as privatizações, a nova secretaria integrará estrutura do Ministério da Economia e será uma das mais importantes do novo governo.

Mattar ficará responsável por projetos polêmicos e que vão mexer diretamente com o bolso dos que investem em ações, como o da venda da Eletrobras. Ele é fundador e presidente do Conselho da Localiza, uma das maiores locadoras de veículos do mundo, e também é membro do Instituto Millenium, fundado por Guedes para promover o liberalismo econômico.

De acordo com a equipe econômica, a nova Secretaria vai ser responsável pelos desinvestimentos, desmobilização e busca de maior eficiência na gestão dos ativos da União.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

pandemia

Covid-19: número de mortes sobe para 361,8 mil no Brasil

Nas últimas 24 horas, foram registradas mais 3.459 mortes no país

seu dinheiro na sua noite

Petróleo, minério e tudo que há de bom

Entre o fantasma do Orçamento com pedaladas, a besta da PEC “fura-teto”, o gigante da CPI da Covid e o monstro da pandemia, o Ibovespa conseguiu hoje engatar a terceira alta seguida e fechar acima dos simbólicos 120 mil pontos, marca que o índice não via desde fevereiro. Mas como pode? Bem, mais uma vez […]

hoje não

Hering rejeita proposta da Arezzo para potencial fusão

Segundo a Cia. Hering, a proposta “não atende ao melhor interesse dos acionistas e da própria companhia”

Polêmica na privatização

CVM vai investigar CEEE por suposta omissão na divulgação de informações

A autarquia começará a apuração de uma denúncia de omissão de fatos relevantes sobre a privatização da estatal gaúcha

FECHAMENTO

Commodities em alta levam o Ibovespa acima dos 120 mil pontos pela primeira vez desde fevereiro; dólar recua

O clima incerto em Brasília segue assombrando os investidores, mas ainda assim a bolsa brasileira consegue fôlego com as commodities para se manter no azul

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies