Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-12T12:34:01-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Casamento inusitado

Itaú faz aporte de R$ 600 milhões e vira sócio de subsidiária da Energisa

Maior banco privado do país passa a deter 12,3% do capital de empresa que controla as distribuidoras do Grupo Rede e da Energisa Mato Grosso

28 de dezembro de 2018
12:03 - atualizado às 12:34
Caminhões da Energisa, subsidiária
Energisa: subsidiária terá Itaú como sócio - Imagem: Divulgação/Energisa

Um casamento inusitado foi sacramentado no último dia de funcionamento dos mercados. Com um aporte de R$ 600 milhões, o Itaú Unibanco vai virar sócio de uma subsidiária da distribuidora de energia elétrica Energisa.

Com o negócio, o maior banco privado do país passa a deter 12,3% do capital da Energisa Participações. A participação será apenas em ações preferenciais (PN, sem direito a voto). Os outros 87,7% do capital da subsidiária permanecerão com a holding Energisa.

A empresa da qual o Itaú virou sócio detém o controle das distribuidoras do Grupo Rede e da Energisa Mato Grosso. O acordo prevê ainda que a holding de energia terá a opção de recomprar a participação vendida para o banco.

Conversão de dívida?

O comunicado da Energisa não deixa claro, mas tudo indica que o aporte do Itaú foi feito a partir de uma conversão de dívida.

"Os investimentos realizados no contexto da operação contribuirão para a preservação da liquidez financeira do Grupo Energisa e para a sua desalavancagem geral", diz a empresa, no documento encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Em setembro, a dívida líquida consolidada da empresa era de R$ 8,656 bilhões, o equivalente a 2,9 vezes a geração de caixa medida pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização).

O fato de se tratar de uma conversão de dívida, e não um aporte com dinheiro novo, também explicaria o fato de o negócio não ter sido realizado pela Itaúsa, que é a holding de investimentos do Itaú.

Eu procurei o banco e a empresa de energia, mas ambos me informaram, via assessorias de imprensa, que não comentariam o assunto.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Privatização dos correios

Câmara dá início à sessão que discute privatização dos Correios; acompanhe

A venda da estatal está prevista no Projeto de Lei 591/21, do Poder Executivo; a proposta permite a transformação dos Correios em empresa de economia mista

Alta (segura) dos papéis

Parceria com o Grupo Caoa faz ações da seguradora Wiz (WIZS3) subirem mais de 5%; confira detalhes do acordo

A empresa celebrou uma parceria comercial contratual com prazo de vigência de 12 meses com a Caoa Corretora de Seguros, por meio de sua controlada Wiz Conseg

Primeiro dia

Ação da Raízen (RAIZ4) estreia na bolsa em alta de mais de 1%

Pouco depois da abertura, porém, papel retornou para a faixa de preço do IPO; maior abertura de capital do ano na B3 movimentou R$ 6,9 bilhões

Depois dos resultados, a bonança

Opções de Petrobras disparam até 540% em 1 dia com lucro e dividendo bilionários

O lucro acima do esperado pelo mercado no segundo trimestre deste ano e a antecipação de R$ 31,6 bilhões em dividendos animaram a bolsa

Deixa para outra hora!

Mudança de planos: instabilidade no mercado faz Athena desistir de IPO bilionário; saiba os detalhes

Em maio, a companhia de saúde já havia pedido a suspensão do IPO por 60 dias, por conta da volatilidade alta do mercado. Na última quarta-feira, 04, oficializou a desistência do pedido de registro de oferta pública

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies