Menu
2018-12-05T14:09:54-02:00
Estadão Conteúdo
Na mira do xerife

Itaú diz que operações investigadas pela CVM não têm irregularidades

Comissão investiga desde junho operações com derivativos de câmbio do banco

4 de dezembro de 2018
17:06 - atualizado às 14:09
Logo do banco Itaú
Processo do Itaú foi instaurado em 14 de junho - Imagem: Shutterstock

Em nota divulgada nesta terça-feira, 4, o Itaú Unibanco declarou que as operações com derivativos de câmbio investigadas pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) não têm qualquer irregularidade e foram efetuadas de forma transparente, em mercado regulado, seguindo absolutamente todos os parâmetros, regras e procedimentos usuais de mercado. De acordo com a instituição, tais pontos estão sendo evidenciados no processo administrativo da autarquia e, "até o momento o banco não foi comunicado de nenhuma apuração do caso pelo Ministério Público ou Receita Federal".

O Itaú Unibanco, o Banco Itaucard, e dois executivos do grupo estão tentando um acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para encerrar uma investigação de manipulação de preço. O processo foi instaurado em junho deste ano e desde setembro está na Procuradoria Federal Especializada (PFE) da autarquia, que analisa a legalidade de se firmar um Termo de Compromisso (acordo para encerrar o processo sancionador) com os quatro acusados.

Em julho, o Santander acordou com a CVM o pagamento de R$ 3,3 milhões para encerrar um processo semelhante. O banco foi acusado de realizar negócios com contratos de dólar futuro que resultaram na transferência de R$ 6,6 milhões para o Banco Santander Central Hispano (Santander Madri), em 2015.

Esse tipo de caso costuma ser comunicado ao Ministério Público quando há indício de crime, como evasão fiscal ou lavagem de dinheiro.

O processo do Itaú foi instaurado em 14 de junho e os acusados tiveram até 20 de julho para se defenderem. O tempo de tramitação é bem menor que a média dos processos sancionadores do regulador do mercado de capitais. Com as informações disponíveis no site da CVM, porém, não é possível saber os detalhes da operação.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

chefe do bc

Houve aumento da volatilidade e na proporção de minicontratos de dólar, diz Campos Neto

O chefe do Banco Central, no entanto, disse que “não é necessariamente uma relação de causa”

papéis com desconto

Raia Drogasil sobe forte com plano de expansão; veja o que dizem analistas

Papéis da rede de farmácias (RADL3) subiam 6,70%, a R$ 23,40, no início da tarde desta quarta; empresa anunciou plano de expansão e modernização das lojas

Dois meses de adiamento

Congresso cancela análise de vetos de Bolsonaro

Cancelamento prorroga a análise dos vetos às propostas de desoneração da folha salarial para 2021 e do novo marco legal do saneamento básico, entre outros itens polêmicos

Alinhamento político

Guedes dá um tempo na agenda liberal e defende Renda Cidadã

Percepção de que Guedes cedeu à agenda populista para sobreviver e se manter no cargo, até mesmo em eventual segundo mandato, não é apenas de políticos, mas também do mercado financeiro

Dia de estreia

Boa Vista estreia na bolsa com o pé direito e ações sobem mais de 13%

O birô de crédito concluiu a sua oferta precificando as ações no centro da faixa indicativa que ia de R$ 10,80 a R$ 13,60, a R$ 12,20.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements