Menu
2019-04-04T14:25:49-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Expectativa de resultados positivos

Gigantes da siderurgia, CSN e Gerdau divulgam balanços nesta 4ª; veja o que esperar desses e de outros 3 resultados

Gerdau deve chamar a atenção com lucro forte e geração de caixa recorde para a última década

7 de novembro de 2018
6:02 - atualizado às 14:25

A quarta-feira, 7, deve ter o setor siderúrgico como protagonista nas negociações da bolsa. Duas grandes companhias (CSN e Gerdau) divulgam seus balanços do 3º trimestre e devem mostrar números positivos, com destaque para o forte desempenho da primeira.

A Gerdau deve apresentar um lucro líquido ajustado mais de cinco vezes maior do que o observado no 3º trimestre do ano passado. Já a receita líquida, de acordo com os analistas de mercado consultados pela Bloomberg, deve superar os R$ 12 bilhões.

Um relatório divulgado pelo Itaú BBA sobre o balanço destaca que a siderúrgica pode alcance a maior geração de caixa trimestral (medida pelo Ebitda) em dez anos. As projeções da Bloomberg apontam para um Ebitda acima do R$ 1,6 bilhão.

Já o Bradesco BBI apontou o bom desempenho da divisão da América do Norte da Gerdau como um dos combustíveis para o resultado forte da empresa no trimestre. A margem Ebitda da região deve alcançar os dois dígitos.

Na CSN, menos euforia

Apesar da expectativa de alta na geração de caixa e na receita líquida, a Siderúrgica Nacional deve apresentar um lucro líquido ajustado menor do 3º trimestre de 2018. As projeções da Bloomberg apontam um lucro de R$ 146,6 milhões, ante R$ 259,1 milhões no 3º trimestre de 2017.

A geração de caixa medida pelo Ebitda deve ser um dos destaques do balanço, alcançando R$ 1,5 bilhão. O Itaú BB afirmou em seu relatório de análise que os negócios de mineração da CSN devem impulsionar esse resultado. Confira as projeções dos principais números da empresa:

Outros balanços

Estácio, Ultrapar e Cosan também divulgam seus números. A primeira, que viveu uma aceleração das ações durante as eleições, deve trazer resultados positivos, já as duas últimas devem divulgar números pouco animadores. Confira:

Estácio

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 179,800 milhões
Ebitda: R$ 258,000 milhões
Receita: R$ 861,000 milhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 149,295 milhões
Ebitda: R$ 223,600 milhões
Receita: R$ 808 milhões

Ultrapar

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 312,429 milhões
Ebitda: R$ 872,000 milhões
Receita: R$ 25,231 bilhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 555 milhões
Ebitda: R$ 1,239 bilhão
Receita: R$ 20,533 bilhões

Cosan

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 164,933 milhões
Ebitda: R$ 1,233 bilhão
Receita: R$ 14,043 bilhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 499,695 milhões
Ebitda: R$ 1,616 bilhão
Receita: R$ 12,920 bilhões

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

pacote comercial

Brasil e EUA assinam acordo para facilitar comércio e desburocratizar regulação

O Acordo de Comércio e Cooperação Econômica vinha sendo negociado pelos dois países desde 2011, mas estava em hibernação até a eleição do presidente Jair Bolsonaro

Relatório de produção

Vale: Produção de minério vai a 88,676 milhões/toneladas, alta anual de 2,3%

No relatório que divulgou nesta segunda-feira, 19, a companhia informa que está evoluindo com seu plano de estabilização e entregou uma forte produção de minério de ferro no terceiro trimestre.

Buscando eficiência

Infraestrutura anuncia início do plano de incorporação da Valec e EPL

Segundo a pasta, um dos principais objetivos da incorporação é “otimizar os gastos por meio de uma empresa mais enxuta, eficiente e sustentável”.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Segurando o teto

Hoje foi dia de descolamento entre o Ibovespa e as bolsas americanas novamente. E tudo por causa dos impasses que vêm pesando sobre as perspectivas dos investidores nos últimos tempos. Mas desta vez o jogo virou. Foi a bolsa brasileira que se saiu bem, enquanto as bolsas americanas amargaram perdas. Lá fora, o vaivém das […]

Agora vai?

Agora é oficial: CSN entra com pedido de IPO da unidade de mineração

A abertura de capital da unidade da CSN que inclui a mina Casa de Pedra é aguardada há pelo menos uma década, a ponto de ganhar status de lenda urbana no mercado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements