Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:25:49-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Expectativa de resultados positivos

Gigantes da siderurgia, CSN e Gerdau divulgam balanços nesta 4ª; veja o que esperar desses e de outros 3 resultados

Gerdau deve chamar a atenção com lucro forte e geração de caixa recorde para a última década

7 de novembro de 2018
6:02 - atualizado às 14:25

A quarta-feira, 7, deve ter o setor siderúrgico como protagonista nas negociações da bolsa. Duas grandes companhias (CSN e Gerdau) divulgam seus balanços do 3º trimestre e devem mostrar números positivos, com destaque para o forte desempenho da primeira.

A Gerdau deve apresentar um lucro líquido ajustado mais de cinco vezes maior do que o observado no 3º trimestre do ano passado. Já a receita líquida, de acordo com os analistas de mercado consultados pela Bloomberg, deve superar os R$ 12 bilhões.

Um relatório divulgado pelo Itaú BBA sobre o balanço destaca que a siderúrgica pode alcance a maior geração de caixa trimestral (medida pelo Ebitda) em dez anos. As projeções da Bloomberg apontam para um Ebitda acima do R$ 1,6 bilhão.

Já o Bradesco BBI apontou o bom desempenho da divisão da América do Norte da Gerdau como um dos combustíveis para o resultado forte da empresa no trimestre. A margem Ebitda da região deve alcançar os dois dígitos.

Na CSN, menos euforia

Apesar da expectativa de alta na geração de caixa e na receita líquida, a Siderúrgica Nacional deve apresentar um lucro líquido ajustado menor do 3º trimestre de 2018. As projeções da Bloomberg apontam um lucro de R$ 146,6 milhões, ante R$ 259,1 milhões no 3º trimestre de 2017.

A geração de caixa medida pelo Ebitda deve ser um dos destaques do balanço, alcançando R$ 1,5 bilhão. O Itaú BB afirmou em seu relatório de análise que os negócios de mineração da CSN devem impulsionar esse resultado. Confira as projeções dos principais números da empresa:

Outros balanços

Estácio, Ultrapar e Cosan também divulgam seus números. A primeira, que viveu uma aceleração das ações durante as eleições, deve trazer resultados positivos, já as duas últimas devem divulgar números pouco animadores. Confira:

Estácio

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 179,800 milhões
Ebitda: R$ 258,000 milhões
Receita: R$ 861,000 milhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 149,295 milhões
Ebitda: R$ 223,600 milhões
Receita: R$ 808 milhões

Ultrapar

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 312,429 milhões
Ebitda: R$ 872,000 milhões
Receita: R$ 25,231 bilhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 555 milhões
Ebitda: R$ 1,239 bilhão
Receita: R$ 20,533 bilhões

Cosan

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 164,933 milhões
Ebitda: R$ 1,233 bilhão
Receita: R$ 14,043 bilhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 499,695 milhões
Ebitda: R$ 1,616 bilhão
Receita: R$ 12,920 bilhões

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Privatização dos correios

Câmara dá início à sessão que discute privatização dos Correios; acompanhe

A venda da estatal está prevista no Projeto de Lei 591/21, do Poder Executivo; a proposta permite a transformação dos Correios em empresa de economia mista

Alta (segura) dos papéis

Parceria com o Grupo Caoa faz ações da seguradora Wiz (WIZS3) subirem mais de 5%; confira detalhes do acordo

A empresa celebrou uma parceria comercial contratual com prazo de vigência de 12 meses com a Caoa Corretora de Seguros, por meio de sua controlada Wiz Conseg

Primeiro dia

Ação da Raízen (RAIZ4) estreia na bolsa em alta de mais de 1%

Pouco depois da abertura, porém, papel retornou para a faixa de preço do IPO; maior abertura de capital do ano na B3 movimentou R$ 6,9 bilhões

Depois dos resultados, a bonança

Opções de Petrobras disparam até 540% em 1 dia com lucro e dividendo bilionários

O lucro acima do esperado pelo mercado no segundo trimestre deste ano e a antecipação de R$ 31,6 bilhões em dividendos animaram a bolsa

Deixa para outra hora!

Mudança de planos: instabilidade no mercado faz Athena desistir de IPO bilionário; saiba os detalhes

Em maio, a companhia de saúde já havia pedido a suspensão do IPO por 60 dias, por conta da volatilidade alta do mercado. Na última quarta-feira, 04, oficializou a desistência do pedido de registro de oferta pública

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies