Menu
2019-04-04T14:25:49-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Expectativa de resultados positivos

Gigantes da siderurgia, CSN e Gerdau divulgam balanços nesta 4ª; veja o que esperar desses e de outros 3 resultados

Gerdau deve chamar a atenção com lucro forte e geração de caixa recorde para a última década

7 de novembro de 2018
6:02 - atualizado às 14:25

A quarta-feira, 7, deve ter o setor siderúrgico como protagonista nas negociações da bolsa. Duas grandes companhias (CSN e Gerdau) divulgam seus balanços do 3º trimestre e devem mostrar números positivos, com destaque para o forte desempenho da primeira.

A Gerdau deve apresentar um lucro líquido ajustado mais de cinco vezes maior do que o observado no 3º trimestre do ano passado. Já a receita líquida, de acordo com os analistas de mercado consultados pela Bloomberg, deve superar os R$ 12 bilhões.

Um relatório divulgado pelo Itaú BBA sobre o balanço destaca que a siderúrgica pode alcance a maior geração de caixa trimestral (medida pelo Ebitda) em dez anos. As projeções da Bloomberg apontam para um Ebitda acima do R$ 1,6 bilhão.

Já o Bradesco BBI apontou o bom desempenho da divisão da América do Norte da Gerdau como um dos combustíveis para o resultado forte da empresa no trimestre. A margem Ebitda da região deve alcançar os dois dígitos.

Na CSN, menos euforia

Apesar da expectativa de alta na geração de caixa e na receita líquida, a Siderúrgica Nacional deve apresentar um lucro líquido ajustado menor do 3º trimestre de 2018. As projeções da Bloomberg apontam um lucro de R$ 146,6 milhões, ante R$ 259,1 milhões no 3º trimestre de 2017.

A geração de caixa medida pelo Ebitda deve ser um dos destaques do balanço, alcançando R$ 1,5 bilhão. O Itaú BB afirmou em seu relatório de análise que os negócios de mineração da CSN devem impulsionar esse resultado. Confira as projeções dos principais números da empresa:

Outros balanços

Estácio, Ultrapar e Cosan também divulgam seus números. A primeira, que viveu uma aceleração das ações durante as eleições, deve trazer resultados positivos, já as duas últimas devem divulgar números pouco animadores. Confira:

Estácio

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 179,800 milhões
Ebitda: R$ 258,000 milhões
Receita: R$ 861,000 milhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 149,295 milhões
Ebitda: R$ 223,600 milhões
Receita: R$ 808 milhões

Ultrapar

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 312,429 milhões
Ebitda: R$ 872,000 milhões
Receita: R$ 25,231 bilhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 555 milhões
Ebitda: R$ 1,239 bilhão
Receita: R$ 20,533 bilhões

Cosan

Projeção para o 3º trimestre/2018

Lucro Líquido ajustado: R$ 164,933 milhões
Ebitda: R$ 1,233 bilhão
Receita: R$ 14,043 bilhões

No 3º trimestre de 2017

Lucro Líquido ajustado: R$ 499,695 milhões
Ebitda: R$ 1,616 bilhão
Receita: R$ 12,920 bilhões

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NÚMEROS DA PANDEMIA

Covid-19: Brasil tem 6,16 milhões de casos acumulados e 170 mil mortes

Nas últimas 24 horas, número de novos infectados sobe 54% e mortes avançam 4%, diz Ministério da Saúde

Que bolsa é essa?

Vacina ou vírus? Ganhe nos dois cenários com este IPO na bolsa

Uma das maiores gestoras do setor imobiliário está lançando um fundo a um preço bem interessante e com potencial para pagar proventos na casa de 7% ao ano

seu dinheiro na sua noite

E essa Black Friday em ano de crise, vai dar bom?

Estamos prestes a viver uma Black Friday num ano de forte crise, em que as pessoas ficaram confinadas em casa. Definitivamente não é o melhor dos cenários para uma data tão voltada para o consumo. Por outro lado, foi na internet que a Black Friday ganhou força no Brasil, e o e-commerce deu um enorme […]

alta de 32% no ano

Parte da desvalorização maior do real se deve à dívida, diz presidente do BC

Roberto Campos Neto lembrou que o encerramento do ano é, tradicionalmente, um período de mais remessas de recursos ao exterior

fim do dia

O rali continua: Ibovespa deixa Wall Street de lado e sobe quase 20% em novembro

Ações de CVC e siderúrgicas lideram alta do índice. Dólar cai com fluxo e divulgação do dado das contas externas e juros recuam de olho em fiscal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies