A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2019-04-04T14:00:49-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Garantia de crédito

A repaginada do FGC vai mudar a forma como você encara as Letras Imobiliárias

Conselho Monetário Nacional excluiu as LI’s do grupo de investimentos garantidos pelo FGC

25 de setembro de 2018
20:32 - atualizado às 14:00

Você provavelmente vai ter que repensar suas convicções sobre as Letras Imobiliárias (LI's) depois da reunião do Conselho Monetário Nacional desta terça-feira, 25. Isso porque o CMN fez alterações no estatuto e no regulamento do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) e elas atingem em cheio a cobertura das LI's. Em resumo, esse tipo de investimento de Renda Fixa está fora do grupo de créditos garantidos pelo FGC.

Mas vou deixar um adendo antes que você, investidor que já possui LI's na carteira, entre em desespero: todos os créditos já emitidos até hoje, 25 de setembro, permanecerão com a cobertura. A regra só vale para contratos que foram firmados a partir de amanhã, 26 de setembro.

A mudança foi aprovada com o intuito de evitar confusão com outro investimento, a Letra Imobiliária Garantida (LIG), que foi regulamentada neste ano pelo Banco Central. Com as novas condições, as LI's perdem atratividade já que concorrem com produtos que podem pagam mais e ainda possuem segurança. As próprias LIG's são exemplos, já que contam com dupla garantia: do banco e de um pool de créditos imobiliários.

Tudo alinhado

Além da questão das LI's, outras mudanças no estatuto e no regulamento do FGC foram feitas pelo CMN para  alinhar o fundo com as normas internacionais.

Uma dessas mudanças atinge a seleção dos conselheiros do FGC, que agora vão ser feitas obrigatoriamente por uma empresa de recrutamento. Já a diretoria será eleita pelo Conselho de Administração, não mais pela assembleia das associadas.

Outras novidades serão a inclusão da reserva contábil nas demonstrações financeiras semestrais e anuais do FGC e a troca de informações sobre instituições financeiras entre fundo e Banco Central.

Falando em instituições financeiras, elas agora serão obrigadas a enviar para seus clientes todos os anos quais os termos de garantias do FGC que elas estão incluídas. A medida é considerada importante para o alinhamento internacional em termos de conhecimento da garantia.

*Com agências de notícias.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

BALANÇO DA HOLDING

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) recua 12,5% no segundo trimestre, mas holding anuncia JCP adicional; confira os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 19:52

A Itaúsa (ITSA4) esperou até o último dia da temporada de balanços para revelar os números do segundo trimestre. E a paciência dos investidores não foi recompensanda: a companhia lucrou R$ 3 bilhões, uma queda de 12,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) sobre o […]

BALANÇO

Resultado da Méliuz (CASH3) piora e empresa de cashback registra prejuízo líquido de R$ 28,2 milhões no segundo trimestre

15 de agosto de 2022 - 19:07

Os papéis da Méliuz amargam perdas de 87% no ano, mas entraram no mês de agosto em tom mais positivo, com ganho mensal de 7%

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Magazine Luiza (MGLU3) dá a volta por cima, XP vai às compras e futuro do ethereum; confira os destaques do dia

15 de agosto de 2022 - 18:52

Há pouco mais de dois meses, quando conversei com diversos analistas e gestores de mercado sobre as expectativas para o segundo semestre, poucos foram aqueles que apostaram nos setores de grande exposição à economia doméstica como boas alternativas para a segunda metade do ano.  Não que empresas ex-queridinhas como Magazine Luiza (MGLU3), Via (VIIA3) e […]

ACIONISTAS FELIZES

Dividendos: Itaúsa (ITSA4) pagará JCP adicional e data de corte é nesta semana; veja como receber

15 de agosto de 2022 - 18:47

Vale lembrar que, após a data de corte, as ações serão negociadas “ex-direitos” e passarão por um ajuste na cotação referente aos proventos já alocados

Resultados

Nubank (NUBR33) tem prejuízo acima do esperado no 2º tri, e inadimplência continuou a se deteriorar; veja os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 18:42

Prejuízo líquido chegou a quase US$ 30 milhões, ante uma expectativa de US$ 10 milhões; inadimplência veio dentro do esperado, segundo o banco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies