Menu
2018-10-11T15:32:21-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Eleições 2018

Haddad volta a falar de economia, e os alvos agora são os bancos e as reservas cambiais

Petista quer aprovar reformas no primeiro semestre do ano que vem e usar parte das reservas cambiais para investir em energia renovável

11 de outubro de 2018
15:28 - atualizado às 15:32
fernando-haddad
Haddad: "sem reforma tributária e bancária a economia não vai reagir" -

Fernando Haddad segue firme na divulgação de suas propostas para a economia, coisa que vem fazendo desde o início da semana, a primeira do segundo turno. O candidato do PT disse nesta quinta-feira, 11, em entrevista para rádios da Bahia, que pretende encaminhar no primeiro mês de seu eventual governo propostas para reformas tributária e bancária.

A meta de Haddad é aprovar essas medidas logo no primeiro semestre do ano que vem. Entre as propostas, estão o fim da cobrança de Imposto de Renda para quem ganha até cinco salários mínimos, cobrar impostos de milionários e reduzir juros dos bancos para incentivar o investimento empresarial.

"Sem reforma tributária e bancária a economia não vai reagir", Fernando Haddad.

O petista também disse na entrevista que fará uma proposta de taxar bancos que cobrem juros acima da média internacional. "Vamos taxar os bancos porque, se não baixar os juros, vão ter que pagar mais impostos para a população ter acesso ao crédito bancário."

Das reservas para a energia

Outra proposta econômica de Haddad será o uso de 10% das reservas cambiais para financiar um programa de geração de energia eólica e solar a custo baixo. A ideia é diversificar as fontes de energia do Brasil, direcionando investimentos para a geração com energias renováveis, como a solar, a eólica e a biomassa.

"Vamos ter o maior programa de geração de energia eólica e solar da história", Fernando Haddad.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Peac-Maquininhas

BNDES inicia novo programa de empréstimo de no máximo R$ 50 mil

Linha é para microempreendedores e pequenos negócios; Peac-Maquininhas é uma linha de crédito com recursos do Tesouro, que serão emprestados via BNDES

respostas ao mercado

CVC: 5 dúvidas do mercado sobre a empresa, após atrasos no balanço

Operadora de viagens divulgou os números do primeiro trimestre, com prejuízo de R$ 1,1 bilhão, e promoveu uma teleconferência com analistas; veja os principais pontos

novo modelo de economia

Bradesco, Itaú e Santander aderem à Brasil Clima, Florestas e Agricultura

Em comunicado conjunto, os três maiores bancos privados do País afirmaram que o principal objetivo do movimento é implementar ações para promover um novo modelo de desenvolvimento econômico

número recorde

Balança comercial tem superávit de US$ 6,164 bilhões em setembro

Apesar do recorde, tanto as exportações quanto as importações registraram quedas na média diária em comparação a setembro de 2019

APOSTAS

XP aposta em ações defensivas e BTG recomenda exposição a construção e e-commerce para outubro

Banco e corretora divulgam carteiras recomendadas após volatilidade de setembro, quando Ibovespa acumulou queda de 4,80%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements