2019-04-04T12:33:50-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Eleições 2018

A urna eletrônica e a nova polêmica de Bolsonaro

Internado em hospital de São Paulo, candidato do PSL acusou o PT de tentar promover uma fraude nas eleições. A fala gerou respostas

17 de setembro de 2018
16:54 - atualizado às 12:33
Bolsonaro disse duvidar da segurança das urnas eletrônicas e acusou o PT de armar fraude eleitoralImagem: Shutterstock

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, colecionou uma nova polêmica ao questionar a segurança das urnas eletrônicas. Em vídeo gravado no Hospital Albert Einstein em São Paulo e transmitido pelas redes sociais no domingo, 16, Bolsonaro acusou o PT de tentar promover uma "fraude" nas eleições de outubro.

Segundo o presidenciável, sem o voto impresso não é possível ter total segurança no processo eleitoral.

A fala gerou respostas de outros candidatos. Geraldo Alckmin (PSDB) saiu provocando o deputado ao dizer que o receio demonstrado por Bolsonaro é justificativa para uma derrota antecipada. "Eu disputei dez eleições. Ganhei, perdi. Não teve fraude nenhuma. Aliás, o Brasil é um exemplo no mundo de avanço tecnológico, de avanço eleitoral que tem até uma justiça eleitoral", disse Alckmin.

Já Fernando Haddad (PT) cobrou que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se manifeste em relação às declarações. "Espero que o TSE se manifeste em elação a essas acusações que estão sendo feitas porque, na verdade, quem garante a lisura do processo é o TSE", disse Haddad, durante sabatina realizada nesta segunda-feira.

STF responde a jato

Não demorou muito para que o próprio presidente do STF, Dias Toffoli, respondesse (com ironia) às acusações do candidato do PSL. “Tem gente que acredita em saci-pererê.”

Toffoli lembrou também que o próprio Bolsonaro foi eleito deputado federal diversas vezes pela urna eletrônica.

Ao perceber a repercussão negativa das declarações, o candidato a vice na chapa de Bolsonaro, general Hamilton Mourão (PRTB), afirmou que é preciso "relevar" as últimas declarações do capitão reformado de que poderia contestar o resultado das eleições se o voto não for impresso.

"Vocês têm que relevar um homem que quase morreu há uma semana, fez duas cirurgias. Vamos relevar o que ele disse", disse o general a jornalistas, após participar de um evento no Secovi-SP.

O general foi além e disse que "quem vencer, venceu", mas que teria pena do Brasil se o PT ganhasse as eleições.

* Com Estadão Conteúdo

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

PROVENTO EM DÓLAR

Aura Minerals (AURA33) anuncia dividendos e programa de recompra de BDRs — veja o que muda para os acionistas

O pagamento chegará bem a tempo para o Natal dos investidores nacionais, mas para ter direito é preciso possuir os ativos em 9 de dezembro

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa perto de perder os 100 mil pontos, Petrobras na mira de Paulo Guedes e outros destaques do dia

A dinâmica dos mercados globais nos últimos dias lembra muito os primeiros momentos de incerteza que marcaram o início da pandemia do coronavírus, no início de 2020. A covid-19 não é mais uma doença desconhecida e as vacinas já estão disponíveis no mercado, mas a desigualdade na distribuição de imunizantes e a recusa de muitos […]

FECHAMENTO DO DIA

Racha no Senado e chegada de ômicron aos Estados Unidos levam o Ibovespa a renovar as mínimas do ano (mais uma vez); dólar sobe

Embora o dia tenha começado positivo para o Ibovespa e as demais bolsas globais, a variante ômicron e a dificuldade de aprovar a PEC dos precatórios azedaram os negócios

CRYPTO NEWS

Aprenda com o bitcoin: não perca o timing com a próxima promessa cripto

O mercado de criptomoedas tem colocado alguns sorrisos nos rostos de quem vem investindo nessa classe de ativos

RECEITAS EM ALTA

Acredite se quiser! Governo pode ter primeiro superávit primário desde 2013 ainda neste ano

A notícia surpreende num momento em que um dos maiores temores do mercado financeiro é justamente o descontrole das contas públicas