Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:23:52-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Oportunidades na bolsa

Bradesco propõe distribuir aos acionistas R$ 4,6 bilhões em dividendos neste fim de ano

Pagamento será efetuado em março de 2019 e, para garantir sua participação, você deve ter ações do banco em 21 de dezembro

9 de dezembro de 2018
10:49 - atualizado às 14:23
Bradesco na tela do celular
Logo do Bradesco - Imagem: shutterstock

Notícia importante para quem tem ações do Bradesco ou que busca bons dividendos neste fim de ano. A diretoria do banco propôs na última sexta-feira, 7, o pagamento de R$ 4,6 bilhões em juros sobre capital próprio complementares aos acionistas.

A proposta foi enviada para a aprovação do Conselho e, se aprovada, vai beneficiar os investidores que tiverem ações do banco em 21 de dezembro (dia em que o Conselho vai se reunir para decidir sobre o caso). Logo de cara, essa informação já deixa um caminho aberto para a valorização desses papéis nos próximos dias, então vale dar uma atenção especial a eles.

O valor de R$ 4,6 bilhões em dividendos equivale a R$ 0,663 por ação ordinária e R$ 0,730 por ação preferencial do Bradesco, o que corresponde a um dividend yield de 1,93%. A ideia é que os acionistas recebam esses juros em 8 março de 2019 no valor líquido de R$ 0,564 por ação ordinária e R$ 0,620 por preferencial (já descontado o IR, exceto para os acionistas pessoas jurídicas que estejam dispensados da referida tributação, que receberão pelo valor declarado).

O comunicado do Bradesco também informou que o banco poderá distribuir novos juros e/ou dividendos aos acionistas, com base no resultado a ser apurado no encerramento do exercício social de 2018.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Me vê bitcoin

De olho no interesse dos clientes por bitcoin (BTC), Mastercard vai lançar plataforma que une criptomoedas com cartões de débito e crédito

Com essa integração, o cliente pode receber cashback em criptomoedas após compras no cartão de crédito, por exemplo

Exile on Wall Street

Felipe Miranda: Entre “O fim do Brasil —parte 2” e o começo da terceira via

Depois do desastre com o teto de gastos, o que podemos esperar de uma resolução que não envolva nem Lula nem Bolsonaro?

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: Suas definições de “responsabilidade fiscal” foram atualizadas

A temporada de resultados brasileira, que começou na última sexta-feira, segue hoje com EcoRodovias, EDP Brasil, Neoenergia e TIM, após o fechamento do mercado. Enquanto isso, ao longo do dia, o presidente Jair Bolsonaro deverá lançar o Programa de Crescimento Verde, indicativo positivo para a COP26 de novembro

CRIPTOMOEDAS HOJE

Bitcoin (BTC) retoma os US$ 63 mil após cair na sexta-feira e outras criptomoedas sobem até 10% hoje; confira

Destaque para a Solana (SOL), que vem apresentando resultados acima da média das dez principais moedas do mundo

UM OLHO NO GATO, OUTRO NO PEIXE

Como a encrencada Evergrande pretende se inspirar em Elon Musk para sair da draga

Depois de depositar dinheiro devido a credores externos, fundador fala em deixar em segundo plano os empreendimentos imobiliários para investir em setores considerados mais promissores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies