Menu
2019-04-04T14:15:32-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Formação do novo governo

Segundo o Broadcast/Estadão, Bolsonaro já tem um favorito para comandar o BNDES

Disputa pelo banco conta com vários nomes, mas fontes dizem que um deles é o mais bem cotado para assumir

1 de novembro de 2018
16:29 - atualizado às 14:15
BNDES
Imagem: Shutterstock

Ao que tudo indica, Dyogo Oliveira deve deixar o BNDES no fim do ano e passar a sua vaga para o economista Rubem de Freitas Novaes. Segundo informações do Broadcast/Estadão, esse é o nome mais bem avaliado pela equipe do governo de Jair Bolsonaro para assumir a presidência do banco a partir de janeiro. Apesar de a indicação para o comando ainda não estar definida, alguns nomes já ventilam nos bastidores do novo governo.

A questão em aberto vai de encontro com a fala do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes. Na terça-feira, ele disse que as discussões sobre a formação do futuro governo ainda não haviam chegado às estatais. Segundo uma fonte ouvida pelo Broadcast, a definição sobre quem irá comandar as estatais poderá se estender por todo o mês de novembro.

Opções na mesa

Apesar de já ter sido diretor do BNDES, presidente de Sebrae e trabalhar com Guedes no programa de governo de Bolsonaro, Novaes não é o único na disputa pelo BNDES.  Também estão no páreo os nomes de Carlos da Costaque (que foi diretor do BNDES até abril e também integra a equipe de Guedes), Joaquim Levy (ex-ministro da Fazenda no segundo governo Dilma Rousseff, comandou a Secretaria de Fazenda do Rio no governo Sérgio Cabral e hoje é diretor financeiro do Banco Mundial) e Eduardo Centola (sócio e copresidente do Banco Modal).

*Com Estadão Conteúdo.

 

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Perseguição ao bitcoin?

Irã fecha ‘fazendas’ de mineração de bitcoin para conter apagões no país; entenda

Governo culpa centros de processamento de criptomoedas por blackouts devido à ‘sobrecarga energética’ da rede de mineração; ao mesmo tempo, Irã usa o bitcoin para amenizar sanções bancárias dos EUA

Lei Orçamentária Anual

Ainda sem aprovação do Orçamento 2021, governo precisa controlar gastos

Manutenção do auxílio emergencial é dúvidas neste início de ano

Pé no freio

Incertezas políticas e fiscais mantêm estrangeiros cautelosos com o Brasil

Após meses de fuga do capital externo do País, os últimos meses de 2020 mostraram o começo do retorno dos investidores de portfólio, mas o ritmo ainda é insuficiente para reverter a forte saída de dólares do Brasil

Crescimento

Vale (VALE3) prevê investir US$ 2,7 bilhões na região norte até 2024

Companhia pretende ainda investir US$ 5,8 bilhões em 2021, dos quais US$ 1 bilhão serão apenas para expansão

ESTRADA DO FUTURO

Grafeno, urânio e lítio… cuidado com a obsessão de enriquecer com a próxima tecnologia do futuro

O boom de empresas de tecnologia alimenta uma esperança quase ingênua de enriquecer “horrores” descobrindo como esses materiais moldarão o nosso futuro. Vou ser totalmente transparente com você: não gosto da ideia.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies