Menu
2018-10-25T10:12:04-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
Balanço

Resultado da Ambev mostra impacto da crise na Argentina e vendas fracas no Brasil

Companhia registrou queda de 10,2% no lucro líquido ajustado para o trimestre, a R$ 2,864 bilhões; Goldman Sachs avalia resultados como “decepcionantes”

25 de outubro de 2018
6:53 - atualizado às 10:12
Fábrica da Ambev no Rio de Janeiro
Imagem: shutterstock_

A Ambev divulgou seus resultados do 3º trimestre nesta quinta-feira, 25.

Veja os números comparados ao mesmo período do ano passado e as estimativas do mercado, de acordo com a Bloomberg:

  • Lucro líquido ajustado: R$ 2,864 bilhões. A expectativa era de R$ 2,210 bilhões. Em 2017, foi de R$ 3,100 bilhões no mesmo período
  • Ebitda: recuou a R$ 4,451 milhões e ficou abaixo da expectativa do mercado, que era de R$ 5,133 bilhões. Em 2017, foi de R$ R$ 4,552 bilhões no mesmo período
  • Receita líquida: caiu a R$ 11,064 bilhões. A expectativa era de R$ 12,188 bilhões. Em 2017, foi de R$ R$ 11,362 bilhões no mesmo período

Pior que a indústria

A empresa disse que a queda na receita está relacionada com a variação cambial do período, citando pressões inflacionárias na Argentina e preços mais elevados das commodities.  Segundo a companhia, houve queda de 3,1% no volume de cerveja vendido no país, resultado pior que o desempenho médio da indústria, que teve recuo de 2,5% no período.

'Resultado decepcionante'

O Goldman Sachs avaliou como "decepcionantes" os resultados divulgados pela Ambev, apontando a Argentina como o principal ponto fraco da empresa. "A mudança na contabilidade na Argentina teve um impacto maior do que o esperado nos resultados e pode continuar sendo um problema para o restante do ano", o analista Luca Cipiccia no relatório.

Destaques

Em comunicado aos investidores, a empresa destacou que acredita na aceleração do crescimento do Ebtida no Brasil ainda em 2018: "Permanecemos otimistas quanto às perspectivas de longo prazo no país, na medida em que vemos diversas oportunidades à nossa frente e estamos bem posicionados com um forte portfólio para capitalizar sobre essas oportunidades".

Por outro lado, a fabricante de bebidas optou por reduzir a divulgação de metas para este ano, deixando de informar expectativas para investimentos ou evolução de custos do negócio como um todo no Brasil.

A companhia também disse permanecer cautelosa com os investimentos na Argentina a curto prazo, mas se diz confiante para o médio e longo prazo.

A empresa destacou o bom desempenho das vendas em volume na América Central além de afirmar que continuará comprometida melhorar seu desempenho no Canadá.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

SD PREMIUM

Segredos da Bolsa: Semana promete ser agitada com Copom, IBC-Br, Biden e mais…

A semana promete ser agitada, com importantes indicadores no radar e a “mudança de guarda” nos Estados Unidos

Temos vacina!

Por unanimidade, Anvisa aprova uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford/AstraZeneca

Primeiros profissionais de saúde já foram vacinados em pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria

Mais uma recomendação

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial da vacina de Oxford/AstraZeneca

Mais cedo, área técnica havia defendido aprovação da CoronaVac

Ainda falta...

Anvisa devolve pedido de uso emergencial da Sputnik

Laboratório russo não apresentou os requisitos mínimos para que o pedido de uso emergencial pudesse ser analisado pela agência

Quase lá

Área técnica da Anvisa recomenda uso emergencial da CoronaVac

Diretores da agência analisam pedidos de uso de vacinas. No momento, a área técnica ainda faz a apresentação. Em seguida, a relatora do tema, diretora Meiruze Freitas lerá seu voto, com os outros quatro diretores da agência votando depois

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies