Menu
2019-03-15T10:48:44+00:00
sua série favorita mais cara

Netflix aumenta preço de assinatura no Brasil

Estados Unidos sofreram reajustes de 13% a 18% no valor das assinaturas em janeiro. A empresa justificou o aumento dos valores como forma de financiar a produção de conteúdo original

15 de março de 2019
10:29 - atualizado às 10:48
Netflix
Imagem: shutterstock

O serviço de streaming de vídeo Netflix confirmou ontem ao Estado que aumentará o preço da assinatura da plataforma no Brasil. O preço terá aumento de 10% a 21%: o plano básico e individual passará de R$ 19,90 mensais para R$ 21,90.

Atualmente, a Netflix oferece três planos no Brasil: além do individual, há um no qual duas telas podem usar a mesma conta simultaneamente e outro que oferece quatro telas e resolução 4K (Ultra HD). O plano intermediário, que custava R$ 27,90, agora sairá por R$ 32,90 ao mês. Já o mais caro subiu de R$ 37,90 para R$ 45,90.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

"Mudamos nossos preços de tempos em tempos para continuar investindo no melhor do entretenimento, além de melhorar a experiência da Netflix para nossos membros no Brasil", disse a empresa, em nota.

A última vez que o preço da assinatura da Netflix havia aumentado no Brasil foi em 2017. Houve ajuste de valores também em 2013 e 2015.

Situação

Em janeiro, a empresa anunciou aumento de preços no exterior - o Brasil havia ficado de fora da lista.

Alguns países, como os EUA, sofreram reajuste de 13% a 18% no valor das assinaturas - o plano básico, que antes saía por US$ 8, passou para US$ 9 por mês no país. À época, a Netflix afirmou que o reajuste foi uma forma de financiar a produção de conteúdo original.

Hoje, a empresa tem dívidas na casa de US$ 12 bilhões e 139 milhões de assinantes em todo o mundo, segundo dados também divulgados em janeiro.

Em breve, a empresa deve ganhar rivais de peso: Apple e Disney estão prestes a revelar detalhes sobre seus serviços de streaming de vídeo, que deverão ser lançados nos próximos meses.

 

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

A Política como ela é

Coaf de volta à Economia é derrota auto imposta pelo Congresso, não é derrota do Bolsonaro

Resultado apertado em votação na Câmara dos Deputados inflama redes sociais e deve engrossar manifestações do dia 26

Será que vem mudança?

Bolsonaro quer mecanismo para reavaliar patrimônio declarado no IR

Temática do projeto seria a reavaliação de patrimônios que “normalmente são declarados com valores históricos”

Agora passou!

Senado aprova MP que abre setor aéreo a capital estrangeiro

Senadores mantiverem o conteúdo como saiu da Câmara, retomando a franquia gratuita de bagagem

Foi por pouco

Câmara aprova texto base da MP da reforma administrativa

Votação de modificações como a volta do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o Ministério da Economia será feita separadamente

E vai adiando...

Maia assina prorrogação de envio de emendas para reforma da Previdência

Prazo de envio das emendas já havia sido postergada, mas dependia de um ato oficial do presidente da Casa

Crypto News

Falsatoshi ataca novamente

Piada da vez com Craig Wright foi ele dar entrada no pedido de direitos autorais do código original do Bitcoin e de seu white paper

Seu Dinheiro na sua noite

15 anos esta noite

Um dos grandes marcos do mercado de capitais brasileiro está para completar 15 anos. Trata-se da oferta de ações da empresa de cosméticos Natura. A abertura de capital aconteceu no dia 26 de maio de 2004 na antiga Bovespa – bem antes da fusão com a BM&F e da mudança de nome para B3. Desde […]

Estatal fará follow on

Petrobras bate o martelo: irá reduzir sua fatia na BR Distribuidora para menos de 50%

A Petrobras irá diminuir sua participação na BR Distribuidora por meio de uma oferta pública secundária de ações (follow on), mas a fatia exata a ser vendida ainda não foi definida

Investimento mais que bem-vindo

Fiat Chrysler vai investir R$ 500 milhões em nova fábrica de motores em Betim (MG)

Nova linha será instalada ao lado do prédio onde já funciona a fábrica de motores aspirados e pode gerar 1,2 mil empregos

Cedendo à pressão

Governo diz que vai apoiar reforma tributária do Congresso

Secretário da Receita Federal disse que o Executivo irá opinar sobre as medidas em “momento oportuno” na Comissão Especial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements