Menu
2019-08-09T12:36:29-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
A tal das privatizações

“O nosso desafio agora é a Eletrobras e a quebra do monopólio da Casa da Moeda”, destaca Salim Mattar

Em sua fala, o secretário falou que “o governo tem R$ 12 bilhões, mas que não deveria usar o montante para expandir a elétrica e sim para áreas que precisam mais. É um contrassenso em um país com problemas de falta de gases em hospitais, por exemplo”

8 de agosto de 2019
12:40 - atualizado às 12:36
salim mattar, secretário de privatizações
Imagem: Reprodução/Ministério da Economia

Com o texto da reforma da Previdência a caminho do Senado, outro assunto que volta a chamar a atenção é o tema das privatizações das estatais federais. Em evento fechado para investidores hoje (8) promovido pelo banco BTG, o secretário de desestatização e desinvestimento, Salim Mattar, disse que "o nosso desafio agora é a (capitalização) da Eletrobras e a quebra do monopólio da Casa da Moeda. Há um pipeline para o Congresso olhar".

Mattar voltou a afirmar que o que vai ocorrer com a Eletrobras é a capitalização porque "há uma necessidade de caixa e não é uma ideologia". No último dia 1º deste mês, o presidente Jair Bolsonaro e o ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque autorizaram que a elétrica aprofundasse estudos para sua desestatização.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

De acordo com comunicado divulgado ao mercado, a venda deve ocorrer por meio de um aumento de capital social - algo que já vinha sendo ventilado desde o início do governo. O processo acontecerá via oferta pública de ações ordinárias da Eletrobras ou por oferta de ações ordinárias de uma eventual empresa resultante de reestruturação.

Em sua fala, o secretário disse ainda que "o governo tem R$ 12 bilhões, mas que não deveria usar o montante para expandir a elétrica e sim para áreas que precisam mais. É um contrassenso em um país com problemas de falta de gases em hospitais, por exemplo".

Para ele, o maior desafio para a aprovação de projetos de privatização está relacionado à boa relação entre executivo e legislativo. E, para evitar problemas, o secretário comentou que está "comendo pelas beiradas" e que vem procurando orientação para ver como manter uma boa relação com o legislativo.

Venda de imóveis

Ao ser questionado sobre a venda de imóveis da União, o secretário disse que está testando dois modelos, mas que tem oito possíveis modelagens na lista. Segundo ele, o primeiro objetivo com a venda é suprir os órgãos públicos com instalações adequadas, reduzir a dívida da União e verificar como cuidar e administrar os 760 mil imóveis disponíveis.

Nesta semana, o jornal "O Globo" publicou uma matéria em que fala que o governo planeja vender 3.751 imóveis e arrecadar R$ 30 bilhões até 2022.

"A nossa ideia é que daqui a pouco seja possível encontrar placas assim: União, vende ou aluga. Tratar com um número de 0800. Não vamos vender todos os imóveis, mas vamos iniciar um processo que poderá ser continuado depois", finalizou o secretário.

Já sabe quais os melhores investimentos até o fim do ano? Baixe de graça nosso eBook exclusivo com as melhores dicas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

A terceira onda. Um novo milagre econômico vem por aí?

Tudo indica que um novo bull market das commodities esteja começando. E, como das outras vezes, isso será extremamente benéfico para o Brasil

Oxford Economics eleva previsão de crescimento do PIB do Brasil em 2020 para 2%

Casa avalia que as recentes tarifas sobre o aço e alumínio brasileiro não devem atrapalhar a recuperação da atividade, que vem ganhando fôlego

Marfrig confirma oferta subsequente de ações que pode somar R$ 3,3 bi

A oferta será primária e inclui um lote secundário, para a venda de ações detidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES)

BLACK WEEK

MAIS LIDAS: Quem bombou na Black Friday?

Meus vizinhos se empolgaram na Black Friday. E não foram só eles: os números do varejo mostram um crescimento considerável na edição deste ano

Ex-presidente da Bayer no Brasil cria startup de cannabis

Em voo solo, há quase um ano e meio, empresário prepara-se para voltar ao setor, desta vez em um segmento em franco crescimento

Calças curtas

Por que o bilionário Elon Musk tem “pouco” dinheiro

A maior parte do patrimônio do bilionário sul-africano está colocada nos mesmos cavalos. Entenda

E o ano nem acabou!

Fundos imobiliários e ações já têm captação recorde em 2019

Volumes captados por fundos imobiliários e ofertas de ações até novembro deste ano já são os maiores das suas séries históricas, segundo dados da Anbima

DE OLHO NA CARNE

Ministério da Agricultura diz que preço da carne caiu 9% desde início do mês

A ministra Tereza Cristina ressaltou que o preço da proteína está se ajustando e que deve se estabilizar

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A segunda vida da bolsa

Entre as muitas histórias geniais de Machado de Assis, uma das minhas favoritas é um conto chamado “A Segunda Vida”, sobre um homem que diz ter morrido e voltado para uma nova existência aqui na Terra. O escritor se vale de uma premissa que parece sobrenatural para tratar de um tema bem próximo de todos […]

MARCO DO SANEAMENTO

Para BNDES, não faltam recursos para o Brasil investir no setor de saneamento

Montezano afirmou que o novo marco regulatório do saneamento, que está tramitando no Congresso, vai abrir uma nova fase no banco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements