Menu
2019-08-02T09:52:13-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Agora vai?

Bolsonaro autoriza estudos para privatização da Eletrobras via aumento de capital

Ideia é que a venda ocorra por meio de uma oferta de ações ou pela configuração de uma nova empresa via reestruturação

1 de agosto de 2019
20:30 - atualizado às 9:52
Sede da Eletrobras no Rio de Janeiro
Sede da Eletrobras no Rio de Janeiro - Imagem: Divulgação

Mais um capítulo se desenha na (já) longa novela sobre a privatização da Eletrobras. O presidente Jair Bolsonaro e o ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque autorizaram nesta quinta-feira, 1º, que a companhia de energia aprofundasse estudos para sua desestatização.

De acordo com comunicado divulgado ao mercado, a venda ocorrerá por meio de um aumento de capital social - algo que já vinha sendo ventilado desde o início do governo. O processo acontecerá via oferta pública de ações ordinárias da Eletrobras ou por oferta de ações ordinárias de uma eventual empresa resultante de reestruturação.

O documento informa ainda que todo o processo de privatização deverá estar em linha com os ritos legislativos, de forma a ser apreciado pelo Congresso Nacional.

No fim do mês passado, Albuquerque já havia informado que o projeto que selaria o destino da estatal já estava esboçado, e que a apresentação se daria até agosto. Prometeu ainda que a tramitação ocorreria já no segundo semestre de 2019.

Uma longa história

Não é de hoje que a Eletrobras dá dores de cabeça para a administração federal. O governo do ex-presidente Michel Temer tentou, sem sucesso, encaminhar no Legislativo um projeto de venda da empresa. O texto, no entanto, encontrou profunda resistência e acabou abandonado.

Agora, o Ministério de Minas e Energia tenta novas estratégias para se desfazer da empresa. Algumas subsidiárias já saíram das mãos do governo, mas a saúde da empresa principal ainda depende de uma guinada em sua administração.

As ações ON da Eletrobras (ELET3) fecharam o dia em forte alta de 6,91%. Na expectativa de privatização, os papéis já acumulam uma valorização de 147,5% neste ano, enquanto que as ações PNB registram um ganho de 124% em 2019.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

situação complicada

Paralisação da OMC tira do Brasil via para questionar taxas americanas sobre o aço

Tribunal da OMC é o órgão máximo de apelação para questionamentos de condutas comerciais entre países e perdeu o quórum mínimo necessário para que continue funcionando

altas do dia

Ações de Kroton e Estácio sobem forte após MEC ampliar ensino a distância no País

Medida tende a reduzir os custos de ambas as empresas; segundo um analista, entram na conta dos investidores a perspectiva de melhora da economia

fala presidente

Em dia de decisão do BC, Bolsonaro diz que torce por juro menor

Nesta data, o Comitê de Política Monetária (Copom) anuncia decisão. A expectativa do mercado é de corte para 4,5%.

Direto da Nasdaq

“Nossa jornada está só começando”, diz Benchimol, no lançamento do IPO da XP

Existe uma oportunidade enorme no Brasil, afirmou Benchimol, durante a cerimônia que marcou o início da negociação das ações da XP na Nasdaq. Os papéis disparam mais de 20% nesta tarde, já na faixa de US$ 32

Novidade na bancada

Joice Hasselmann é a nova líder da bancada do PSL na Câmara

Disputa entre os dois grupos criados no PSL, os “bolsonaristas”, ligados a Jair Bolsonaro, e os “bivaristas”, do presidente do partido, Luciano Bivar (PE), tem como pano de fundo o controle dos recursos recebidos pelo PSL

Mercados agora

À espera de decisão sobre juros, Ibovespa tem leve alta; dólar cai a R$ 4,12

Fed e Copom anunciam hoje suas decisões de juros. Em meio à expectativa, o Ibovespa opera em ligeira alta, em linha com os mercados globais

De olho no futuro

Depois de ano desafiador, lucro das aéreas em 2020 deve crescer 13,1%, diz Iata

Com o menor preço do petróleo, a conta de combustível das aéreas em 2020 deverá ser de US$ 182 bilhões, 22,1% das despesas, contra US$ 188 bilhões em 2019, o que correspondeu a 23,7% das despesas no ano.

Oferta de ações

Após barrar Vitreo, XP lança fundos para investir em suas próprias ações na Nasdaq

Os produtos seguem o modelo da Vitreo, que lançou na semana passada dois fundos para aplicar no IPO, mas foi barrada na oferta pela XP. A diferença é que os fundos criados pela XP terão proteção contra a variação cambial

Exile on Wall Street

Os filhos precisam matar os pais

Talvez você imagine, até aqui, que estou tentando contar um acerto, para vangloriar-me da capacidade de conseguir implementar na prática com precisão e rigor os ensinamentos de Taleb e Spitznagel. Essa, porém, passa longe de ser a verdade.

Engordando o caixa

Dona de Le Lis Blanc e Dudalina, Restoque anuncia oferta de ações que pode chegar a R$ 278 milhões

Preço final da oferta da Restoque só será definido no dia 18 de dezembro, após a conclusão do processo de bookbuilding, quando o procedimento de coleta de intenções é realizada

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements