Menu
2019-04-18T12:57:45+00:00
no tribunal do conselho

Cade julgará processos contra seis bancos por suposta infração no crédito consignado

Casos abrangem Bradesco, Itaú Unibanco, Santander, Caixa, Banrisul e BRB; eles foram acusados de exigir exclusividade na celebração de contratos com entes públicos

18 de abril de 2019
11:21 - atualizado às 12:57
Logos do Bradesco, Itaú Unibanco, Santander, Caixa, Banrisul e BRB em papeis jogados em cima da mesa
Bancos foram acusados de exigir exclusividade na celebração de contratos com entes públicos para a oferta de crédito consignado aos servidores vinculados a esses entesImagem: Montagem Andrei Morais/Shutterstock/Divulgação

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) vai julgar na próxima semana seis bancos dentro dos processos administrativos que investigam supostas infrações das empresas à ordem econômica no mercado de crédito consignado. Os casos abrangem Bradesco, Itaú Unibanco, Santander, Caixa, Banrisul e BRB. Eles foram acusados de exigir exclusividade na celebração de contratos com entes públicos para a oferta de crédito consignado aos servidores vinculados a esses entes.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

As investigações foram instauradas em junho de 2015 e, em novembro do ano passado, a Superintendência-Geral do Cade recomendou ao tribunal da autarquia o arquivamento dos seis processos.

A Superintendência afirmou que verificou que a exigência de exclusividade não era sistemática em relação aos seis bancos investigados. "Por vezes, a prática era decorrente de exigência legal (como no caso do BRB) ou prevista nos editais dos processos licitatórios abertos pelos próprios entes públicos para a contratação das instituições financeiras", explicou. "Em alguns casos, a exclusividade nem sequer constava dos contratos firmados entre os bancos e o órgão público", completou.

A próxima sessão de julgamento do Cade está marcada para a quarta-feira, 24, a partir das 10 horas. Ao todo, nove itens constam da pauta divulgada no Diário Oficial da União (DOU).

Até o fechamento deste texto, a reportagem não havia obtido posicionamento das instituições citadas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

O HOMEM MAIS RICO

Jeff Bezos: paciência para esperar o lucro da Amazon fez o maior bilionário do mundo

Como o empresário transformou uma pequena livraria online em uma das maiores varejistas do mundo e desbancou Bill Gates da lista da Forbes com uma fortuna estimada em US$ 148 bilhões.

Bandeira branca no radar?

EUA devem estender licença da chinesa Huawei para atender clientes do país

Movimento dos EUA pode ser visto como positivo para o fim da guerra comercial com a China já que a companhia foi um dos focos de tensões entre os gigantes

Governador de Minas

‘Governo entra em pautas minúsculas’, avalia Romeu Zema

Em entrevista, governador de MG nega que esteja sendo “tutelado” pelo partido Novo e avaliou que o presidente Jair Bolsonaro deveria “focar em coisas maiores, grandiosas”

Corrida contra o tempo

Tarifa de importação do Mercosul pode cair já em 2020

Com receio de que o grupo político da ex-presidente da Argentina Cristina Kirchner volte ao poder, o governo brasileiro tem pressa

Agora vai?

Governo enviará ao Congresso na próxima semana projeto para destravar privatização da Eletrobras

Proposta deve conter os mesmos itens que estavam na Medida Provisória 879, que não foi votada pela Câmara

Olha quem apareceu

Rede de varejo Le Biscuit, da Vinci Partners, estreia no comércio online

Entrada da empresa no mundo online ocorrerá em etapas e segue uma tendência mundial

Olha a oportunidade aí

Movimentos para ofertas de ações no 2º semestre aceleram

Reuniões com os bancos de investimento se intensificam e companhias começam a fechar acordos para levar as ofertas adiante

Eita!

Chefes da Receita Federal ameaçam entrega de cargos por interferência política

De acordo com apuração, seis subsecretários do órgão estão fechados nessa posição

À beira do abismo

Sob pressão financeira, Oi procura bancos para encontrar saída

Operadora precisa levantar R$ 2,5 bilhões, mas ainda não tem ideia de como fará essa captação de recursos

Batalha contra a desaceleração

China divulga reforma de juros para reduzir custo de financiamento de empresas

Movimento anunciado deve reduzir ainda mais as taxas de juros reais para as companhias do país

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements