Menu
2019-07-20T14:36:00+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
vale a pena?

Quem é o chinês que desembolsou US$ 4,5 milhões para almoçar com Warren Buffett

Inicialmente tido como anônimo, vencedor do leilão é ligado ao mercado de criptomoedas; ele terá direito a levar sete colegas para o encontro com o megainvestidor

4 de junho de 2019
10:25 - atualizado às 14:36
Warren Buffett
Imagem: Shutterstock

Inicialmente tido como um anônimo, o vencedor do leilão de 2019 para almoçar com o megainvestidor Warren Buffett decidiu vir à publico para comentar o assunto.

O CEO da TRON (plataforma de entretenimento baseada em blockchain), Justin Sun, e uma das pessoas mais influentes no mercado das criptomoedas foi quem deu o lance mais alto, de US$ 4,5 milhões. Foi a cifra recorde do leilão, que acontece desde 2000 e já teve 20 edições.

Sun poderá levar sete amigos ao almoço — que, conforme adiantou à imprensa, serão colegas do mesmo ramo que o dele. Pode ser um encontro meio intragável para Buffett, que já declarou publicamente sua descrença nas criptomoedas.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A oferta de Sun seria suficiente para comprar 15 ações classe A ou 23137 classe B da Berkshire, a mega companhia de Buffett. O leilão deste ano atraiu 18 propostas de cinco concorrentes.

O vencedor do leilão diz que se considera um discípulo do fundador do Alibaba (grupo de empresas cujos negócios são baseados em e-commerce), Jack Ma. Sun ainda afirmou ao portal Yahoo! Finance acreditar no investimento a longo prazo — daí também a admiração por Buffett.

Buffett e as criptomoedas

Para o megainvestidor, o bitcoin (criptomoeda que vem sofrendo uma valorização desde fevereiro) não é um investimento, mas um jogo de azar. "Ainda assim, ele destacou o potencial da blockchain, a tecnologia por trás de toda criptomoeda ”, escreveu Sun em um post nesta segunda-feira, 3.

O blockchain, que surgiu para que o bitcoin pudesse ser criado, é uma rede que coloca as transações em uma cadeia contínua num elo chamado 'hash'. Forma-se assim um registro que não pode ser alterado - do contrário, se desmancha toda a cadeia. A tecnologia hoje é usada por diferentes moedas e outros segmentos da economia. O BNDES é um exemplo. 

Sun vem "provocando" seus cerca de 1,2 milhão de seguidores na rede social desde a semana passada, dizendo que anunciaria “algo enorme e incrível” — o que elevou o preço do TRON em até 20% no último domingo.

Uma causa maior

O leilão para almoçar com o Buffett, que aconteceu de forma online durante cinco dias no eBay e terminou na noite de sexta-feira, 31, tem uma causa maior: busca ajudar a Fundação Glide - instituição de caridade de São Francisco que atende pessoas sem-teto, entre outras populações mais fragilizadas socialmente.

A presidente da instituição, Karen Hanrahan, disse à Reuters após o término do leilão que o investidor estava emocionado com o resultado. "O senhor Buffett está empenhado em continuar o leilão enquanto ele for capaz. Ele tem sido um parceiro em pensar sobre o futuro da Glide e como planejá-la pelos próximos 50 anos.”

Somados os 20 leilões com Buffett que já aconteceram desde 2000, o total arrecadado chega a 34,2 milhões de dólares.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Dúvidas atrás de dúvidas

Bolsas da Europa fecham em queda, com incertezas sobre acordo entre EUA e China

Apesar de resultados econômicos positivos da Alemanha, a cautela no mercado também foi alimentada por dados fracos no Reino Unido e na China

Joia reluzente

A Vivara cresceu no trimestre e já começa a entregar uma das promessas do IPO

A Vivara mostrou crescimento da receita líquida e um aumento importante nas vendas do e-commerce — resultados que dão força às ações da empresa

Bolsa

Via Varejo tem prejuízo maior e queda nas vendas. Então por que a ação sobe?

Como ninguém esperava mesmo um balanço bonito, os investidores se debruçaram em encontrar algum sinal de avanço na ampla reestruturação implementada desde que Michael Klein reassumiu o comando da varejista

atento ao balanço

Ação da Sinqia sobe com resultado do terceiro trimestre — analistas veem espaço para valorização de mais de 20% da ação

Após quatro aquisições, provedora de tecnologia para o sistema financeiro bateu recorde de receita; para analistas, ação pode chegar a R$ 23

hora do tchau?

Presidente do BNDES vê redução de carteira de ações da instituição em até três anos

Gustavo Montezano ressaltou que as alienações podem ser pela “mesa de operações” do banco, em bloco ou em ofertas

Tem que melhorar

Fitch mantém nota de crédito do Brasil em grau especulativo

Ainda falta um bocado de consolidação fiscal e crescimento econômico para o país retomar o almejado grau de investimento

em brasília

Presidente do STF exige do BC e obtém acesso a dados sigilosos de 600 mil pessoas

Segundo fontes, Toffoli ainda não acessou os relatórios, que lhe foram disponibilizados eletronicamente; PGR avalia recorrer da decisão

Economia

“Se o Brasil continuar com as reformas, as agências podem voltar com o grau de investimento em até um ano”, destaca Mario Mesquita

Mesquita disse que, se olhar o Credit Default Swap (CDS) brasileiro, “é possível perceber que ele já é compatível com país com grau de investimentos”

DEPOIS DE DOIS ANOS...

Pão de Açúcar planeja abrir novas unidades em 2020

A marca Pão de Açúcar sempre foi a “queridinha” do setor de supermercados e sinônimo de loja com produtos diferenciados. “Mas, nos últimos anos, a marca empalideceu”, afirma o consultor da Mixxer Desenvolvimento Empresarial, Eugênio Foganholo

Cúpula no Brasil

Bolsonaro diz que Brics trabalhou para alimentar competitividade e produtividade

Bolsonaro disse que a relevância econômica do Brics é inquestionável e que o grupo de países seguirá crescendo. Segundo Bolsonaro, esses resultados garantem legitimidade para governança internacional “mais inclusiva”.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements