🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
presidente motoserra

Milei consegue conter preços e inflação Argentina baixa para 4,2% em maio

Apesar da queda em maio, índice de preços ainda acumula 276% de alta em 12 meses

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
13 de junho de 2024
18:10 - atualizado às 17:46
Pesquisa mostra que mais da metade dos argentinos está vivendo abaixo da linha de pobreza - Imagem: shutterstock

A redução da inflação argentina mostra que o presidente do país, o ultraliberal Javier Milei, vem conseguindo, com sua motoserra, cortar não apenas a comida do prato dos cidadãos, também os preços.

O índice de preços ao consumidor da Argentina subiu 4,2% em maio na comparação com o mês anterior, informou nesta quinta-feira, 13, o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec). Em 12 meses, a inflação acumulada é de 276,4%. Em abril, o índice havia sido de 8,8%.

O setor que teve maior aumento no mês de maio foi o de comunicação (8,2%), devido aos aumentos nos serviços de telefonia e internet. Em seguida, o setor de educação (7,6%) foi o mais impactado. No ano até maio, a inflação acumulada é de 71,9%.

Apesar de o índice ainda ser elevado, é uma boa notícia para os argentinos, que no ano passado tiveram de conviver com uma inflação anual de 211% em 2023.

LEIA TAMBÉM: Tudo o que você precisa saber antes de comprar ou investir em um imóvel este ano

Metade da população abaixo da linha de pobreza

Uma pesquisa divulgada em abril que mais de 51% dos argentinos estavam vivendo abaixo da linha de pobreza no primeiro trimestre de 2024, mais especificamente o Poverty Nowcast, elaborado por Martín González-Rozada, especialista da Universidade Torcuato Di Tella.

O Fundo Monetário Internacional (FMI), num relatório recente, projetou que a inflação da Argentina cairá para 150% até o fim de 2024.

Mas o FMI prevê também que a economia argentina irá contrair 2,8% este ano em relação ao ano anterior. O motivo principal é o forte ajuste fiscal implementado pelo governo de Milei para equilibrar as contas públicas e conter a disparada da inflação.

As projeções do órgão para 2025 são um pouco melhores, com a expectativa de que a inflação fique em 45% ao ano e a atividade econômica cresça 5% em relação ao ano anterior.

*Com informações do Estadão Conteúdo

Compartilhe

ELEIÇÕES NOS EUA

Não deu para Biden: presidente dos EUA cede à pressão e desiste da reeleição — saiba o que acontece daqui para frente 

21 de julho de 2024 - 15:44

No que depender de Biden, sua vice Kamala Harris deve ser o nome do partido para enfrentar Donald Trump nas urnas em 5 de novembro; Trump se manifesta sobre a desistência

ATUALIZANDO O PORTFÓLIO

Por que Warren Buffett decidiu vender US$ 1,48 bilhão em ações de um bancão norte-americano

20 de julho de 2024 - 17:48

A Berkshire Hathaway vendeu cerca de 33,9 milhões de ações desta instituição financeira em diversas transações nesta semana

MELHORES MOMENTOS GIRO DO MERCADO

Trump mais vivo do que nunca: os impactos no dólar, cripto e juros — e os principais riscos da provável vitória do republicano 

19 de julho de 2024 - 18:14

Donald Trump saiu do atentado do último sábado mais vivo do que nunca. Agora, se já não era antes, o republicano é o nome mais forte na corrida e provavelmente voltará a ocupar a Casa Branca — e os mercados já estão tentando prever os impactos disso.  A percepção de que o ex-presidente saiu ganhando […]

ELEIÇÕES NOS EUA

Pseudoconciliação e promessa de deportação em massa: o que você precisa saber sobre o último discurso de Trump

19 de julho de 2024 - 11:10

Donald Trump discursou no fim da noite de quinta-feira ao aceitar a indicação do Partido Republicano para concorrer à presidência dos EUA em novembro

UNINDO FORÇAS

O “quarteto mortal”: os países que vão tirar o sono dos EUA e da Europa e podem levar a uma nova guerra global

18 de julho de 2024 - 19:58

Especialistas destacam o poder econômico do Ocidente, mas reconhecem que a missão de conter o avanço do grupo de quatro países não é fácil

MAIS POLÊMICA

CEO de empresa ligada à rede social de Trump é alvo de investigação por fraude nos Estados Unidos

18 de julho de 2024 - 14:00

Patrick Orlando é acusado pela SEC americana de mentir sobre os planos de sua “companhia do cheque em branco” de se fundir com a startup por trás da Truth Social

Restrição monetária

Lagarde mantém juros restritivos na Europa e diz o que é preciso para as taxas baixarem

18 de julho de 2024 - 13:07

Banco Central Europeu procura trazer a inflação da zona do euro para a meta de 2%

ELEIÇÕES NOS EUA

Biden revela o que o faria desistir de disputar presidência contra Trump em entrevista divulgada horas após diagnóstico de covid

18 de julho de 2024 - 10:59

Biden recebeu diagnóstico de infecção por covid-19 na quarta-feira e precisou interromper sua campanha à reeleição

MILES GUO

Ex-magnata chinês aliado de Steve Bannon é condenado por fraude bilionária nos EUA

17 de julho de 2024 - 15:00

Miles Guo vivia exilado nos Estados Unidos e é crítico do Partido Comunista chinês

CABO DE GUERRA

A disputa pelo fundo do mar: a próxima fronteira da briga tecnológica entre EUA e China

16 de julho de 2024 - 20:00

Projetados para transportar conexões de dados e telecomunicações entre continentes, os cabos submarinos se tornaram uma nova fonte para conflitos geopolíticos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar