🔴 CHANCE DE MULTIPLICAR O SEU CAPITAL POR 7,5X COM 1 CLIQUE – CONHEÇA A FERRAMENTA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
O PODER DA LOIRINHA

Efeito Eras Tour: como Taylor Swift pode impedir que um dos maiores bancos centrais do mundo corte os juros agora?

Termos como “Swiftflation” e “Swiftonomics” surgiram para se referir ao aumento nos gastos em serviços como hotéis, voos e restaurantes em torno das apresentações da cantora — e agora isso virou um problema para a política monetária

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
15 de junho de 2024
17:02 - atualizado às 11:55
Filme do filme The Eras Tour, de Taylor Swift
The Eras Tour, de Taylor Swift, terá filme nos cinemas. - Imagem: Divulgação

A inflação fora de controle é o principal empecilho para os bancos centrais cortarem os juros — mas, no Reino Unido, a responsável por impedir que a taxa caia por lá é outra: a cantora Taylor Swift e sua Eras Tour.

Enquanto milhares de Swifties se preparam para estar em Londres em agosto para ver a sensação da música no Reino Unido, o impulso econômico das apresentações pode ser suficiente para adiar um possível corte nos juros em setembro, de acordo com o banco de investimento TD Securities.

O Banco de Inglaterra (BoE) tem encontro marcado na próxima quinta-feira (20), quando decidirá a taxa e apresentará as perspectivas sobre a evolução futura da inflação.

A expectativa é de que o BoE comece em breve a reduzir os juros em breve. Atualmente, eles estão no maior nível em últimos 16 anos, a 5,25%. Alguns analistas acreditam que o ciclo de afrouxamento monetário por lá pode começar em agosto. 

No entanto, um possível conflito entre as datas da turnê de Taylor Swift e um importante índice de inflação poderia distorcer os dados o suficiente para fazer o banco central repensar seus planos, segundo os analistas do TD. 

O efeito Taylor Swift sobre a inflação e os juros

O impacto econômico da turnê de Taylor Swift está sendo chamado de “Swiftflation” e “Swiftonomics” — uma referência ao aumento nos gastos em serviços como hotéis, voos e restaurantes.

Edimburgo, na Escócia, onde a vencedora do Grammy começou a turnê no Reino Unido no início deste mês, calculou que os shows e os gastos associados somaram cerca de 77 milhões de libras (R$ 523,6 milhões) à economia local. 

Em uma nota separada, o banco Barclays disse que a turnê completa no Reino Unido poderia acrescentar cerca de 1 bilhão de libras (R$ 6,8 bilhões) à economia britânica.

“Um aumento nos preços dos hotéis poderia então ser significativo que acrescentaria temporariamente até 30 pontos base à inflação dos serviços”, disseram os analistas do TD em relatório. 

*Com informações da CNBC

Compartilhe

UNINDO FORÇAS

O “quarteto mortal”: os países que vão tirar o sono dos EUA e da Europa e podem levar a uma nova guerra global

18 de julho de 2024 - 19:58

Especialistas destacam o poder econômico do Ocidente, mas reconhecem que a missão de conter o avanço do grupo de quatro países não é fácil

MAIS POLÊMICA

CEO de empresa ligada à rede social de Trump é alvo de investigação por fraude nos Estados Unidos

18 de julho de 2024 - 14:00

Patrick Orlando é acusado pela SEC americana de mentir sobre os planos de sua “companhia do cheque em branco” de se fundir com a startup por trás da Truth Social

Restrição monetária

Lagarde mantém juros restritivos na Europa e diz o que é preciso para as taxas baixarem

18 de julho de 2024 - 13:07

Banco Central Europeu procura trazer a inflação da zona do euro para a meta de 2%

ELEIÇÕES NOS EUA

Biden revela o que o faria desistir de disputar presidência contra Trump em entrevista divulgada horas após diagnóstico de covid

18 de julho de 2024 - 10:59

Biden recebeu diagnóstico de infecção por covid-19 na quarta-feira e precisou interromper sua campanha à reeleição

MILES GUO

Ex-magnata chinês aliado de Steve Bannon é condenado por fraude bilionária nos EUA

17 de julho de 2024 - 15:00

Miles Guo vivia exilado nos Estados Unidos e é crítico do Partido Comunista chinês

CABO DE GUERRA

A disputa pelo fundo do mar: a próxima fronteira da briga tecnológica entre EUA e China

16 de julho de 2024 - 20:00

Projetados para transportar conexões de dados e telecomunicações entre continentes, os cabos submarinos se tornaram uma nova fonte para conflitos geopolíticos

ELEIÇÕES NOS EUA

Lula sobre Trump: “Vai tentar tirar proveito”. A declaração do petista sobre a campanha nos EUA após o tiro em comício

16 de julho de 2024 - 19:57

Nas primeiras entrevistas após o atentado, o agora candidato republicano à presidência disse que foi salvo “por sorte ou por Deus”

Grandes demais para quebrar

Bancões americanos ganham mais com área de investimento e gestão de ativos do que com juros

16 de julho de 2024 - 15:04

BofA teve queda na receita com juros de 3%, enquanto o Morgan Stanley amargou redução de 17% nesse item

TÁ CHEGANDO A HORA

Toda unanimidade é burra? Mercado passa a ver 100% de chance de corte de juros nos EUA em setembro

16 de julho de 2024 - 14:38

Há um mês, as probabilidades de que os juros fossem reduzidos em setembro eram de cerca de 70%; entenda o que mudou de lá para cá e entenda se a redução ds juros está mesmo garantida

ELEIÇÕES NOS EUA

Depois do tiro: Trump leva os votos do Partido Republicano e é o candidato oficial — ele também escolhe o vice. Saiba quem é J.D. Vance

15 de julho de 2024 - 18:42

A escolha de Trump representa um salto na carreira de Vance, de 39 anos, que ingressou no Senado como um político recém-chegado há menos de dois anos; saiba o que ele pensa e defende

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar