🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

O investimento secreto de Warren Buffett: aprenda a aplicar a mesma estratégia para ganhar dinheiro no Brasil

Aposta mais recente de Warren Buffett aparecia na SEC como confidencial, o que gerou muita curiosidade entre os investidores

24 de maio de 2024
9:01 - atualizado às 11:20
Warren Buffet (Domínio Público e Flickr / Montagem: FEE) -

Se você fosse almoçar com Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos, e ele dissesse para você: "Olha, eu comecei a comprar ações de uma empresa que parece muito boa e negocia por preços bastante atrativos. Você quer saber qual é?"

Ah, quem não gostaria de uma dica de Warren Buffett, não é mesmo? Na certa, o sujeito que descobrisse o nome da ação, tentaria comprar antes que todo mundo ficasse sabendo.

Para falar a verdade, isso tem sido um grande problema para Warren e seu veículo de investimentos, a Berkshire Hathaway.

Se ele demora muito para montar posição numa determinada empresa e descobrem qual é, provavelmente vai acontecer um efeito manada, as ações vão disparar, e Buffett terá de comprar o restante da posição por preços bem mais elevados.

Se, por outro lado, ele tentar acelerar o processo, provavelmente não vai encontrar liquidez o suficiente — e as ações vão disparar da mesma forma.

Mas a Berkshire encontrou uma alternativa: a aposta mais recente de Buffett aparecia na SEC (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos) como confidencial, o que gerou muita curiosidade. Qual seria esse tal "investimento secreto"?

A surpresa que não era bem uma surpresa

Lembra quando você era criança e já sabia, pela embalagem do presente da sua tia, o que iria ganhar, mas tinha que fazer carinha de surpresa quando abria o pacote se não quisesse tomar bronca da mãe?

Eu me lembrei disso quando fiquei sabendo que o tal do "investimento secreto" era apenas mais uma seguradora, a Chubb. Eu aposto que ninguém fez cara de surpresa quando descobriu isso.

Se você não sabe, Warren Buffett adora seguradoras, e eu já perdi as contas de quantas empresas do ramo a Berkshire possui.

Mas o mais interessante é o motivo de ele gostar tanto desse modelo de negócio: as seguradoras recebem o prêmio do seguro (float) na frente e podem investir esse dinheiro enquanto o sinistro não acontece.

Normalmente, as seguradoras tradicionais optam por aplicar todo (ou quase todo) o dinheiro em renda fixa. Mas Buffett encontrou nas seguradoras uma forma de "receber" dinheiro para investir em outras empresas que ele gostaria, mas que demoraria anos pelo método tradicional.

Com essa estratégia, além de muita competência para escolher as melhores seguradoras e onde alocar o float, Buffett e seu saudoso parceiro Charlie Munger construíram um império avaliado em quase US$ 1 trilhão.

Nem todas as seguradoras precisam de Warren Buffett

Obviamente, os maiores retornos nessa estratégia "alavancada" acontecem quando o float é investido em ações que sobem bastante.

O problema é que o risco é enorme também — e eu não recomendo que você invista em uma seguradora que faça isso, a não ser que ela seja tocada por Warren Buffett.

A parte boa é que nem todas as seguradoras precisam de Buffett para gerar bons retornos com o float, ainda mais quando o país oferece títulos de renda fixa conservadores com taxas de juros de dois dígitos, como é o caso do Brasil.

Aliás, se tem empresa que não ficou chateada com piora das perspectivas com a Selic nos últimos dias foram justamente as seguradoras brasileiras, que vão extrair um pouco mais de retorno com os investimentos do float.

Como você pode ver no gráfico abaixo, que traz o Lucro antes de impostos de uma seguradora listada brasileira, dá para perceber que nos períodos de juros elevados o Resultado Financeiro (rendimento do Float) costuma inclusive bater o resultado da operação de seguros.

Fonte: Companhia. Elaboração: Seu Dinheiro.

Essa seguradora inclusive foi recomendada nesta semana na série Vacas Leiteiras, porque além de tudo também é uma boa pagadora de dividendos.

Assim como Buffett, eu vou manter o nome dessa seguradora em sigilo. Se quiser descobrir quem é a tal seguradora e todas as outras sugestões da carteira, deixo aqui o convite.

Um grande abraço e até a semana que vem.

  • Ruy Hungria não revelou o nome da seguradora que pode colocar dividendos no seu bolso – mas você pode conferir GRATUITAMENTE 5 ações recomendadas por ele para buscar pagamentos recorrentes. Clique aqui para acessar.

Compartilhe

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mais um dia na bolsa de valores: barulheira fiscal no Brasil, eleições municipais, divulgação do IBC-Br e outros destaques que agitam os mercados

14 de junho de 2024 - 9:07

Contribuição da B3 para a forte queda do Ibovespa em maio, venda da Cetrel pela Braskem (BRKM5) e eleições no Reino Unido também agitam as bolsas nesta sexta-feira (14)

SEXTOU COM O RUY

Em plena semana dos namorados, chegou a hora de dar um “pé na bunda” na bolsa brasileira?

14 de junho de 2024 - 7:01

As notícias não têm sido muito animadoras, mas o Ibovespa negocia hoje com descontos que foram vistos pela última vez apenas na crise financeira de 2008; saiba qual ação ainda vale a pena

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Som e fúria na bolsa: Ibovespa parte do menor nível do ano com ruído sobre meta fiscal no Brasil e juros altos nos EUA

13 de junho de 2024 - 8:48

Disparada das ações do Méliuz, alteração do FGTS, autonomia do Banco Central e contas do governo Lula também ditam o tom do Ibovespa hoje; confira

EXILE ON WALL STREET

Rodolfo Amstalden: O que nos separa, agora, é uma mera questão contratual

12 de junho de 2024 - 20:01

Não tem mais essa de experiências informais em relacionamentos, tudo agora é formalizado por um contrato entre as partes

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ligando os pontos na bolsa: em dia de dot plot do Fed, inflação e rumo dos juros nos EUA ganham destaque; confira essas e outras notícias que mexem com o seu bolso hoje

12 de junho de 2024 - 8:37

Enquanto investidores também aproveitam o Dia dos Namorados, perda da dominância do dólar, recompra de ações da Rede D’Or e MP do PIS/Cofins entram no rada

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

O fundo do poço está próximo? Decisão do Fed sobre juros nos EUA, inflação no Brasil, fusão no setor de saúde e outros destaques do dia que indicam o tom do Ibovespa

11 de junho de 2024 - 8:42

Mercado aguarda posicionamento do Fed sobre inflação nos EUA nesta quarta-feira; nova marca de gestora de FII e compra milionária da Ultragaz também entram no radar dos investidores

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Semana de decisão: Postura do Fed sobre juros e inflação nos EUA vão definir rumo dos mercados no curto prazo

11 de junho de 2024 - 6:51

A quarta-feira será crucial para a narrativa macroeconômica global — e países emergentes como o Brasil podem estar prestes a receber uma má notícia

EXILE ON WALL STREET

Tony Volpon: Samba de uma nota só

10 de junho de 2024 - 20:01

A bolsa americana vem dançando junto com a Inteligência Artificial há um tempo, mas agora ela está focada em uma única empresa: a Nvidia

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa tenta preservar os dedos em meio ao tom negativo das bolsas internacionais, juros nos EUA, IPCA no Brasil e outras notícias que agitam os mercados

10 de junho de 2024 - 8:27

FIIs favoritos para junho, parceria do Brasil com a dona do AliExpress e ajuda ao RS também ganham destaque no radar dos investidores nesta segunda-feira

Mande sua pergunta!

Quero o divórcio, mas moro nos EUA com visto de acompanhante e nossos bens estão em nome de terceiros; e agora?

8 de junho de 2024 - 8:00

Ela ainda não obteve o green card, e ainda teme ficar sem nada após o divórcio, pois os bens da família não estão no nome do marido

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar