🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
DESTAQUES DA BOLSA

Ações da Americanas disparam 17% com queda dos juros futuros, mas crescem apostas em novo tombo dos papéis AMER3

Mesmo com o salto de hoje, as ações seguem no patamar de penny stocks, como são os chamados os papéis que negociam abaixo de R$ 1

Larissa Vitória
Larissa Vitória
5 de julho de 2024
16:57 - atualizado às 18:14
Fachada da Americana Express localizada na Rua Joaquim Floriano, em São Paulo
Letreiro da Americana Express localizada na Rua Joaquim Floriano, em São Paulo - Imagem: Victor Aguiar

A queda dos juros futuros, que recuam na esteira dos rendimentos dos titulos do Tesouro dos Estados Unidos e falas do presidente Lula que trouxeram alívio fiscal ao mercado, impulsiona as ações do varejo brasileiro nesta sexta-feira (5).

E o grande destaque do dia são os papéis da Americanas (AMER3), que chegaram a saltar 20% mais cedo. Negociada fora do Ibovespa, AMER3 subiu 12,5%, a maior alta da bolsa brasileira no pregão.

Ainda assim, as ações seguem no patamar de penny stocks — como são os chamados os papéis que negociam abaixo de R$ 1 —, cotadas em R$ 0,45.

Além do preço, outra característica marcante das penny stocks é a volatilidade ainda mais elevada do que os demais ativos de renda variável, o que ajuda a entender a disparada de Americanas hoje.

Vale destacar ainda que, segundo informações do Broadcast, a varejista também liderou as taxas de aluguel de ações, com cerca de 130%.

Também conhecida como empréstimo de ações, a estratégia é utilizada por investidores que quererem "operar vendidos" em um papel. Ou seja, apostam na queda de um determinado ativo para lucrar.

Americanas (AMER3) fará fusão interna

Já no noticiário corporativo da Americanas, a novidade mais recente inclui uma fusão interna entre a varejista e duas de suas marcas mais famosas na internet, o Submarino e o Shoptime.

Ambas as bandeiras serão integradas à marca Americanas e também farão parte do site principal da companhia a partir de 15 de julho.

Segundo a empresa, o movimento trará vantagens aos consumidores, que poderão retirar todos os pedidos nas "mais de 1,6 mil lojas das Americanas". Mas a fusão gerou desconfiança e críticas nas redes sociais.

"Desculpe, mas vou passar longe. Não transmite confiança, principalmente depois das reportagems que se referem à antiga diretoria", comentou um usuário na publicação de anúncio da operação feita nas redes sociais da empresa.

Ex-CEO foi preso nesta semana

As matérias mencionadas pelo usuário dizem respeito às investigações sobre a fraude contábil bilionária descoberta no ano passado e que levou a companhia a uma recuperação judicial.

Uma operação deflagarada pela Polícia Federal na semana passada revelou detalhes de como a ex-diretoria estava envolvida em um esquema para fraudar R$ 25,3 bilhões.

A investigação revelou fortes indícios da prática dos crimes de manipulação de mercado, uso de informação privilegiada (insider trading), associação criminosa e lavagem de dinheiro.

O ex-CEO da Americanas, Miguel Gutierrez, foi um dos investigados e chegou a ser preso na última sexta-feira (28) em Madri. O executivo, no entanto, já foi solto e, segundo o Estadão entregou seu passaporte às autoridades brasileiras e espanholas.

Leia também: Ex-CEO da Americanas (AMER3) pedia balanços fraudados em pen drive para não ser descoberto

Compartilhe

FRIGORÍFICOS

Problemas para a BRF (BRFS3) e a JBS (JBSS3)? Brasil suspende exportações de carne de aves para 44 países — e a China é um deles

20 de julho de 2024 - 12:19

O Ministério da Agricultura decidiu voluntariamente paralisar as exportações de carnes de aves e seus produtos, com restrições que variam de acordo com os mercados

DÁ O PLAY!

Agora vai? Por que a bolsa brasileira despertou em julho e o que esperar das ações agora

20 de julho de 2024 - 11:00

Ibovespa já acumula alta de 3% em julho, depois de quase perder os 120 mil pontos no último mês; mas as ações finalmente vão decolar, ou será mais um voo de galinha?

BOLSA NA SEMANA

Por que as ações do Pão de Açúcar (PCAR3) desabaram 13% e lideraram as perdas do Ibovespa na semana — enquanto Usiminas (USIM5) subiu 5%?

20 de julho de 2024 - 9:22

As ações do Pão de Açúcar atraíram os holofotes dos investidores na semana após uma sangria na bolsa brasileira. Veja o que está por trás da queda dos papéis

PERSPECTIVAS PARA OS PROVENTOS

Com R$ 2 bilhões entrando no caixa, a Eletrobras (ELET3) vai distribuir mais dividendos? Veja o que diz o Goldman Sachs

19 de julho de 2024 - 19:46

O banco acredita que a oferta irá aumentar a liquidez da companhia e potencialmente abrir espaço para proventos mais elevados no futuro

RANKING DA QUANTUM

Os reis das ‘penny stocks’: Americanas (AMER3), Oi (OIBR3) e outras ações com a maior sequência de pregões no patamar de centavos

19 de julho de 2024 - 16:41

Um estudo da Quantum mostra que companhias que enfrentaram processos de recuperação judicial dominam o ranking de penny stocks

GESTÃO EXPLICA

Fundo imobiliário com mais de 150 mil cotistas anuncia os menores dividendos em mais de dois anos; por que os proventos do ALZR11 estão em queda?

19 de julho de 2024 - 13:07

O histórico de distribuições de 2024 mostra que os valores depositados pelo FII recuaram cerca de 11,2% desde janeiro

REAÇÃO DAS BOLSAS

Apagão cibernético: ação da CrowdStrike, empresa que causou a pane nos sistemas da Microsoft e derrubou serviços no mundo todo, despenca em NY

19 de julho de 2024 - 12:08

Vale relembrar que, mais cedo, uma atualização nos sistemas da CrowdStrike causou uma pane generalizada nos sistemas da Microsoft

MERCADO FINANCEIRO

Renda fixa brilha no 1º semestre e impulsiona captação de fundos. Veja as 10 gestoras que mais levantaram dinheiro no período

18 de julho de 2024 - 18:38

No “Top 10” das empresas que mais levantaram dinheiro no período, a cifra chega a R$ 202,2 bilhões, de acordo com a Quantum Finance

DISPARADA DO CÂMBIO

Dólar bate os R$ 5,58 e fecha no maior patamar em duas semanas; confira o gatilho da alta de quase 2%

18 de julho de 2024 - 17:47

Mais cedo, o ministro da Fazenda disse ter recebido o sinal verde de Lula para avançar em estudos de corte no Orçamento, mas falas da ministra do Planejamento impulsionaram a moeda

OFERTA NA BOLSA

Fundo imobiliário VGIR11 anuncia emissão de até R$ 500 milhões e vai oferecer um ‘desconto’ nas cotas; confira os detalhes

18 de julho de 2024 - 14:59

O preço de emissão pago por quem decidir participar da operação, que é voltada a investidores no geral, será de R$ 9,85 por cada nova cota

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar