🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
DIA 60

Vai trocar o juiz? Haddad diz que Lula é o árbitro no jogo entre o time político e econômico — e também fala se quer comandar o governo em 2026

Presidente decidiu pela volta da cobrança dos impostos sobre combustíveis, contrariando os apelos de membros do PT e do Congresso

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
1 de março de 2023
20:34
Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
Luiz Inácio Lula da Silva (PT) - Imagem: Ricardo Stuckert

No futebol, no vôlei, no tênis, no basquete — é difícil imaginar um esporte que não tenha um juiz em campo ou em quadra. E no governo também tem sido assim. De um lado, o time político joga com a bola da popularidade. Do outro, o time econômico quer garantir o placar com um crescimento sustentável e responsabilidade fiscal. O árbitro dessa partida: Luiz Inácio Lula da Silva

Na terça-feira (28), Lula entrou em campo e decidiu em favor da equipe econômica, com a volta da cobrança dos impostos federais sobre os combustíveis — que passaram a valer hoje. O time político não queria a taxação temendo que a medida impopular prejudicasse a imagem do governo, do próprio presidente e alimentasse uma polarização feroz no país. 

"O importante é que ela [Gleisi Hoffmann, presidente do PT] defendeu a decisão do presidente Lula, que era o que eu esperava da parte dela, que é uma pessoa que tem opiniões fortes, mas que sabe que quem arbitra os conflitos dentro e fora do governo é o presidente da República", disse o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, em entrevista ao UOL. 

A vitória do capitão da Fazenda

Graças à decisão de Lula, Haddad conseguiu uma vitória — que ajudou o ministro a minimizar hoje a tese de que vinha enfrentando um processo de fritura pela ala política do governo.

 De acordo com ele, o ministro da Fazenda "não ganha todas, perde a maioria".

Haddad lembrou ainda que em 2003, por exemplo, a bancada do PT fez abaixo-assinado pedindo a substituição do então ministro da Fazenda, Antonio Palocci.

Haddad no lugar de Lula?

Se em campo é normal a substituição de jogadores, quando se trata do árbitro — pelo menos no esporte — não é assim. E ao que parece, também não será no governo. 

Haddad também afirmou não pensar em sucessão presidencial e disse estar 100% imerso nos problemas da pasta econômica. Ele destacou que não tem comportamento de candidato e tampouco sabe se disputará o cargo de chefe do Executivo em 2026.

O ministro minimizou a discussão sobre as disputas internas no PT e disse estar focado em fazer com que o governo Lula dê certo. 

"No Brasil, quatro anos são quatro séculos, acontece tudo no Brasil", disse Haddad aos jornalistas.

Ele avaliou que apego a dinheiro e a poder não combina com boa política e que é preciso desprendimento e paixão para a coisa dar certo. 

De acordo com o ministro, fazer conta para almejar o principal cargo do País é patologia. "Normal é tentar fazer um bom trabalho onde você está", emendou.

Compartilhe

ACONTECE ESTE ANO

Por que os investidores da bolsa também deveriam prestar atenção nas eleições municipais

14 de junho de 2024 - 6:30

Eleições municipais têm potencial para servir de prévia para 2026, bem como para impactar formação de alianças

PEC das Praias

Inconstitucional. É o que diz juiz do RN sobre taxa para terreno de marinha

11 de junho de 2024 - 16:04

Para o juiz, demarcação dos terrenos de marinha leva em conta informações do Brasil Imperial

GOVERNABILIDADE

Governo de Lula em perigo? Como a crise com o Congresso colocou a gestão do petista em situação “de risco”

10 de junho de 2024 - 18:02

Segundo levantamento, o I-Gov de Lula chegou ao pior patamar registrado ao longo do mandato, atingindo 40,4% em maio

DURANTE VIAGEM A PEQUIM

“O Brasil é a China dos Trópicos”: por que Alckmin usou uma frase criada há 65 anos para descrever a relação entre os dois países

7 de junho de 2024 - 16:33

Em visita a Pequim, o vice-presidente recorreu a uma frase criada pelo sociólogo Gilberto Freire para falar sobre o momento de parceria estratégica com a China

UM DRIBLE NO JABUTI

Vai ou não vai ter taxação das comprinhas da Shein, Shopee e AliExpress? Entenda de uma vez por todas o “jabuti” que será (ou não) votado no Senado hoje

5 de junho de 2024 - 10:27

O projeto de taxar as varejistas estrangeiras uniu parlamentares da oposição e da situação, que pedem uma alíquota de 20% sobre as compras feitas no exterior

ELEIÇÕES 2024

Com apoio de Lula, João Campos lidera intenções de voto no Recife; veja quem é o candidato de Bolsonaro na capital pernambucana

2 de junho de 2024 - 9:00

Além de Bolsonaro, Campos vai enfrentar candidatos apoiados pela governadora Raquel Lyra na disputa pela reeleição na prefeitura do Recife

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Quem é o melhor padrinho político na eleição para prefeitura de São Paulo? Eleitores de Lula e Bolsonaro reeditam disputa com Boulos e Nunes

1 de junho de 2024 - 16:47

Porém, o levantamento ainda indica que, seja quem for, o apoio dos protagonistas do pleito de 2022 não será capaz de transferir nem metade dos votos aos candidatos apoiados

COM A PALAVRA

Quem irá suceder a presidência na Câmara? Vice-presidente Alckmin elenca 4 “ótimos nomes” — e fala sobre eleições de 2026

1 de junho de 2024 - 14:12

A eleição acontecerá em fevereiro de 2025; como Lira já está em seu 2º mandato, não poderá concorrer novamente

BLUSINHAS MAIS CARAS

Foi pouco? Executivo diz que redução de 25% para 20% na taxação de compras internacionais em lojas como Shein, Shopee e AliExpress foi “diminuição injusta”

1 de junho de 2024 - 9:33

Apesar de diferente do ideal para os varejistas locais, a mudança ainda é favorável a eles, já que qualquer outro caminho seria mais vagaroso

COM A PALAVRA

Tarcísio copiou Haddad? Ministro afirma que ajuste fiscal do governo paulista é inspirado em plano da Fazenda

31 de maio de 2024 - 13:01

O ex-prefeito de São Paulo ainda disse que o trabalho de corte de gastos é contínuo

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar