🔴 MELHORES MOMENTOS DO MACRO SUMMIT BRASIL 2024 – ASSISTA AQUI

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
A ESCALADA DA GUERRA

Se cuida, Putin! Ucrânia vai se vingar com mega ofensiva por território roubado

Nas últimas semanas, a imprensa internacional relata que as forças russas parecem estar sucumbindo em Donetsk e Kiev que aproveitar a “oportunidade” retomar a região

Carolina Gama
23 de março de 2023
17:30 - atualizado às 8:44
Vladimir Putin vestindo terno azul marinho e camisa branca, em frente a um púlpito com dois microfones na frente
O presidente da Rússia, Vladimir Putin - Imagem: Divulgação/Kremlin

O ditado popular diz que a vingança é um prato de que come frio — mas o presidente russo, Vladimir Putin, não quis esperar e em janeiro lançou uma mega ofensiva contra a Ucrânia. Kiev, por sua vez, cozinhou sua resposta em banho-maria e agora prepara o contra-ataque. 

O momento escolhido para a vingança ucraniana não é à toa. O Wagner, grupo de mercenários que luta do lado russo na guerra, está perdendo homens e equipamentos em Donetsk — cidade no leste da Ucrânia que é controlada militarmente pelos russos. 

“O Wagner está perdendo mão de obra, equipamento e força considerável”, disse o coronel-general Oleksandr Syrskyi, sinalizando que “muito em breve” as forças ucranianas aproveitarão a oportunidade para recuperar o território perdido.

Putin enfraquecido?

Nas últimas semanas, a imprensa internacional relata que as forças russas parecem estar perdendo força em Donetsk. Mas o Wagner diz o contrário. 

Citando fontes próximas ao assunto, a Bloomberg informou que o líder dos mercenários, Yevgeny Prigozhin, estava se preparando para reduzir suas operações militares na Ucrânia depois que o comando militar russo cortou o fornecimento de pessoas e munições para o grupo. A agência diz que Prigozhin foi visto transferindo o foco para as operações na África.

Em uma resposta, Prigozhin afirmou: “Não sei o que a Bloomberg está relatando, mas aparentemente eles sabem melhor do que eu o que faremos a seguir. Enquanto nosso país precisar de nós, lutaremos no território da Ucrânia”.

O chefe dos mercenários está envolvido em uma disputa pública com o Ministério da Defesa da Rússia há meses, depois de criticar sua estratégia militar na Ucrânia. 

Recentemente, ele reclamou da falta de munição e apoio para seus combatentes na linha de frente em Bakhmut, no leste da Ucrânia, sugerindo que estava sendo sabotado propositalmente pelo governo de Putin. 

  • Já sabe como declarar seus investimentos no Imposto de Renda 2023? O Seu Dinheiro elaborou um guia exclusivo onde você confere as particularidades de cada ativo para não errar em nada na hora de se acertar com a Receita. Clique aqui para baixar o material gratuito.

Bakhmut também estava em banho-maria

Diante dos sinais de enfraquecimento das forças russas, o comandante ucraniano disse que o país também lançará uma contra-ofensiva “muito em breve” na área ao redor de Bakhmut, cenário de combates sangrentos por mais de sete meses.

A Ucrânia havia sinalizado anteriormente que lançaria uma contra-ofensiva na primavera (que no hemisfério Norte vai de março a junho), mas também esperava a chegada de mais armamento de aliados do Ocidente.

“Muito em breve aproveitaremos esta oportunidade, como já fizemos perto de Kiev, Kharkiv, Balakliya e Kupiansk”, afirmou Syrskyi.

O comandante ucraniano disse ainda que os soldados na linha de frente em Bakhmut demonstraram “resiliência, coragem e bravura sobre-humanas” diante do “fogo contínuo da artilharia e aeronaves inimigas”. 

*Com informações da CNBC

Compartilhe

PRESIDENTE HERMANO

Javier Milei terá semana decisiva: ministro negocia US$ 15 bilhões com FMI e vice tenta passar “pacotão” para destravar Argentina

14 de abril de 2024 - 12:44

Para atingir seus objetivos ultraliberais, o presidente conta com a ajuda do ministro da Economia, Luis Caputo, e de Victoria Villarruel, vice-presidente do país

TENSÕES AUMENTAM

Ataque do Irã deve fazer petróleo e dólar dispararem — mas o efeito nos juros será mais devastador para a economia

14 de abril de 2024 - 9:33

O Irã confirmou ter iniciado uma ofensiva com drones e mísseis contra Israel, em retaliação pelo ataque aéreo que destruiu o consulado iraniano em Damasco, no começo do mês

NO ORIENTE MÉDIO

Noite de terror: veja o que aconteceu nas últimas 24h entre Irã e Israel e como a escalada do conflito afeta o mundo

14 de abril de 2024 - 8:33

O contra-ataque é uma reação após um suposto ataque à embaixada iraniana em Damasco, que deixou um general e seis oficiais mortos

ACIRRAMENTO DAS TENSÕES

Irã fala em retaliação “calibrada” após ataque à embaixada na Síria e navio é capturado em estreito próximo da região 

13 de abril de 2024 - 10:24

O comando da Guarda Revolucionária, uma força paramilitar do Irã, usou um helicóptero para capturar um navio ligado a Israel perto do Estreito de Ormuz neste sábado

LUZ NO FIM DO TÚNEL?

Milei acertou a mão? Inflação na Argentina desacelera pelo terceiro mês seguido e abre espaço para corte de juros

12 de abril de 2024 - 18:59

A grande surpresa dos dados desta sexta-feira (12) foi o núcleo da inflação — aquele que não considera preços monitorados ou sazonais —, que subiu um dígito pela primeira vez desde outubro

ENCONTRO AGUARDADO

Javier Milei quer ajudar Elon Musk na batalha contra Alexandre de Moraes; confira os destaques do encontro entre o presidente da Argentina e o bilionário

12 de abril de 2024 - 16:23

De acordo o porta-voz da presidência, Milei ofereceu ajuda ajuda a Musk no conflito com o judiciário brasileiro a respeito do X, o antigo Twitter

OS TAMBORES DA GUERRA SOAM ALTO

Ataque em 48 horas e socorro da China: o que você precisa saber sobre a vingança do Irã contra Israel que pode abalar o mundo — as bolsas já sentem

12 de abril de 2024 - 15:05

Os mercados nesta sexta-feira (12) refletem a gravidade da situação geopolítica, com o petróleo tipo Brent batendo em US$ 92 o barril. Por aqui, o Ibovespa cai e o dólar atinge o maior valor em seis meses, a R$ 5,14.

GUERRA COMERCIAL

A China contra-ataca: entenda a medida de Xi Jinping que derrubou as ações das fabricantes de chips dos EUA

12 de abril de 2024 - 11:02

Governo chinês orientou as operadoras de telecomunicações a eliminar gradualmente os processadores estrangeiros

BARRIL DE PÓLVORA

Irã joga mais gasolina na fogueira da guerra e pode incendiar o Oriente Médio de vez

11 de abril de 2024 - 19:41

O risco de um conflito ampliado é tamanho que nesta quinta-feira (11), a Rússia e a Alemanha instaram os países do Médio Oriente a mostrarem moderação

FORNALHA EM CHAMAS

O caso de fraude que vai levar uma bilionária ao corredor da morte na Ásia

11 de abril de 2024 - 15:58

A magnata do setor imobiliário Truong My Lan foi considerada culpada de peculato, suborno e violação das regras bancárias relativas a empréstimos

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies