';

🔴 O ‘NOVO PETRÓLEO’ FOI ENCONTRADO E JÁ É MOTIVO DE DISPUTA NO MUNDO — DESCUBRA AQUI

Cotações por TradingView
2023-01-23T12:17:25-03:00
Camille Lima
SUCESSO NOS CINEMAS

Avatar 2 faz história: James Cameron é o único diretor com três filmes com mais de US$ 2 bilhões em bilheteria

A continuação “Avatar: O Caminho da Água” arrecadou US$ 2,023 bilhões desde a estreia, segundo o site The Numbers

23 de janeiro de 2023
12:17
James Cameron, diretor de “Avatar: O Caminho da Água”
James Cameron, diretor de “Avatar: O Caminho da Água” - Imagem: Divulgação

O diretor James Cameron entrou para a história com o lançamento de Avatar: O Caminho da Água. A continuação da franquia ambientada em Pandora ultrapassou a marca de US$ 2 bilhões em bilheteria no último final de semana, assegurando o 6º lugar no ranking de maiores arrecadações do cinema.

A continuação de Avatar arrecadou US$ 2,023 bilhões (R$ 10,53 bilhões) desde a estreia, segundo o site The Numbers. Com o sucesso inegável do longa-metragem, Cameron consagrou-se o único diretor do planeta com três filmes com mais de US$ 2 bilhões em bilheteria. 

Até hoje, apenas seis produções cinematográficas arrecadaram mais de US$ 2 bilhões na história do cinema — sendo três delas dirigidas por Cameron.

Segundo estimativas dos sites estrangeiros, a fortuna do diretor está estimada em US$ 700 milhões atualmente — sendo que, só pelo primeiro filme da franquia de Avatar, o diretor recebeu cerca de US$ 350 milhões.

Quem é James Cameron?

Apesar do que se possa esperar de um dos maiores diretores da história do cinema, James Cameron começou sua carreira muito longe dos telões: durante a juventude, Cameron ocupou outra direção, trabalhando como motorista de caminhão. 

A vida profissional do jovem tomou uma guinada diferente após assistir ao primeiro filme da franquia Star Wars, "Guerra nas Estrelas: Episódio IV – Uma Nova Esperança". 

A aparição da Princesa Leia e de Luke Skywalker nas telas fez Cameron abandonar o trabalho de motorista para tentar carreira no cinema.

Em 1978, Cameron e o amigo Randall Frakes juntaram US$ 20 mil de um grupo de dentistas da Califórnia para produzirem um curta-metragem de ficção científica, o “Xenogenesis”.

Apesar de o curta não ter dado tão certo, "Xenogenesis" rendeu a Cameron um emprego na extinta New World Pictures, fundada pelo produtor Roger Corman, em 1980.

O jovem conseguiu uma vaga para atuar como diretor de arte, montador de miniaturas e supervisor de projeção de processo no filme “Mercenários das Galáxias”, dirigido por Corman, onde trabalhou com efeitos especiais.

"Isso foi no início dos anos 80. Quando eles veem que você tem criatividade e resistência, e que basicamente entende de cinema, não é um salto ridículo naquele ambiente dizer: 'Agora quero tentar minha mão. Eu quero dirigir'", contou Cameron em uma entrevista.

James Cameron como diretor

A primeira iniciativa de Cameron na área de direção cinematográfica durou pouco: em 1981, o jovem dirigiu o filme “Piranhas 2: Assassinas Voadoras” durante duas semanas, até ser demitido. No final, a saída foi providencial, já que a produção foi um fracasso e conta com uma avaliação de 6% no site Rotten Tomatoes.

Porém, a demissão não o desanimou. Determinado a trabalhar como diretor novamente, ele escreveu e dirigiu “O Exterminador do Futuro”, de 1984, estrelado por Arnold Schwarzenegger. 

"Ninguém me contrataria e apenas me colocaria em um filme. Eu teria que criar minhas próprias coisas e me agarrar fortemente a isso para poder dirigir novamente, e é por isso que escrevi 'O Exterminador do Futuro'. Muitas pessoas tentaram comprar esse roteiro, mas eu não venderia para eles a menos que eu fosse o diretor”, contou Cameron à Academy of Achievement.

Apesar de ser um filme independente com baixo orçamento, a produção foi um sucesso justamente devido à direção de Cameron — e hoje é considerada uma das mais icônicas da década de 1980. O filme acumulou mais de US$ 78,3 milhões em bilheteria global.

Com o sucesso de "O Exterminador do Futuro", Cameron produziu uma série de filmes de ação e ficção científica que contaram com um orçamento maior. Entre as produções que dirigiu, destaque para a sequência de "Alien", considerada tão boa quanto o filme original de Ridley Scott.

Em 1991, Cameron estreou a sequência de “Exterminador do Futuro”. Com efeitos visuais impressionantes para a época, a continuação do filme arrecadou US$ 520,8 milhões ao redor do mundo.

A empreitada de Titanic

Em 1990, James Cameron formou sua própria produtora, a Lightstorm Entertainment. Sete anos depois, o diretor escreveu e dirigiu Titanic, um romance sobre dois jovens amantes de classes sociais diversas que se encontram no famoso transatlântico que naufragou logo na primeira viagem. 

Financiado pelos gigantes estúdios Paramount Pictures e 20th Century Fox, James Cameron aceitou três condições para o filme: um orçamento de produção de US$ 110 milhões, lançamento em 4 de julho de 1997 e duração máxima de três horas. 

Na realidade, o filme estreou em 19 de dezembro, com 3h14 de duração. Na época do lançamento, o filme ganhou a coroa de produção mais cara já feita na história, com o custo astronômico de US$ 200 milhões — apenas o dobro do valor limite imposto pela Fox .

Cameron chegou a mergulhar para gravar cenas no verdadeiro Titanic, a cerca de 4 mil metros de profundidade. Além das cenas submersas no navio verdadeiro, o diretor decidiu construir uma réplica à embarcação que naufragou, custando em torno de US$ 7,5 milhões.

O longa-metragem quebrou todos os recordes e ganhou onze Oscars, incluindo o de melhor filme e de diretor para Cameron.

Até hoje, a produção arrecadou US$ 2,207 bilhões nas bilheterias ao redor do planeta. Isso garantiu o lugar de maior bilheteria do mundo de todos os tempos por 12 anos.

A 20th Century Studios afirmou recentemente que o longa-metragem de romance de Jack e Rose voltará aos cinemas em fevereiro deste ano, para celebrar os 25 anos da produção — o que pode aumentar ainda mais a bilheteria do filme.

O sucesso de Avatar

Após um grande hiato de quase 12 anos na cadeira de diretor, em 2009, James Cameron bateu seus próprios recordes — tanto em bilheteria quanto em custos de produção — ao dirigir Avatar.

Como costuma ocorrer nos filmes de Cameron, Avatar teve um orçamento astronômico e extremamente flexível, que chegou a US$ 237 milhões.

O filme foi pioneiro na introdução da tecnologia de filme 3D nos telões e foi indicado a nove categorias no Oscar — levando três estatuetas para casa.

O longa-metragem foi exibido nos cinemas por 234 dias e acumulou uma arrecadação global de US$ 2,9 bilhões em bilheteria. Com isso, a produção destronou Titanic e assumiu a coroa de maior bilheteria da história — posição essa que mantém até hoje após ser desbancado por um breve período por Vingadores: Ultimato.

Aliás, os irmãos Anthony Russo e Joe Russo, de "Vingadores", são os únicos além de Cameron a contar com mais de um filme na seleta lista dos que ultrapassaram US$ 2 bilhões nas bilheterias.

Após 13 anos de espera, Avatar 2

Avatar foi um verdadeiro sucesso cinematográfico — e, após 13 anos de espera que contaram com reviravoltas, adiamentos e troca de estúdios, o retorno a Pandora finalmente chegou às salas de cinema.

A sequência da saga dirigida por James Cameron, “Avatar: O Caminho da Água”, conquistou o posto de 6ª maior bilheteria da história.

Com pouco mais de um mês de lançamento, o filme arrecadou US$ 2,023 bilhões desde a estreia, de acordo com dados do site The Numbers, o que deve assegurar as sequências da franquia.

O futuro de Avatar dependia de um sucesso arrebatador nos cinemas. A meta de arrecadação era de mais de US$ 2 bilhões em bilheteria para o filme ser considerado lucrativo para a Disney — marca alcançada após pouco mais de um mês de lançamento do filme.

Isso porque o filme custou entre US$ 350 milhões e US$ 400 milhões à dona do Mickey — bem além do orçamento inicial, de US$ 250 milhões. 

Avatar 2 ainda desbancou um dos super-heróis favoritos da Marvel. Até hoje, o filme “Homem-Aranha: Sem Volta para Casa” somou US$ 1,92 bilhão em bilheteria, passando para o 7º lugar na lista de maiores sucessos dos cinemas.

Confira o ranking atualizado dos 10 maiores sucessos do cinema:

RankingNomeBilheteria global (US$)Bilheteria nos EUA (US$)Ano de lançamento
AvatarUS$ 2.899.384.102US$ 785.221.6492009
Vingadores: UltimatoUS$ 2.794.731.755US$ 858.373.0002019
TitanicUS$ 2.207.986.545US$ 659.363.9441997
Star Wars – Episódio VII: O Despertar da ForçaUS$ 2.064.615.817US$ 936.662.2252015
Vingadores: Guerra InfinitaUS$ 2.048.359.754US$ 678.815.4822018
Avatar: O Caminho da ÁguaUS$ 2.023.961.353US$ 597.961.3532022
Homem-Aranha: Sem Volta para CasaUS$ 1.910.048.245US$ 814.115.0702021
Jurassic WorldUS$ 1.669.963.641US$ 652.306.6252015
O Rei LeãoUS$ 1.647.733.638US$ 543.638.0432019
10ºOs VingadoresUS$ 1.515.100.211US$ 623.357.9102012
Fonte: The Numbers

*Com informações de Business Insider e IMDB

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

NÃO É SÓ NO BRASIL

Homem mais rico da Índia, Gautam Adani perde mais de US$ 22 bilhões em fortuna após acusações de fraude; entenda

27 de janeiro de 2023 - 11:55

O dono do Adani Group desabou quatro posições no ranking de bilionários da Forbes depois das acusações, com patrimônio atualmente avaliado em US$ 96,6 bilhões

SEMANA EM CRIPTO

Bitcoin (BTC) sobe mais uma semana antes da Super Quarta; veja o que esperar das criptomoedas com o Banco Central americano no radar

27 de janeiro de 2023 - 11:33

Na semana que vem, o Federal Reserve decidirá sobre os juros dos Estados Unidos e pode animar o mercado já aquecido

BATALHA SOCIETÁRIA

Na disputa com Tanure, Esh Capital volta a aumentar participação na Gafisa (GFSA3)

27 de janeiro de 2023 - 9:41

A gestora de Vladimir Timerman comprou mais ações e aumentou a participação na Gafisa para aproximadamente 15,8%

AQUILO QUE AINDA NÃO SABEMOS

Americanas (AMER3): Confira seis perguntas que seguem sem resposta duas semanas após a revelação do rombo bilionário

27 de janeiro de 2023 - 9:28

Mercado assumiu postura de desconfiança diante das falhas de comunicação e daquilo que encaram como falta de transparência por parte da Americanas (AMER3)

FAZENDO HISTÓRIA

Fim da ‘Guerra Infinita’? Avatar 2 derrota Vingadores e se torna a 5ª maior bilheteria da história do cinema

27 de janeiro de 2023 - 9:27

Após menos de dois meses desde a estreia, a produção atingiu a marca de US$ 2,054 bilhões (cerca de R$ 10,41 bilhões) em arrecadação, segundo o Box Office Mojo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies