🔴 RENDA MÉDIA DE R$ 21 MIL POR MÊS COM 3 CLIQUES – SAIBA COMO

Cotações por TradingView
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Remunerando o acionista

A TIM (TIMS3) quer pagar R$ 2,3 bilhões em dividendos e JCP em 2023 — e planeja aumentar a cifra nos anos seguintes

A Tim quer pisar no acelerador do volume de dividendos e JCP pagos aos acionistas; os planos também envolvem algumas métricas financeiras

Victor Aguiar
Victor Aguiar
14 de fevereiro de 2023
19:26 - atualizado às 22:34
Fachada de loja da Tim (TIMS3) | Dividendos
Imagem: Divulgação

A TIM distribuiu R$ 2 bilhões em proventos aos acionistas em 2022: R$ 1,4 bilhão sob a forma de juros sobre capital próprio (JCP) e outros R$ 600 milhões em dividendos. São cifras relevantes e que fazem a alegria de quem detém as ações TIMS3; a empresa, no entanto, quer remunerar a sua base com quantias cada vez maiores.

Ao menos, é o que indica o plano estratégico 2023-2025, publicado há pouco pela TIM. Nele, a tele deixa claro que, entre as suas metas para este ano, está o pagamento de cerca de R$ 2,3 bilhões em proventos — a companhia não deixa claro qual a proporção entre JCP e dividendos neste montante.

E mais: para os anos seguintes — portanto, 2024 e 2025 — a Tim diz esperar uma 'evolução contínua' nas cifras a serem distribuídas aos investidores sob a forma de dividendos e JCP.

"A TIM projeta uma melhora na dinâmica geral dos negócios, impulsionada pela combinação de uma maior base de receita com sólida tendência de recuperação de margem e melhores oportunidades de eficiência de capex e um caminho claro para otimização dos gastos com arrendamentos", diz a companhia, em relação ao triênio 2023-2025.

  • O Seu Dinheiro acaba de liberar um treinamento exclusivo e completamente gratuito para todos os leitores que buscam receber pagamentos recorrentes de empresas da Bolsa. [LIBERE SEU ACESSO AQUI]

TIM: dividendos e outras metas

Além do pagamento mais volumoso de proventos, seja na forma de dividendos ou na de JCP, a TIM (TIMS3) também forneceu algumas estimativas operacionais e financeiras referentes aos próximos três anos, em especial a 2023.

É o caso do comportamento da receita de serviços que, segundo a companhia, deve crescer pouco menos de 10% em relação a 2022, quando totalizou R$ 20,8 bilhões. Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), que somou R$ 10,2 bi no ano passado, deve se expandir em pouco mais de 10% na base anual.

Considerando o horizonte de 2024 e 2025, a TIM diz que as receitas de serviços vão aumentar a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR, na sigla em inglês) de perto de 5%; já o Ebitda tende a contar com um CAGR mais próximo dos 10%.

Por fim, os investimentos da TIM previstos para o ano tendem a ficar abaixo dos 20% da receita líquida; considerando o triênio de 2023 a 2025, o volume total de capex, em termos nominais, é de cerca de R$ 13,3 bilhões — a empresa lista três pontos de atenção para a alocação de capital:

  • Sinergias do espectro adquirido já garantidas;
  • Descarregamento do tráfego 4G após o lançamento acelerado do 5G; e
  • Manutenção de uma abordagem leve em ativos para a expansão da rede de fibra óptica (FTTH).

Proventos, dividendos e planos estratégicos

Esta não é a primeira vez que a Tim (TIMS3) divulga um plano trienal: o anúncio de hoje, na verdade, é uma continuidade do projeto 2022-2024 — e, ao menos no ano passado, a companhia atingiu seus objetivos com uma exatidão bastante impressionante.

Lembra-se da receita de serviços, que chegou a R$ 20,8 bilhões em 2022? Pois bem: ela representa um salto de 19,3% em relação ao ano anterior; a TIM trabalhava com uma expansão "de dois dígitos" para a linha.

O mesmo acontece em outros quesitos do guidance: projetava-se um crescimento também de dois dígitos para o Ebitda, e o avanço alcançado foi de 17,2%; os investimentos projetados para 2022 eram da ordem de R$ 4,8 bilhões; o o capex total no ano ficou apenas R$ 100 milhões abaixo do previsto.

E, como já foi falado: a TIM distribuiu R$ 2 bilhões em dividendos e JCP no ano passado — é exatamente a quantia que havia sido planejada no projeto 2022-2024.

TIM: nova CFO

Por fim, a TIM (TIMS3) aproveitou a ocasião para anunciar a sua nova diretora financeira (CFO): Andrea Palma Viegas Marques irá suceder Camille Faria, que deixou a companhia para assumir a mesma cadeira na Americanas (AMER3), em meio às turbulências vividas pela varejista.

Andrea Viegas está no grupo TIM há 17 anos e é formada em administração pela Universidade Cândido Mendes, com MBA em finanças corporativas pelo Ibmec; ela ocupava a função executiva de diretora de planejamento e controle da companhia. Sua posse está prevista para o dia 1º de março.

Compartilhe

DEPOIS DOS BALANÇOS

O pior já passou para a Americanas (AMER3)? CEO diz que varejista está “onde queria” neste momento — mas ainda falta muito para o equilíbrio

26 de fevereiro de 2024 - 15:01

Além dos resultados atrasados dos nove meses iniciais de 2023, a varejista anunciou que o plano de recuperação judicial foi homologado pela Justiça do Rio de Janeiro

U9

A China vai passar por cima da Ferrari? O novo supercarro elétrico da BYD que promete fazer o esportivo dos sonhos comer poeira

26 de fevereiro de 2024 - 14:31

A chinesa revelou neste fim de semana um novo supercarro elétrico que, segundo ela, pode atingir velocidades semelhantes às dos modelos de última geração produzidos por gigantes da indústria

PROBLEMAS NO PORTFÓLIO

Fiagro quer executar garantias de CRA após empresa de biocombustíveis pedir blindagem temporária de dívidas na Justiça

26 de fevereiro de 2024 - 13:28

O VCRA11 investe em títulos ligados à Brasil Bio Fuels, companhia que conseguiu uma tutela cautelar de urgência contra execução de dívidas

EM OUTRAS TERRAS

Vale (VALE3) vai receber US$ 160 milhões por venda de operação na Indonésia

26 de fevereiro de 2024 - 10:55

Após o fechamento da transação — algo que só deve acontecer no fim de 2024 —, subsidiária da Vale manterá exposição à PTVI como uma joint venture não operada

LOGÍSTICA EM FOCO

Sequoia (SEQL3) e Grupo Move3 recebem sinal verde do Cade para fusão

26 de fevereiro de 2024 - 9:03

A fusão aprovada pelo Cade cria um dos líderes no segmento de encomendas expressas e soluções logísticas no setor privado, de acordo com a Sequoia

Foguete não tem ré?

Petrobras (PETR4) bate 6 recordes em valor de mercado só em fevereiro e já vale R$ 571 bilhões; hora de vender as ações?

25 de fevereiro de 2024 - 17:19

Analistas explicam o bom desempenho da estatal na bolsa, mas acreditam que pode ser hora de reduzir a exposição no papel

óleo, gás e... fertilizantes

Petrobras (PETR4) anuncia aumento da produção com nova plataforma no pré-sal e religação de fábrica de fertilizantes

25 de fevereiro de 2024 - 13:00

Estatal divulgou a ida do navio-plataforma Marechal Duque de Caxias para o campo de Mero, na bacia de Santos, e a religação de uma fábrica de fertilizantes

Carta aos acionistas

Em carta anual aos acionistas, Warren Buffett elogia suas empresas favoritas, mas diz ver poucas oportunidades novas para investir

24 de fevereiro de 2024 - 16:39

Saiba quais são as queridinhas da carteira do megainvestidor, que tem ainda US$ 167,6 bi em caixa, mas não vê boas candidatas a novos investimentos

Warren Buffett

Berkshire Hathaway vê lucro operacional saltar 28% no 4T23 e bate recorde de caixa; veja os principais números da empresa em 2023

24 de fevereiro de 2024 - 15:36

Empresa do megainvestidor Warren Buffett está sentada sobre uma pilha de dinheiro de US$ 167,6 bilhões

Desceu quadrado

Para grandes credores da Light (LIGT3), não é possível aprovar novo plano de recuperação judicial da empresa

24 de fevereiro de 2024 - 14:54

Só os pequenos credores teriam apoiado novo plano de RJ da empresa, diz fonte; Light tem muitas debêntures na mão de pessoas físicas

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies