🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
DOEU NO BOLSO

O preço da fake news com Warren Buffett: IRB (IRBR3) vai pagar US$ 5 milhões por informação falsa

Acordo com a Justiça dos EUA prevê ainda que a resseguradora aprimore práticas de controles internos, governança e conformidade — e será acompanhada por um período de até três anos

Tela de celular mostra logotipo do IRB Brasil RE com gráfico ao fundo
Imagem: Shutterstock

Qual é o valor de uma informação falsa? Para o IRB (IRBR3) o preço será salgado: US$ 5 milhões ou R$ 25,2 milhões, no câmbio atual. A resseguradora informou nesta segunda-feira (24) que fechou um acordo com o Departamento de Justiça dos EUA para acabar com um imbróglio envolvendo a Berkshire Hathaway, de Warren Buffett

Fernando Passos, ex-vice-presidente de finanças e relações com investidores do IRB, teria plantado a história falsa de que a holding de Buffett investiu na resseguradora. 

O ex-CFO do IRB acabou sendo processado pela SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA sob a acusação de fabricar documentos e ordenar que eles fossem fornecidos à mídia, fazendo com que o IRB desse declarações falsas e enganosas diretamente aos investidores e para pelo menos um analista. 

Além do montante a ser pago, o acordo de hoje prevê ainda que o IRB coopere com o DOJ e aprimore suas práticas de controles internos, governança e conformidade, submetendo-se ao acompanhamento e reporte periódico por até três anos.

  • Já sabe como declarar seus investimentos no Imposto de Renda 2023? O Seu Dinheiro elaborou um guia exclusivo onde você confere as particularidades de cada ativo para não errar em nada na hora de se acertar com a Receita. Clique aqui para baixar o material gratuito.

IRB: o efeito da fake news 

As ações do IRB dispararam em 27 de fevereiro de 2020, embaladas pela notícia de que a Berkshire teria aproveitado a baixa dos papéis para ampliar a participação na resseguradora.

Na época, as ações acumulavam baixa de mais de 30% na esteira da informação de que a gestora Squadra estava operando vendida em IRBR3, visando obter lucro com a desvalorização do ativo.

A holding de Buffett negou a informação da compra no dia 3 de março, levando os papéis do IRB a uma queda de mais de 35%. 

Tinha mais por trás dessa história

Meses depois do ocorrido, em junho de 2020, o IRB informou que havia concluído uma investigação independente realizada pela KPMG pela Felsberg Advogados sobre a informações falsas relacionadas a base acionária da empresa. 

Além disso, de identificar os responsáveis pela disseminação da fake news, o IRB indicou que a nova diretoria da resseguradora encontrou irregularidades no pagamento de potenciais bônus a ex-diretor e outros colaboradores do IRB e suas controladas. 

O montante identificado nos supostos atos corruptos que, de acordo com informações do Estadão na época, estariam ligados à venda de imóveis, era de cerca de R$ 60 milhões.

Compartilhe

DINHEIRO NO BOLSO

Dividendos milionários: TIM (TIMS3) e Telefônica (VIVT3) anunciam mais de R$ 475 milhões em proventos; confira as datas

14 de junho de 2024 - 19:42

Distribuição de juros sobre o capital próprio será feita aos acionistas que estiverem na base acionária em junho

desastre climático

Tragédia no Rio Grande do Sul: Confira as perdas do varejo causadas pelas enchentes

14 de junho de 2024 - 18:03

Turismo no RS teve perdas de mais de R$ 1,3 bilhão durante o mês de maio, segundo a CNC

POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Ação da Ultrapar já caiu 15% em 2024 — e é hora de adicionar UGPA3 na carteira, segundo Citi 

14 de junho de 2024 - 17:26

Perspectiva positiva do banco para os papéis tem base em três pilares: rentabilidade da Ultragaz, maiores vendas da Ultracargo e concorrência saudável na indústria de distribuição de combustíveis

UNIÃO ESTÁVEL

Após criação de joint venture com Amil, Dasa (DASA3) diz que fusão “não é prioridade” neste momento

14 de junho de 2024 - 16:26

Em call com analistas do mercado, estavam o presidente da Dasa, Lício Tavares Angelo Cintra, e o diretor financeiro da empresa, André Covre Fechar

Mayday

Boeing investiga qualidade dos 787 Dreamliner ainda não entregues

14 de junho de 2024 - 14:46

Companhia descobriu que fixadores foram instalados incorretamente nas carrocerias dos jatos

ABRIU O APETITE

Ação da dona do McDonald´s na América Latina amarga queda de 28% em NY em 2024. É hora de abocanhar um pedaço?

14 de junho de 2024 - 13:22

Goldman Sachs prevê que os papéis da Arcos Dorados podem subir mais de 50% na Nyse em um ano; saiba o que fazer com as ações

Dinheiro na conta

Proventos milionários: B3 irá pagar quase meio bilhão de reais em dividendos e juros sobre capital próprio

14 de junho de 2024 - 12:23

Quem quiser receber uma parte dessa bolada tem até dia 18 de junho para comprar ações da companhia

FUSÕES E AQUISIÇÕES

Bom para saúde? Dasa (DASA3) e Amil selam parceria de serviços hospitalares e se tornam o segundo maior grupo de hospitais do país

14 de junho de 2024 - 8:11

O negócio é uma joint venture (empreendimento controlado em conjunto), da qual Amil e Dasa deterão 50% do capital cada

NOVO NEGÓCIO

Braskem (BRKM5) vende controle da Cetrel para GRI de olho no setor de resíduos industriais

13 de junho de 2024 - 19:47

Petroquímica passa a deter 49,9% da empresa de gestão de resíduos

Socorro governamental

Com medida provisória, governo tenta salvar a combalida Amazonas Energia

13 de junho de 2024 - 18:53

Ministério de Minas e Energia avalia que a saúde econômico-financeira da companhia está deteriorada

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar