🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @Renan_SanSousa
EMBATE DO SÉCULO

Maquininhas X PIX: Ação da Cielo (CIEL3) sobe mais de 2% após trégua em disputa do BC com Whatsapp por pagamentos instantâneos

Para entender a história, é preciso voltar para 2020 quando o Whatsapp Pay estava prestes a sair na frente da concorrência com o PIX

Renan Sousa
Renan Sousa
3 de março de 2023
11:46
Cielo (CIEL3) acerta parceria com Whatsapp e permissão do Banco central.
Imagem: Montagem Seu Dinheiro

Não é de hoje que os brasileiros são fãs de métodos de pagamento inovadores. O PIX, por exemplo, teve uma adesão em massa da população — três anos depois, pouca gente se vê sem ele. Mas a história de transações instantâneas tinha uma pequena disputa que envolvia o Banco Central e a Cielo (CIEL3) — e se encerrou na quinta-feira (02).

Para entender a história, é preciso voltar para 2020 — mais especificamente o mês de junho, quando o Conselho Administrativos de Defesa Econômica (Cade) e o BC suspenderam o chamado Whatsapp Pay — que passará a se chamar Meta Pay no futuro —, o sistema de pagamentos via aplicativo de mensagens Whatsapp, da Meta, antigo Facebook. 

Acontece que, em outubro daquele mesmo ano, o BC lançou o PIX, o sistema de pagamentos instantâneo brasileiro. Coincidentemente ou não, em março de 2021 a autoridade monetária brasileira liberou pagamentos pelo Whatsapp. 

  • O SEGREDO DOS MILIONÁRIOS: as pessoas mais ricas do Brasil não hesitam em comprar ações boas pagadoras de dividendos. Veja como fazer o mesmo neste treinamento exclusivo que o Seu Dinheiro está liberando para todos os leitores.

Na época, havia um sentimento de que o Banco Central teria dado uma “pedalada” para lançar sua tecnologia antes do Meta Pay.

Seja como for, tanto a Cielo quanto a autoridade monetária brasileira colocaram as armas de lado com o anúncio de ontem do BC de que “não há mais impedimentos regulatórios para a realização de transações de compra com cartão de crédito, de débito e pré-pago por meio do WhatsApp”. 

Com isso, a expectativa é de que os serviços do Meta Pay sejam ampliados com a entrada de instituições de pagamento — e a Cielo tem grandes chances de sair na frente com isso. 

Cielo e os pagamentos instantâneos

Há quem veja a jogada do Banco Central em 2020 como uma maneira de garantir a concorrência. A Cielo domina o setor de maquininhas de cartão de crédito com 30% do segmento contra 11% da sua principal concorrente, a PagSeguro.

Ao suspender a parceria entre a Cielo e a Meta, as autoridades do Cade e do BC evitaram um monopólio do setor, argumentando que “ambas empresas têm participação significativa no mercado”.

Atualmente, com o avanço das concorrentes no setor das instituições de pagamento, bem como o PIX e outras formas de transações instantâneas, essa liberação já não é um problema tão grande para o mercado.

Expectativas a partir de agora

Com as novas funcionalidades de crédito, débito e pré-pago, a expectativa é de um fortalecimento das vendas via Whatsapp.

O aplicativo de mensagens já conta com o segmento business para negócios e pagamentos peer-to-mobile (P2M, “pessoa para telefone”, na tradução do inglês).

E o mercado parece ter reagido bem à notícia. Por volta das 11h, CIEL3 figurava entre as maiores altas do Ibovespa, subindo pouco mais de 2,30%.

Um acerto do BC contra a Cielo?

Entretanto, na visão dos analistas do Bradesco BBI, as mudanças não devem gerar tanto impacto imediato no setor de instituições de pagamentos. Isso porque o PIX já é amplamente usado para transações do tipo P2M.

Compartilhe

CRISE NA ESTATAL

Justiça nega pedido por assembleia na Petrobras (PETR4) que atrasaria posse de Magda Chambriard

18 de maio de 2024 - 17:02

Em sua reclamação na Justiça, o deputado do Novo alega que, eventualmente reconhecida a queda do CA em efeito dominó após a saída de Prates

QUASE 10 ANOS DEPOIS

Vale (VALE3), BHP e Samarco fazem nova proposta de R$ 127 bilhões para compensar tragédia em Mariana, mas acordo não deve evoluir agora

18 de maio de 2024 - 14:44

Valor de R$ 127 bilhões oferecido na última proposta, do final de abril, foi mantido, mas as empresas retomariam agora obrigações que tinham ficado de fora

SUBIU, DESCEU

Volta da febre das “meme stocks”: GameStop cai quase 20% em um único pregão, mas fecha semana com ganhos de 23%

18 de maio de 2024 - 13:26

Também pressionaram os papéis da mais famosa “ação meme” a divulgação de dados trimestrais preliminares da empresa

Dá o play!

Óleo no chope da bolsa: como ficam seus investimentos após mais uma intervenção na Petrobras (PETR4)

18 de maio de 2024 - 11:00

O podcast Touros e Ursos recebeu Karina Choi, sócia da Cordier Investimentos, para comentar os possíveis impactos da decisão do presidente Lula de demitir Jean Paul Prates da presidência da estatal

DISPUTA JUDICIAL

Justiça de SP suspende embargo das obras do principal projeto da JHSF (JHSF3) após mais de um mês de paralisação

18 de maio de 2024 - 9:12

O relator do documento é Ruy Alberto Leme Cavalheiro, da 1ª Câmara Reservada ao Meio Ambiente

HORA DE VENDER?

Rumo: por que o Goldman Sachs calcula um potencial de ganho menor para as ações RAIL3

17 de maio de 2024 - 16:19

O banco norte-americano reduziu o preço-alvo dos papéis de R$ 27 para R$ 24,50 — o que representa um potencial de valorização de 16,5% com relação ao último fechamento

CHAMA O VAR

Com mais de R$ 395 milhões em dívidas, Polishop pede recuperação judicial, mas bancões tentam reter valores

17 de maio de 2024 - 15:09

Além da recuperação judicial, a Polishop vem tentando se blindar dos credores financeiros por meio de cautela tutelar

COMPRAR OU VENDER?

A Positivo pode mais? As ações POSI3 já subiram 50% este ano e esse banco gringo conta para você se há espaço para mais

17 de maio de 2024 - 13:46

Os papéis da empresa sobem cerca de 5% nesta sexta-feira (17), embalados pela nova recomendação do UBS BB; confira se chegou o momento de colocar ou tirar esses ativos da carteira

INVESTIMENTOS

Seguro mais seguro: por que o JP Morgan elevou recomendação para IRB Re (IRBR3) mesmo com catástrofe no RS?

17 de maio de 2024 - 11:07

Nas contas do banco norte-americano, o IRB é a companhia de seguros mais exposta ao RS, podendo ter um impacto de 15% a até 30% nos lucros até o fim de 2024

PODE BEIJAR!

3R Petroleum (RRRP3) e Enauta (ENAT3) oficializam fusão e formam uma das maiores operadoras de petróleo do Brasil; ações sobem na B3

17 de maio de 2024 - 9:41

De acordo com os termos do acordo, a 3R irá incorporar a Enauta e deterá 53% da nova empresa resultante da fusão, enquanto os acionistas da segunda empresa ficarão com 47% do negócio

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar