🔴 HERANÇA EM VIDA? NOVO EPISÓDIO DE A DINHEIRISTA! VEJA AQUI

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
PARILLA NA BRASA

Minerva (BEEF3) faz churrasco uruguaio e vira líder na produção de carne bovina no país vizinho com nova aquisição

Minerva anuncia um acordo para a compra da BPU Meat, frigorífico do país vizinho voltado para exportação, e amplia presença no exterior; veja os detalhes do negócio

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
31 de janeiro de 2023
8:44 - atualizado às 8:53
Celular com a marca Minerva Foods (BEEF3) na tela e também ao fundo
Celular com a marca Minerva Foods (BEEF3) - Imagem: Shutterstock

O seu próximo churrasco com carne uruguaia agora pode ter como fornecedor a Minerva (BEEF3). Isso porque a empresa brasileira anunciou um acordo para a compra da BPU Meat, frigorífico do país vizinho voltado para a exportação, por US$ 40 milhões (R$ 205 milhões, no câmbio atual).

Desta forma, a Minerva amplia ainda mais a presença no exterior e reforça as receitas em moeda estrangeira. Vale lembrar que a aquisição da BPU Meat acontece três meses depois da compra da Australian Lamb Company, uma das principais processadoras de ovinos da Austrália.

Além disso, o negócio coloca a companhia como na posição de líder na produção de carne bovina no Uruguai. A companhia conta agora com uma capacidade total de abate de 3.700 cabeças por dia no país, em quatro unidades frigoríficas: Pul, Carrasco, Canelones e, agora, BPU.

“Essa é mais uma iniciativa da Minerva Foods em consonância com a sua estratégia de ampliação da diversificação geográfica”, informou a companhia, em comunicado.

Quem é a BPU Meat

Com capacidade de abate de 1.200 cabeças por dia, a Breeders and Packers Uruguay (BPU Meat) é uma subsidiária da NH Foods.

Localizada na cidade de Durazno, a unidade destina atualmente 85% das vendas para o exterior. Entre eles, os chamados "mercados premium", como Europa, Estados Unidos, Japão, Coréia do Sul e China, de acordo com a Minerva.

De fato, o Uruguai é um tradicional exportador de carne bovina, responsável por aproximadamente 5% do mercado, ainda de acordo com a companhia.

“Acreditamos que a consolidação das nossas operações no Uruguai deve permitir significativas sinergias operacionais e comerciais, ampliando assim as oportunidades de arbitragem no mercado internacional de carne bovina”, acrescentou a Minerva, no comunicado.

Vale a pena compra as ações da Minerva (BEEF3)?

Ainda resta saber como o mercado vai reagir ao novo movimento da Minerva. Mas a estratégia de expansão internacional do frigorífico vem passando pelo crivo do mercado com louvor até o momento.

Afinal, as ações do Minerva (BEEF3) acumulam alta de quase 50% nos últimos 12 meses, enquanto que o Ibovespa — o principal índice acionário da B3 — segue patinando perto do zero a zero no mesmo período.

Não apenas os investidores como os analistas também apostam nas ações da Minerva. Os papéis possuem hoje 11 recomendações de compra, três de manutenção e nenhuma de venda, de acordo com dados da plataforma Trademap.

Compartilhe

ATRAVESSOU O ENREDO

Goldman eleva recomendação para 3R Petroleum (RRRP3) e fusão com Enauta (ENAT3) é só um dos motivos

18 de abril de 2024 - 12:02

O que mais chamou a atenção dos analistas é a melhora da relação entre o risco e o retorno da empresa, em um cenário de alta do petróleo e depreciação do real frente ao dólar

NOVOS INVESTIMENTOS

Petrobras (PETR4) anuncia parceria com empresa chinesa para projetos de energias renováveis e transição energética

18 de abril de 2024 - 11:17

Apesar do destaque para energias renováveis, parceria da Petrobras com a China National Chemical Energy Company também inclui acordos comerciais para exploração de petróleo

FABRICANTE DE CHIPS

Mesmo com lucro quase 10% maior, por que investidores penalizam as ações da “rival” da Nvidia, a TSMC?

18 de abril de 2024 - 10:29

Os lucros da TSMC são vistos como um indicador para a demanda global por chips, devido ao seu papel fundamental na indústria de fabricação e à importância de seus clientes

OFERTA DE AÇÕES

Sabesp (SBSP3): governo Tarcísio define modelo de privatização e autoriza aumento de capital de até R$ 22 bilhões; saiba como vai funcionar

18 de abril de 2024 - 10:21

Venda do controle da Sabesp ocorrerá via oferta de ações, com seleção de acionista de referência pelo mercado a partir das duas melhores propostas

O TAL DO MULTIFAMILY

Dona de 5 mil apartamentos, Brookfield aposta no mercado residencial para a renda e diz o que falta para o segmento decolar no Brasil

18 de abril de 2024 - 6:05

Demanda não falta, mas o vice-presidente sênior da gestora lista duas grandes dificuldades que o multifamily enfrenta no país

AS ÁGUAS VÃO ROLAR

A privatização da Sabesp vem aí: cidade de São Paulo dá um passo fundamental para a desestatização da companhia

17 de abril de 2024 - 20:18

Entre os cerca de 370 municípios atendidos pela Sabesp, São Paulo representa entre 45% e 50% da receita total da empresa de saneamento

MERCADO LOGÍSTICO

Muito além de Cajamar: Log (LOGG3) prevê maior demanda por galpões fora do Sudeste, mas ainda nos grandes centros

17 de abril de 2024 - 16:31

No quarto trimestre, por exemplo, a companhia entregou 131 mil metros quadrados em Salvador, Brasília e Maceió

POR QUE A PRESSA?

Vale (VALE3): a surpresa dos dados que fazem as ações subirem e os bancões correrem

17 de abril de 2024 - 14:47

A mineradora apresentou dados operacionais do primeiro trimestre de 2024 e o mercado refez as contas sobre como será o desempenho financeiro da companhia, que ainda tem pedras no caminho — saiba se é hora de comprar ou vender

ELE MERECE?

Tesla pede a acionistas que votem para aprovar pagamento de US$ 56 bilhões a Elon Musk barrado pela Justiça; entenda o caso

17 de abril de 2024 - 13:17

O bônus ao bilionário foi aprovado em 2018, mas o Tribunal de Delaware barrou o pacote após uma extensa disputa judicial entre um dos acionistas da Tesla e o CEO da companhia

O MERCADO NÃO GOSTOU

Vai decidir quando? Oi (OIBR3) adia pela quarta vez assembleia de credores que votará plano de recuperação judicial  — ações tocam mínima na bolsa

17 de abril de 2024 - 12:11

Os papéis da companhia caíram 1,47% e atingiram o menor valor do dia depois que a votação foi postergada junto com o stay period; confira a nova data e o novo horário

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar