Você pode ter uma renda semanal de até 500 dólares na sua conta; descubra como aqui

Cotações por TradingView
2023-01-05T15:41:19-03:00
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP, já passou pelo portal DCI e setor de análise política da XP Investimentos.
QUASE O DOBRO

Corte maior que o anunciado: Amazon pretende desligar mais de 18 mil funcionários

Com a revisão, a empresa de Jeff Bezos conquistará o “prêmio” de maior corte no quadro de pessoal de uma empresa de tecnologia, superando apenas o da Meta, que desligou 11 mil no ano passado

5 de janeiro de 2023
13:30 - atualizado às 15:41
Fachada de vidro da Amazon com logo à frente
Amazon - Imagem: Sundry Photography/Shutterstock

As esperanças renovadas no início do ano foram frustradas. Uma das maiores varejistas do mundo anunciou que pretende demitir mais funcionários do que o previsto.

A Amazon afirmou nesta semana que cortará mais de 18 mil pessoas no quadro de funcionários neste ano, sendo oito mil a mais do que o anunciado há dois meses — quando os “ajustes” de pessoal começaram na companhia.

Em memorando aos funcionários publicado no blog da Amazon, o CEO da companhia, Andy Jassy, disse que a revisão se dá pela “economia incerta” e pelo “excesso” de contratação nos últimos anos.

“Essas mudanças nos ajudarão a buscar nossas oportunidades de longo prazo com uma estrutura de custos mais forte; no entanto, também estou otimista de que seremos inventivos, engenhosos e desconexos neste momento em que não estamos contratando de forma expansiva e eliminando algumas funções”, disse Jassy.

Segundo o executivo, a maioria dos cortes deve acontecer nas lojas físicas da Amazon nos EUA e nas áreas de Pessoas, Experiência e Tecnologia (PTX). As demissões começarão a ser comunicadas aos funcionários a partir de 18 de janeiro.

Com a revisão da demissão em massa, a empresa de Jeff Bezos conquistará o “prêmio” de maior corte no quadro de pessoal de uma empresa de tecnologia, superando apenas o da Meta, que desligou 11 mil pessoas no início de novembro do ano passado. Ao todo, as três companhias — Meta, Twitter e Amazon —  dispensaram juntas cerca de 25 mil funcionários nos primeiros 15 dias de novembro.

O Seu Dinheiro entrou em contato com a divisão brasileira da Amazon. Em nota, a companhia confirmou a decisão sobre as demissões, mas sem detalhar como a medida deve afetar os funcionários brasileiros.

“Nuvem sombria" já anunciada 

Embora as demissões na Amazon estejam acontecendo nos últimos dois meses, a empresa já havia anunciado um “congelamento” de vagas no início de novembro do ano passado.

Na ocasião, a decisão foi informada por e-mail interno enviado aos funcionários, um dia após a divulgação dos resultados trimestrais da gigante de tecnologia.

No memorando, a chefe de recursos humanos da empresa, Beth Galetti, afirmou que a “pausa” nas contratações seria mantida durante os próximos meses.

Por fim, a Amazon se junta a Salesforce entre as primeiras grandes corporações a anunciar demissões na primeira semana de 2023.

Ontem, a Salesforce informou que deve demitir cerca de 7.000 funcionários —  o que corresponde a 10% da força de trabalho  — e fechará alguns escritórios nos EUA.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

HYPE DO CHATBOT

Se cuida, ChatGPT! Alibaba entra na corrida da inteligência artificial com versão chinesa; veja quem já está nessa disputa

8 de fevereiro de 2023 - 14:10

A Microsoft não está assistindo tudo isso de braços cruzados e anunciou um mecanismo de pesquisa Bing com inteligência artificial e um navegador Edge, que será sustentado pelo ChatGPT

Repercussão do resultado

Itaú (ITUB4) acertou em provisionar 100% da exposição à Americanas, dizem analistas; ações disparam na bolsa

8 de fevereiro de 2023 - 12:56

Ao se prevenir totalmente de calote da Americanas no balanço do 4T22, Itaú evita que efeito contamine resultados de 2023

CORRIDA PLATINUM

Uber supera expectativas no 4º trimestre e encerra 2022 com balanço 5 estrelas; ações disparam nas bolsas

8 de fevereiro de 2023 - 12:09

A empresa encerrou os últimos três meses do ano passado com um lucro líquido de US$ 595 milhões, contrariando as expectativas de prejuízo dos analistas

VESPEIRO POLÍTICO

CEO do Itaú (ITUB4) fala sobre disputa entre Lula e presidente do BC: “é do jogo”

8 de fevereiro de 2023 - 11:44

Milton Maluhy, CEO do Itaú, vê a equipe do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, “na direção correta”, mas defende definição rápida da meta de inflação

TEMPOS DIFÍCEIS

Entenda o que está acontecendo com a Marisa (AMAR3) após a renúncia do presidente e alerta financeiro — ações caem mais de 5% na B3

8 de fevereiro de 2023 - 11:12

A Marisa (AMAR3) não detalhou quais as suas dificuldades financeiras que demandam melhorias na estrutura de capital

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies