🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Negócios

Citi desiste de vender Banamex e fará IPO do banco mexicano

Banco prevê que separação de negócios seja concluída até 2024 e oferta pública aconteça em 2025

Fachada da sede do Citi
Fachada da sede do Citi - Imagem: Shutterstock

Depois de passar mais de um ano tentando vender a operação do Banamex, o quarto maior banco do México, o Citi informou nesta quarta-feira (24) que pretende se separar da instituição por meio de uma oferta pública inicial (IPO).

De acordo com o Citi, a obtenção das aprovações regulatórias está em andamento e a expectativa é de que a separação dos negócios seja concluída no segundo semestre de 2024, com o IPO ocorrendo em 2025.

A desistência de vender o Banamex acontece após negociações exclusivas com o Grupo Mexico, do bilionário Germán Larrea, não vingarem. A proposta de Larrea era entre US$ 6 e US$ 8 bilhões, de acordo com o Financial Times, valores abaixo dos US$ 10 bilhões esperados inicialmente para o negócio.

Vale destacar que o governo de Andrés Manuel López Obrador, que, segundo a imprensa, vinha fazendo pressão para que o Banamex fosse vendido a uma empresa mexicana, informou ontem (23) que também estava estudando a possibilidade de comprar o banco.

Em comunicado, o Citi fez parecer que nada irá mudar na operação do Banamex, reiterando que o banco continuará oferecendo um leque completo de serviços financeiros e que os cerca de 38 mil funcionários continuarão sendo parte do banco.

  • Ainda tem dúvidas sobre como fazer a declaração do Imposto de Renda 2023? O Seu Dinheiro preparou um guia completo e exclusivo com o passo a passo para que você “se livre” logo dessa obrigação – e sem passar estresse. [BAIXE GRATUITAMENTE AQUI]

Mudança de estratégia

A saída do negócio faz parte de uma mudança de estratégia do Citi anunciada no ano passado. A ideia do banco americano é manter o foco em operações institucionais e se desfazer das divisões de varejo em 14 países, incluindo o México.

Dessa forma, a presença do Citi no México continuará por meio do seu braço Institutional Clients Group (ICG), que atende instituições públicas e privadas, e também do Citi Private Bank, voltado para a alta renda.

Durante o processo de venda do Banamex, o Itaú Unibanco foi um dos grandes bancos que chegou a avaliar o ativo, mas não seguiu adiante.

O Citi no Banamex

A história do Citi no Banamex começou em 2001, quando comprou suas operações por US$ 12,5 bilhões.

De acordo com o Citi, os investimentos realizados ao longo dos últimos 20 anos transformaram o Banamex num banco de alto nível, focado em entregar uma experiência mais rica, inteligente e intuitiva aos clientes e consumidores.

O banco americano informou ter investido US$ 2,5 bilhões para melhorar as funcionalidades bancárias digitais e móveis do Banamex.

No entanto, vale destacar que, quando o Citi comprou o Banamex, o mexicano era o segundo maior banco do país. Em meio à competição com instituições estrangeiras, ele perdeu espaço no mercado e se transformou no quarto maior banco do México.

Compartilhe

DINHEIRO NO BOLSO

Dividendos milionários: TIM (TIMS3) e Telefônica (VIVT3) anunciam mais de R$ 475 milhões em proventos; confira as datas

14 de junho de 2024 - 19:42

Distribuição de juros sobre o capital próprio será feita aos acionistas que estiverem na base acionária em junho

desastre climático

Tragédia no Rio Grande do Sul: Confira as perdas do varejo causadas pelas enchentes

14 de junho de 2024 - 18:03

Turismo no RS teve perdas de mais de R$ 1,3 bilhão durante o mês de maio, segundo a CNC

POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Ação da Ultrapar já caiu 15% em 2024 — e é hora de adicionar UGPA3 na carteira, segundo Citi 

14 de junho de 2024 - 17:26

Perspectiva positiva do banco para os papéis tem base em três pilares: rentabilidade da Ultragaz, maiores vendas da Ultracargo e concorrência saudável na indústria de distribuição de combustíveis

UNIÃO ESTÁVEL

Após criação de joint venture com Amil, Dasa (DASA3) diz que fusão “não é prioridade” neste momento

14 de junho de 2024 - 16:26

Em call com analistas do mercado, estavam o presidente da Dasa, Lício Tavares Angelo Cintra, e o diretor financeiro da empresa, André Covre Fechar

Mayday

Boeing investiga qualidade dos 787 Dreamliner ainda não entregues

14 de junho de 2024 - 14:46

Companhia descobriu que fixadores foram instalados incorretamente nas carrocerias dos jatos

ABRIU O APETITE

Ação da dona do McDonald´s na América Latina amarga queda de 28% em NY em 2024. É hora de abocanhar um pedaço?

14 de junho de 2024 - 13:22

Goldman Sachs prevê que os papéis da Arcos Dorados podem subir mais de 50% na Nyse em um ano; saiba o que fazer com as ações

Dinheiro na conta

Proventos milionários: B3 irá pagar quase meio bilhão de reais em dividendos e juros sobre capital próprio

14 de junho de 2024 - 12:23

Quem quiser receber uma parte dessa bolada tem até dia 18 de junho para comprar ações da companhia

FUSÕES E AQUISIÇÕES

Bom para saúde? Dasa (DASA3) e Amil selam parceria de serviços hospitalares e se tornam o segundo maior grupo de hospitais do país

14 de junho de 2024 - 8:11

O negócio é uma joint venture (empreendimento controlado em conjunto), da qual Amil e Dasa deterão 50% do capital cada

NOVO NEGÓCIO

Braskem (BRKM5) vende controle da Cetrel para GRI de olho no setor de resíduos industriais

13 de junho de 2024 - 19:47

Petroquímica passa a deter 49,9% da empresa de gestão de resíduos

Socorro governamental

Com medida provisória, governo tenta salvar a combalida Amazonas Energia

13 de junho de 2024 - 18:53

Ministério de Minas e Energia avalia que a saúde econômico-financeira da companhia está deteriorada

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar