🔴 NOVA META: RENDA EXTRA DE ATÉ R$ 2 MIL POR DIA – SAIBA COMO

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
QUE DESELEGANTE!

Climão! Ministro da agricultura recebe ‘desconvite’ de evento do agronegócio com presença de Bolsonaro e Banco do Brasil retira patrocínio do Agrishow

A organização da Agrishow nega que tenha retirado o convite ao ministro e diz que se tratou de um “alerta” para evitar eventual constrangimento

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
29 de abril de 2023
11:30 - atualizado às 11:07
Feira do agronegócio terá presença de Bolsonaro e não do ministro da Agricultura
Imagem: Montagem Seu Dinheiro / Divulgação

O Banco do Brasil (BB) anunciou a retirada do patrocínio da Agrishow, o maior evento agrícola do País. A instituição ainda informou que atuará de forma comercial na feira de tecnologia do agronegócio

A decisão foi tomada após a organização da feira ter aconselhado o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, a participar apenas do segundo dia da feira. Isso porque há a possibilidade da eventual presença do ex-presidente Jair Bolsonaro na abertura do evento na segunda-feira (1º).

A presença de Bolsonaro na feira e as invasões de terras produtivas pelo Movimento dos Sem Terra (MST) afastaram o governo Lula da Agrishow. As informações foram confirmadas pela Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, chefiada por Paulo Pimenta.

"Descortesia e mudança de caráter de um evento institucional de promoção do agronegócio para um evento de características políticas e ideológicas. Ou é uma feira de negócios plural e apartidária ou não pode ter patrocínio público", disse o ministro-chefe da Secom.

  • Imposto de Renda sem complicações: não passe perrengue na hora de declarar o seu IR em 2023. Baixe de forma GRATUITA o guia completo que Seu Dinheiro preparou com todas as orientações que você precisa para fazer sua declaração à Receita sozinho. [É SÓ CLICAR AQUI]

Feira do agronegócio sem patrocínio do BB

Pimenta disse à reportagem que não sabia se a organização da feira já havia sido informada. Ele afirmou que o banco estará na feira mesmo com a retirada do patrocínio. Procurada, a Agrishow afirma que ainda não foi comunicada oficialmente da retirada do patrocínio.

O ministro afirmou, porém, que o banco estará na feira mesmo com a retirada do patrocínio. Mais cedo, o Banco do Brasil informou que pretende desembolsar R$ 1,5 bilhão em negócios durante a feira.

A presidente do BB, Taciana Medeiros, também não irá mais ao evento após o cancelamento do patrocínio, apurou o Broadcast.

Contraponto: “apenas um alerta”

A organização da Agrishow nega que tenha retirado o convite ao ministro e diz que se tratou de um "alerta" para evitar eventual constrangimento.

A atitude da Agrishow foi vista, além de uma "descortesia", como uma provocação do evento ao governo federal e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, priorizando a oposição no palco.

Desconvidado do Agrishow, ministro fala em ter “entendido o recado”

Fávaro afirmou que foi "desconvidado" da abertura da feira após ter sido informado pelos organizadores que Bolsonaro estaria presente.

"Eu fui desconvidado, talvez para evitar algum mal-estar. Foi pedido se não seria melhor eu ir no dia 2. Eu entendi o recado, compreendo. Em outra oportunidade, eu visito o Agrishow com muito carinho. Tudo no seu tempo", disse Fávaro à CNN Brasil na quarta-feira (26).

Pela primeira vez, não haverá um representante do governo federal na abertura da feira do agronegócio.

Até a tarde desta quinta-feira (27), o presidente da Agrishow, Francisco Maturro, tentava demover o ministro da desistência, pessoalmente e por meio de interlocutores.

Agronegócio vira campo de batalha

Ele garantiu a Fávaro que apenas autoridades ocupariam o palco de abertura, o que incluía o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), mas excluiria Bolsonaro.

Antes da confirmação de que o banco retiraria o patrocínio, o ministro dos Portos e Aeroportos, Márcio França, havia sugerido que o governo federal boicotasse a feira do agronegócio.

Ex-chefe da Comunicação no governo Bolsonaro, Fabio Wajngarten afirmou, no Twitter, que "publicidade e os patrocínios do Banco do Brasil são independentes" e que a "Secom não pode interferir".

*Com informações do Estadão Conteúdo

Compartilhe

A LUTA PELO DÉFICIT ZERO

Corte de gastos: governo detalha na próxima semana áreas afetadas pela contenção bilionária, diz Tebet

23 de julho de 2024 - 19:05

Equipe econômica oficializou o corte de R$ 15 bilhões em 2024, em meio a despesas crescentes e dificuldades para compensar a desoneração da folha

COMPRINHAS ONLINE

Atenção cliente da Shein, AliExpress e Shopee: compras internacionais já podem ter nova taxação a partir de sábado

23 de julho de 2024 - 16:32

No final de maio, a Câmara dos Deputados determinou uma taxação de 20% de imposto de importação sobre as compras internacionais de até US$ 50 a partir do dia 1º de agosto

VOLTOU A RELUZIR

O que fez o ouro voltar a subir após sequência de quedas? Preço do metal fecha em alta pela primeira vez desde as máximas históricas

23 de julho de 2024 - 15:38

Os preços sobem de olho na política monetária dos EUA e na demanda global, que ainda parece contida na visão dos analistas

LOTERIAS

Aposta do interior de SP fatura mais de R$ 43 milhões na Quina e ofusca Lotofácil; hoje tem Mega-Sena acumulada

23 de julho de 2024 - 5:56

A Quina estava acumulada havia 20 sorteios e saiu para uma aposta efetuada em uma casa lotérica de uma cidade de pouco mais de 30 mil habitantes

LISTA DA FORBES

Quem é a pessoa mais rica da América? Confira o ranking dos dez maiores bilionários do continente

22 de julho de 2024 - 19:20

A lista com as dez pessoas mais ricas do continente é composta somente por homens bilionários dos Estados Unidos

FISCAL EM XEQUE

Haddad consegue congelar R$ 15 bilhões no Orçamento de 2024 — mas nem mesmo “corte temporário de gastos” é suficiente para reduzir projeção de déficit fiscal

22 de julho de 2024 - 17:36

Governo eleva para R$ 28,8 bilhões a projeção de déficit primário neste ano, em meio a despesas crescentes e dificuldades para compensar a desoneração da folha

MERCADOS HOJE

Joe Biden jogou a toalha e o dólar cai a R$ 5,57 com perspectiva de Kamala Harris concorrer pelos democratas

22 de julho de 2024 - 11:23

Além disso, o mercado reage ao corte surpresa de juros na China e permanece atento ao panorama fiscal doméstico

POLÍTICA MONETÁRIA

O plano de Campos Neto para sabotar a economia do Brasil por meio do Banco Central, segundo o PT

21 de julho de 2024 - 14:02

Ao dar estocadas no chefe do BC, o partido avaliou que “o bolsonarismo está sem discurso” após o caso de desvio de joias envolvendo o ex-presidente Jair Bolsonaro

DE OLHO NO FISCAL

A luta de Haddad pelo déficit zero: Governo deve anunciar corte temporário de R$ 15 bilhões em gastos no Orçamento 

21 de julho de 2024 - 10:58

Dos R$ 15 bilhões a serem suspensos, cerca de R$ 11,2 bilhões serão bloqueados, enquanto os outros R$ 3,8 bilhões serão contingenciados

LOTERIAS

Haja sorte: Cinco pessoas acordaram milionárias hoje — e a “culpa” é toda da Lotofácil; Quina e Mega-Sena acumulam

21 de julho de 2024 - 9:31

Cinco bilhetes cravaram as 15 dezenas sorteadas no concurso 3160 da Lotofácil; confira os números que saíram na loteria

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar